Sociedade Protetora dos Animais

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mais uma ação de Chaves e sua bicicleta movida a urânio

A Sociedade Protetora dos Animais é uma associação surgida com o mais nobre dos objetivos: garantir a perpetuação do Kiko, do Chaves, e lhe dar um local de sossego e tranquilidade junto ao seu ratinho, ao satanás da Dona Clotilde e ao gato esturricado pelo Chaves bicicletero. Mas com o tempo as forças demôniacas do mal tomaram conta dela e a transformaram em mais uma entidade “encha o saco o quanto puder, prenda quantas pessoas de bem puder, até que te deem atenção e dinheiro fácil”.

Após Chaves do 8 por em risco a existência dos animais da vila do Seu Barriga, e Chiquinha (ou seria Francisquinha, ou ainda Chilindrina????) ameaçar matar a porretadas de pau de macarrão o gato comedor dos peixinhos de aquário da Chiquinha (que grande ilusão e erro de análise forense e criminalística a da Chiquinha, nem podia imaginar quem era o verdadeiro Jack Estripador dos peixes!), e Kiko ser acertado por pancada um sem número de vezes, foi-se decretada a criação da SPA – pra famosos esmagrecerem também. Não podia ser chamada de refúgio ecológico ou santuário de especies, pois Nhonho já havia recebido uma, com toda a grama e alfafa que ele poderia querer, mas tambem só cabia ele lá dentro, não havia nem lugar para o ladrão do poço que pedia um caríssimo pedágio de alfafa. Tudo mudou quando Bill Gates tomou conta da SPA. Ele decidiu que ela deveria ser uma fonte de divisas limpas e fáceis. E o que mais fácil que por dondocas famosas pra pedir dinheiro pra porra nenhuma e dizer que se está fazendo um mundo melhor? Eu mesmo quero é fundar uma ONG – a ONG “pague mensalmente para fazer um professor recém formado feliz!”.

Meios de se arrancar dinheiro de tontos angariar contribuições[editar]

Um cachorrinho muito dócil à corda, como se pode ver

Ele precisava também cuidar do “merxandaising” do negócio: pagar caches pra alguma moça bonita exibir todos os seus dotes pornos de conhecimento sobre ecologia e equilíbrio das espécies. Assim uma das contratadas foi a Luisa Mell, da Rede TV, pra falar um monte de disparates, merdas, absurdos crueldades praticadas contra os bichinhos. Que coisa imunda! Com tanto pobre pra usar como cobáia em testes de produtos farmaceuticos e de beleza, vão justo usar os cachorros sem dono! Eles já tem seu lugar no ecossistema, sendo os predadores de carteiros, leiteiros, transeuntes, mantendo o equilíbrio das espécies! Essa prática desumana tem que ser banida já! Pessoas que ganham de um salário mínimo pra baixo devem ser as cobaias e já!

Outra grande contribuição da SPA é o avanço que ela gerou no conhecimento biológico. Peça a qualquer imbecil, topeira, papagaio que não sabe falar nada além do que o apresentador mais burro da TV diz ecologista de bar e shopping, como a questão do desiquilíbrio ecológico provocado por espécies exógenas ou alienígenas – e todo ecologista de shopping sabe que espécies alienígenas são aquelas que vem de disco avoador junto com o chupa-cabra direto de Júpiter – deve ser tratada. Liberando a caça à espécie invasora? Jamais! Isso é crueldade! Deixem que as lavouras e as casas sejam destruídas! Deixem que as pessoas (desde que não as frequentadoras dos shoppings das zonas sul) sucumbam as doenças! Isso não faz falta!

Deve-se tomar uma fórmula elaborada pelas zelite de como se controlar uma determinada população, a mesma que as zelites usam a 500 anos pra controlar a população de pobre e que desde lá vem dando frutos ex-tra-ordinários – medidas socioeducativas pros pombos, rôlas, rôlinhas, rôlonas e pardais – o que controla o crime no Brasil, o pondo no mesmo nível dos países desenvolvidos, tambem servem pra nossas pragas! Nada de veneno, nada de espingarda de pressão! Que coisas mais feias! O negócio é medidas socio-educativas sempre! Quem se importa se pardais vindos da Europa (e pode ter certeza disto – lá já tem dessas tranqueira pra caramba) estão tomando o ambiente do canário da terra e outras aves canoras autóctones? Eu não posso ter ele engaiolado mesmo por ser silvestre, então que os pardais extinguam a todos!