Sotaque de Portugal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
PortugalDJoãoscary.jpg Manuel, vê-me dois cäcətinhos, o pá!

Æstə ärtigo é purtugäish, gajo. Élə comə cacətinho cum bəcalhau, tuma um ishtränho vinho, adora cumpetir cum a Ishpänha e tem um bigodão.

Cuidado: Ä qualquêr mumento, Napolião podə quirer-tə invədir

aula da marcela agora

Cquote1.png Os adeptos sportinguistas somam-se à entrada do estádio, mas as bixas não estão muito extensas. Nessa altura, já se ouve o cantar das claques. O relvado de Alvalade está em excelentes condições para o encontro de hoje à noite. Em breve chamaremos o repórter Manuel da Silva, que está no balneário da equipa leonina. O médio Maniche, que treinou condicionado durante a semana, não está entre os convocados. Já Liédson está de regresso, e em busca de seu primeiro golo na Liga. "Preparámo-nos para ir à procura dos três pontos", disse o Levezinho. Cquote2.png
Narrador esportivo em Portugal sobre a mania dos brasileiros em achar que o português de Portugal só é diferente por causa do sotaque.

O sotaque de Portugal é um sotaque comprovadamente mineiro de Belrizont devido ao hábito de não falarem a maioria das vogais as quais curiosamente não se esquecem de escrever em textos de prosa. Como exemplo a frase em prosa "se cá nevasse fazia-se cá ski", pronuncia-se "scá nváss fazia scá ski"; a frase "Setembro chove" pronuncia-se "stembrchov"; e a frase "A vida é uma sucessiva sucessão de sucessões que se sucedem sucessivamente, sem suceder o sucesso" pronuncia-se "â vid'é umâ súçssivâ suçssão d'suçssões qsscédãe suçssivamente, sãe suçder o sucesso". Facto comprovado faz com que o português de Portugal esteja em risco de expulsão como membro das línguas românicas o que não aconteceu até à data por escreverem ainda com sotaque romance. No entanto, o próximo acordo ortográfico que tem na agenda propor a eliminação das vogais obsoletas, poderá fazer com que o português de Portugal mude de ramo linguístico. Pode ser obsolento, mas é a língua-mãe do todo o Português que há no mundo, não é? Merda para o Acordo Ortográfico, que é tudo uma paneleirice do caralho.

As vogais do português de Portugal[editar]

Em Portugal, usam-se apenas duas vogais:

  • A vogal com o som inexprimível (/@/) , escrita "a", "e", "i" e as vezes "o".
  • A vogal com o som /u/, escrita "u" e as vezes "o".

Quer dizer, por exemplo, que a palavra Portugal é pronunciada /[email protected]/

Na verdade, o português foi a primeira língua a usar a vogal "u". Graças a isso, muitas inovações no vocabulário foram possíveis. Eis alguns exemplos::

  • As vacas puderam dizer muuu pela primeira vez;
  • A vaca louca pôde dizer muuuuhhuhuhuhuhuh pela primeira vez;
  • A pólvora pôde explodir fazendo buum;
  • Tu não existia antes.
  • brazileiro conseguiram dizer "brazileiro filho da puta"


Outro fato que pode tirar o Português de Portugal da lista de idiomas românticos é que os portugueses vivem falando palavrão e xingando sem motivo nenhum, o que não é nada romântico! Além disso, brasileiro com Z só pode ser coisa de anglo-saxão!

Gramática[editar]

Portugûes, como os seus criadores é uma linguagem muito burra. O G+E = J+E? Agora temos que ("de", para portugal) usar um maldito "u" só pra ter o verdadeiro som de "g". Além dos 2 "r". Por que não usar o H e Português, assim como seus criadores,dar uma utilidade para essa letra que não serve pra nada?. Pela lógica, "gelo" devia ser "jelo" e "guerra" devia ser "geha". Porque "chave" e não "xave"? Por que "casa" não se escreve com "z" e acaba com esse monte de problema para alfabetizar as crianças? Não satisfeitos em terem desenvolvido uma linguagem ridiculamente falha, os Joaquins e Manoeis de Portugal ainda se recusam a deixar de utilizar as letras mudas, e continuam a escreverem "arquitectura", "acção", "subtil", "Egipto", "objecto" e "óptimo". ( Em francês, espanhol tambem , menos em italiano)

Pronúncia[editar]

Brazileiros têm algumas palavras e expressões típicas, portando deve ser feito um esforço para que apareçam na frase, ajudando assim aos portugueses tornarem suas imitações mais autênticas. Deve-se, como citado anteriormente, suprimir quase todas as vogais e falar tudo como se tivesse um pênis na boca, com muita pressa, juntando uma palavra na outra. Palavras como "pessoas" (pronunciada "psoas"), "português" (pronunciada "purtshgáis") e paneleiro (pronunciada "panleiro" ou "brasileiro") ou expressões no infinitivo devem estar presentes para garantir autenticidade. Brazileiros usam "você" et não "tu" porque são salvagens e não conhecem o respeito.


PT-BR: Estou comprando essa camiseta de Portugal, para presentear o meu filho, uma pessoa muito importante na minha vida.

Pronúncia: Estou comprando essá câmiseta de Pórtugau, para prénsentear o meu filho, uma pêssoa muito importante na minha vida. (Pode variar, devido ao sotaque de outras regiões.)


PT-PT (gramática): Estou a comprar esta camisola de Portugal, para oferecer ao meu filho, uma pessoa muito importante na minha vida.

Pronúncia: estou a comprar esta camisola de Purtugal, para óferecer ao meu filho, uma pessôa muito impurtante na minha vid.

E tem mais, quando se fala em Portugal, quem é que não lembra de Cristiano Ronaldo ??? Tw

Palavras de baixo calão[editar]

Algumas ofensas são compartilhadas entre Portugas e Brasucas, como "filho da puta", mas algumas outras são específicas do país ou região. "Cona" para portugas equivale à "buceta" para brasucas. "Viado", ofensa brazileira, equivale ao "paneleiro" de Portugal. Ainda existem aqueles que para um é ofensa, para o outro não: "rapariga" equivale à "puta" no Brazil, assim como "bixa" et "brazileiro" significa "gay". Paneleiros no Brasil são meros vendedores de panelas. Depois de descobrir o significado da palavra em Portugal, os Brazucas enfim podem supor por que todos os portugas que vivem por cá vendem panelas de porta em porta.