Spin

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Serotonina 2.jpg.jpeg
Frascosquimica.jpg

Este artigo é relacionado à química.

\mathsf{NH_3\,_{(g)}+H_2O\,_{(l)}~\rightleftharpoons~NH_4OH\,_{(aq)}}

Enquanto lê, use luvas de neoprene.

Eletromagnetismo.jpg
Bj.jpg

Este artigo é relacionado à física.

Não estranhe se ler que o vidro é um fluído.

Cquote1.png Tá tudo errado! Cquote2.png
Wolfgang Pauli sobre este artigo.

Cquote1.png You spin me right round, baby, right round, like a record, baby, right round round round... Cquote2.png
Dead or Alive sobre spin

Spin é o quarto número quântico (o famoso "s", que você como um bom MOBRAL não irá dizer que é "s" de "Cela"...) e é considerado o mais importante para os químicos que inventaram toda aquela história de orbital atômico e nunca souberam explicar como 2 seres que tem a mesma carga energética nunca se repelem. Assim, eles criaram essa lorota aqui que esse ser que escreve esse artigo inútil vai tentar vos explicar, mesmo sabendo que isso será um trabalho deveras trabalhoso e com certeza você vai sair daqui igual entrou: sem saber de nada sobre spin. Aliás, acho que você pode é sair pior...

60px-Bouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Spin.

Tabela de conteúdo

[editar] Mecânica quântica (onde a física entra nessa lorota)

O que o Google Images disse que era SPIN!

Quando inventaram a física quântica, os físicos criavam um monte de postulados pra tentar justificar coisas que eles afirmavam que pareciam próximas a crença que Papai Noel existe. Com isso, criaram o Spin, que seria um momento angular intrínseco segundo a Wikipédia, mas como eu não sei o que seria exatamente momento angular, ainda mais "intrínseco", eu preferi deixar isso no ar pra alguém como a Mãe Dinah tentar adivinhar o que seria.

O fato é que o Spin mede exatamente o fator giromagnético, ou seja, as partículas (próton, nêutron e elétron ficam girando em torno de si mesmas, igual a Terra, com isso produzindo magnetismo. Se não fosse esse bando de giros eternos, o átomo entraria numa guerra civil e iria se autodestruir rapidamente, o que eu acho que seria o fim de todo o universo, mas eu acredito que quem sabe sobrasse alguma merda rodando por aí e fizesse tudo de novo, ah, sei lá...

[editar] Spin eletrônico (dá choque, não se aproxime!)

Dois retardados por nomes Otto Stern e Walther Gerlach inventaram a história de que os elétrons tinham um sistema de spin ainda mais incrível: ele permitia que dois elétrons pudessem viver numa mesma casa, sem nenhum dos dois ficar brigando porque ambos eram elétricos demais. Segundo eles, os elétrons ficavam rodando cada um pra um lado, igual duas baratas tontas que rodavam pra lados diferentes. Com isso, um ficava rindo da cara do outro e assim todos os dois conseguiam viver unidos até o fim, a não ser que uma reação química removesse um deles do lugar por meio de uma ligação iônica. Com isso, o removido ia pra casa de outro elétron e assim, tal como o pólen flutua em busca de outras flores, o elétron criava novas ligações e o universo vive feliz para sempre. Tocante não?

Cquote1.png Nunca vi tanta merda junta! Cquote2.png
Químico sobre esse artigo.
Cquote1.png Nem eu! Cquote2.png
Físico sobre esse artigo.

E quem perguntou a opinião de vocês? Vão ser nerds assim lá na Wikipédia!

[editar] Veja também

Explicando como os elétrons ficam rodando como baratas tontas. Como a legenda está em inglês, certas pessoas não entenderão nada.

[editar] Ligações externas

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas