Somália

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Bullet hole glass.png Bullet hole glass.png Bullet hole glass.png Bullet hole glass.png Bullet hole glass.png Bullet hole glass.png Bullet hole glass.png Bullet hole glass.png Bullet hole glass.png Bullet hole glass.png Bullet hole glass.png Bullet hole glass.png

●Jamhuuriyadda Soomaaliya
●Pirattes Soomaaliya
Corno da África

Bandeira da Somalia.png Brasao da Somalia.png
Bandeira Brasão
Lema: Somos piratas!
Hino: Explode Coração na Maior Felicidade...
Itália mapa norte e sul.jpg
Capital Morra Disso
Maior cidade Subtração
Língua Somalilandês
Tipo de Governo Pirataria
Presidente Che Guevara
Heróis nacionais Jack Sparrow
Independência ou Morte!
Moeda Uns trocados
Religião Explosivismo
População 8,228,000 divididos em 97% piratas, 2% negros e 1% cachorros
Área 637,657 hectares (0% de água)
Analfabetismo Alto %
PIB per Capita 10 reais USD/hab.
IDH 0.001
Fuso Horário Meridiano de Infra-Redwich
Clima De guerra
Site do Governo www.somalipirates.com.so
Cquote1.png Você quis dizer: Rio de Janeiro Cquote2.png
Google sobre Somália

Cquote1.png Você quis dizer: Buraco negro? Cquote2.png
Google sobre Somália
Cquote1.png MANDA CHAMAR O VIADO DO SOMÁLIA, CARALHO! Cquote2.png
Joel Santana sobre Somália
Cquote1.png Eu me senti como um hambúrguer na Somália Cquote2.png
Michael Kyle sobre gordinhas amigas de Jay
Cquote1.png Já passei por lá... Cquote2.png
Lord Voldemort sobre Somália

A Somália é um país lugarejo mundialmente famoso por ser a terra natal do maior atacante de todos os tempos: Somália com passagens pelo São Caetano e Fluminense, e que tem um irmão homônimo que defende o Botafogo. Aliás, Somália e Botafogo... combina, né! Esse incrível Estado do maravilhoso continente africano localiza-se entre a China e a Espanha. No país, falta comida e sobram piratas, que roubam muito e investem em coisas no exterior, como o The Pirate Bay e em licitações do governo da Líbia.

Papai Noel não visita a Somália há três séculos, segundo ele criancinha que não come não ganha presente.

História[editar]

Clássico do futebol mundial:
Somália X Ruanda.

Na Pré-História, a região era ocupada por hominídeos conhecidos como Homo piratensis, que era caracterizado pela total ausência de predicados, necessitando copiar e roubar coisas e conhecimentos de outros homens. Até o século XIX, a região foi ocupada por plantadores de mandioca e ladrões da mesma, o que resultava em sangrentas guerras intermináveis. Isso acontece ainda hoje, mas os motivos são mais ou menos diferentes.

A Somália foi descoberta pelos ocidentais em 1839 por engano por um cientista brasileiro que procurava na Europa os filhos bastardos de Dom Pedro I. Desde então, o território passou a fazer parte das pretensões de Benito Mussolini, que desejava construir a maior cancha de bocha do mundo, para sua diversão e de seus amiguinhos. Com muita dificuldade, o exército italiano conseguiu dominar o território, mas teve metade dos seus tanques surrupiados por piratas pré-adolescentes. Depois disso, o país ficou mais um tempinho sob domínio inglês, e em 1960, tornou-se independente politicamente e dependente de guerras. Só pode ser um vício, porque desde então o país vive brigando com os outros e consigo mesmo.

A grande verdade é que pouco se sabe sobre a história desse país. Sabemos apenas que Che Guevara é presidente de lá há 53 anos. A Somália atualmente é uma região de caos, pois sua posição geografica permite que vários povos passem pelo local, mas como a região é uma merda ficam apenas os miseráveis de cada respectiva cultura que passa por ali e no final das contas ainda guerreiam.

Geografia[editar]

Localizado no corno da África, Somália amarga o triste ranking de primeiro lugar em cornos por metro quadrado. O país é um local que se caracteriza por altas montanhas e alpes de até 152m de altura. É banhado pelo Oceano Índico, onde vivem mais de 66% dos somalis, dedicando-se à atividade naval-ladroeira. O interior é banhado por sangue a cada 3min quando um fundamentalista islã se explode. O solo é constituido 45,68% por enxofre, 69,2% por farofa e 12% por vagem. Os rios são muito comuns nesse país, como por exemplo, o rio Amazonas. Florestas de rosas e margaridas são muito comuns na Somália, assim como o pau-brasil.

A Somália, que vive a maior guerra civil da atualidade, tem seu território dividido em regiões rebeldes administrativas, que são: Galmudug (parque nacional onde estão os animais sobreviventes da região), Maakhir (região dos macumbeiros), Puntland (a parte americana da Somália), Somalilândia (local de barbudos, árabes e terroristas em geral), além de centenas de enclaves e tribos de algum tipo de etnia recessiva que quer ser independente.

Subdivisões[editar]


Política[editar]

Um jovem somalês sendo recrutado para a vida de pirata desde criança.

Recentemente os Estados Unidos planejaram invadir a Somália em virtude do movimento de terroristas no local, mas como por ali não há petróleo, essa possibilidade foi descartada. O país é governado por um conselho de piratas, que escolhe o presidente em uma competição de quem bebe mais rum.

Gastronomia[editar]

A gastronomia somali está dentro das tendências atuais de alimentação e cuidado com a saúde. Em um mundo onde a preocupação com a obesidade e com as doenças decorrentes dela é algo crescente, a fórmula alimentar da Somália é um exemplo. Se gorduras, açúcares e colesterol são prejudiciais à saúde, melhor não se comer. Se frutas também tem um tipo de glicose, a frutose, também deve ser cortada da alimentação. Se todos os outros alimentos tem nomes compostos por letras, igualmente aos tipos de substâncias citadas anteriormente, também devem ficar de fora da dieta.

Jovem faraó da Somália.

Corinthians na Somália[editar]

O Corinthians foi convidado para jogar em Mogadíscio. A intensão era matar, ops! mostrar para a população que existem coisas bem piores que a fome. Nenhum lance do jogo foi mostrado na televisão, já que na Somália não tem Globo Esporte, porque esse programa passa depois do almoço.

Cidadãos famosos[editar]

Flag-map Somália.png Somália
HistóriaPolíticaSubdivisõesGeografia
EconomiaCulturaTurismo


TOTO.jpg
África
v d e h

Países: África do Sul | Angola | Argélia | Benim | Botswana | Burkina Faso | Burundi | Cabo Verde | Camarões | Chade | Comores | Congo | Costa do Marfim | Djibouti | Egito | Eritreia | Etiópia | Gabão | Gâmbia | Gana | Guiné | Guiné-Bissau | Guiné Equatorial | Lesoto | Libéria | Líbia | Madagascar | Malawi | Mali | Marrocos | Maurício | Mauritânia | Moçambique | Namíbia | Níger | Nigéria | Quênia | República Centro-Africana | República Democrática do Congo | Ruanda | São Tomé e Príncipe | Senegal | Serra Leoa | Seychelles | Somália | Suazilândia | Sudão | Sudão do Sul | Tanzânia | Togo | Tunísia | Uganda | Zâmbia | Zimbabwe

Territórios: Canárias | Ceuta | Mayotte | Melilla | Reunião | Saara Ocidental | Santa Helena, Ascensão e Tristão da Cunha | Somalilândia