Slasher

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Michaelmyers.jpg Este artigo é sobre um(a) ASSASSINO!

Este(a) louco(a) sadomasoquista provavelmente esquarteja suas vítimas, sofre de problemas mentais ou foi violentado(a) pelos pais. Se vandalizar o artigo, Freddy Krueger irá lhe fazer uma visitinha de noite!

Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Slasher.
Se você ver esse cara ou alguém parecido com ele, das duas uma: ou você está num filme slasher, ou numa reunião de maggots fãs de Slipknot.

Se procura o filme de mesmo nome e sobre o mesmo assunto, veja Slasher (filme).

Slasher movies são filmes de terror em que em quase todos os casos sempre o foco está num assassino principal, um zumbi psicótico ou um serial killer daqueles mesmo, sempre matando aparentemente aleatoriamente (apesar que normalmente não é tão aleatório assim: eles sempre matam gostosas, metidos a gostosões, negros, orientais e também ouvintes de tecnobrega). Esses filmes normalmente têm um roteiro lixo, uma atuação deprimente, edição e fotografia de baixo nível, trilha sonora feita por surdos e sempre sempre sempre sempre e SEMPRE têm MUITO MUITO MUITO SANGUE!!!

O nome "Slasher" (talhador ou ceifador - santo Google Tradutor!) é devido ao fato de como já disse em cima e eu odeio repetir as coisas, o filme girar em torno de um serial killer mascarado ou fantasiado que fica colhendo vítimas e mais vítimas ao longo de todo o filme até que por fim finalmente o mesmo é desmascarado e todo mundo descobre enfim quem é o maggot por trás dos crimes, sempre acontecendo isso pelas mãos do protagonista (normalmente DA protagonista) que após correr o filme todo do monstrengo acaba mandando ele pro colo do capeta.

Histórico[editar]

Após diversos filmes como Thirteen Women e Psicose, splatters como Blood Feast, o terror italiano Giallo e muitos outros gêneros que surgiram durante anos, nos anos 70 o filme " Natal Negro" de 1974 foi o primeiro a possuir todas as características do subgênero: um assassino em série, fantasiado, matando gente sem motivo com algum instrumento bizarro e normalmente atuando numa data específica (no caso presente e óbvio, no natal). No mesmo ano Leatherface já dava também sinais semelhantes em O Massacre da Serra Elétrica. Em 1978 veio Halloween, o primeiro a contar com o assassino da faca Michael Myers e em 1980 foi a vez de Sexta-Feira 13 com Jason Voorhees no papel do matador. Esses dois foram os primeiros a colocar o clichê mais foda e mais chato desses filmes: o de uma força maligna indestrutível e que morre num filme e volta no outro e assim sucessivamente.

Famosos assassinos desses filmes[editar]

Mascote do Flamengo.

Clichês básicos[editar]

  • Tudo começa numa data comemorativa
  • Um cara morreu anos atrás de maneira bizarra
  • Esse cara ressussita por causa de forças ocultas
  • O cara mata alguém pra deixar o aviso (normalmente uma mulher nua e gostosa)
  • Um membro idoso fala do perigo que está chegando
  • Os jovens da comunidade mandam o cara tomar no cu e continuam nas suas orgias
  • O assassino começa a matar um por um dos jovens destrambelhados
  • Um policial começa a investigar o caso, meio incrédulo
  • Num galpão escuro ou numa mata fechada, uma garota foge do assassino
  • Ela fica cercada, mas sabe lá como consegue matar o filho da puta
  • Ela começa a ser atormentada, pois sabe que vão fazer uma continuação do filme ano que vem e o assassino vai atrás dela.
  • No final apenas um ou a metade da turma sobrevivem ou quase todos morrem nesses filmes
  • O Assassino morre mais com sua venda de sua alma para o Cramunhão,vive para outra
  • O filme passa a ter mais de oito mil continuações confusas e uma pior que a outra.

Ver também[editar]


v d e h
Logo Terror.png
Boris-Karloff.png