Sport Lampiões Burros

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Sport Lampiões Burros


Nota: Se estava procurando por um bairro pobre do Rio de Janeiro, cobsulte Benfica (Rio de Janeiro).


Sport Lisboa e Benfica
Escudo do Benfica.png
Brasão
Hino "Ser benfiquista é ser morcão, ter piça e não ter tesão!!!!!"
Nome Oficial Sport Lisboa e Malfica
Origem Bandeira de Portugal Portugal- Lisboa
Apelidos rosinhas, papoilas saltitantes, galinhas, galinhas rosadas, Urubuzada, garrafões com pernas e lampiões
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio Estádio dá Cu
Capacidade
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador Portugal Merdacom, Banco Espírito Malígno, Cerveja Sagres
Time
Material Esportivo GLS Tur
Liga Campeonato Português
Divisão Primeira Liga
Títulos Benficaass0708.jpg
Ranking Nacional
Uniformes [[imagem:{{{uniformetitular}}}|120px]]
[[imagem:{{{uniformealt}}}|100px]]



Cquote1.png Você quis dizer: Bi-VICE Campeão Mundial Cquote2.png
Google sobre Benfica
Cquote1.png Na União Soviética, os Campeonatos perdem o BENFICA!!' Cquote2.png
Reversal Russa sobre Benfica na Liga Europa
Cquote1.png Eu acho que vai ser 15 a zero! Cquote2.png
Benfiquista sobre Jogo de amanhã
Cquote1.png O Nuno Gomes é paneleiro! O Nuno Gomes é paneleiro! Cquote2.png
Emplastro sobre a sexualidade de Nuno Gomes
Cquote1.png O Benfica é merda! Cquote2.png
Emplastro sobre Sport Lisboa e Benfica
Cquote1.png Já é manhã... GOOOL do Celta Vigo! Cquote2.png
Qualquer pessoa sobre manhã seguinte do jogo R.C. Celta de Vigo 7-0 Sport Lisboa e Benfica

Sport Lisboa e Benfica é um clube desportivo eclético (time, equipa, tanto faz...), considerado o time mais homossexual de Portugal. Seus torcedores se acham grandes coisa por ser uma das maiores equipes de seu país, porém como lá em Portugal só existem três clubes mais ou menos, só mesmo benfiquistas para achar alguma vantagem em ser campeão português, e mesmo assim perdem várias vezes o título para o Porto.

História

Fundação

O pessoal das barracas já naquele tempo de 1904 pensaram em fundar um clube. Mantorras disse "vamos chamá-lo Sport Bimbos de Benfica!". Rui Costa, num tom ameno disse "não! este grande clube chamar-se-à Clube de Futebol Putas das Barracas". É então que Eusébio entra na conversa: "Estejam calados filhos-da-puta! (com sotaque moçambicano) eu sou o melhor jogador desta merda, eu é que decido! (Ainda com sotaque moçambicano) Este clube vai-se chamar Eusébio Pantera Negra Futebol Clube!". E assim ficou. Como Eusébio precisava de alguém que soubesse ler e escrever para anotar o nome, contrataram um mecânico especializado em pneus, Luís Filipe Vieira, grande amigo do presidente do Porto. Este não gostou do nome, então registou outro qualquer que começava por 'Sport Lisboa' não sei quê. E assim fundou-se a maior companhia de folclore de 11 com mais fãs até hoje vista.

Primeiros anos

É em meados de 40 e 50, com Eusébio ainda vivo, que este clube que eu agora não me recorda o nome, obtém as suas maiores conquistas, num período em que os postes das balizas eram feitos de boshtik e as bolas eram da London. É graças a estes troféus empoeirados do início do século passado que o Benfica pode ser considerado o maior campeão português.

Bi-campeonato da Champions

A grande época de glória do Benfica foram os primeiros anos da década de 60. O time sagrou-se campeão da Liga dos Campeões de 1960-61. É até hoje considerado o título mais cagado e ao acaso da história de todos campeonatos de elite do mundo. Beneficiado por um regulamento estranho e um futebol europeu em decadência, o Benfica chegou à final sem precisar enfrentar nenhum time tradicional ou grande sequer, precisando superar apenas times tão bons quanto os melhores times da Terceira Divisão Portuguesa. Os adversários encontrados foram coisas como Heart da Escócia formado por amadores, Újpest da Hungria, AGF (um time feito por funcionários de uma repartição pública) da Dinamarca e Rapid Wien da Áustria que é conhecido por perder sempre (ou seja, até o Bangu chegaria na final com uma trajetória dessas). O adversário na final que foi o único time tradicional, era o FC Barcelona que estava sob efeito de uma grave maldição cigana, e portanto tudo conspirou à favor do Benfica.

Algumas pessoas dizem que o raio nunca cai duas vezes no mesmo lugar, mas provavelmente graças a uma macumba bem forte, o raio caiu sim duas vezes num mesmo lugar, pois o Benfica se tornaria bi-campeão europeu no ano 1961-62 repetindo a mesma cagada do ano anterior. Na verdade a cagada foi maior ainda, porque logo na primeira fase nas oitavas-de-final, o time perdeu para o Partizan Belgrado, mas como os times da Iugoslávia eram considerados café-com-leite, o Benfica passou de fase mesmo sendo derrotado. Posteriormente só pegou time ruim, primeiro o Austria Wien, que como qualquer time austríaco é perito em ser eliminado. Depois o Nuremberg que não passava de uma time terciário da Alemanha. Depois o Tottenham Hotspur que é time de Copá da UEFA e não de Champions. Só na final enfrentou algum time bom, o Real Madrid de Puskás, mas como era só um jogo, na cagada conquistou o bi-campeonato.

A prova de que ambos estes títulos de Champions foram cagados é que no Mundial de Clubes o Benfica veio a se tornar bi-vice, sendo derrotado por times sub-desenvolvidos da América do Sul. Primeiro perdeu para o Peñarol de 5x0 em 1961 e depois perdeu de 5x2 para o Santos em 1962.

A maldição de Guttmann

A Maldição da Sopa Chunky saiu direto dos EUA e atacou o Benfica

Cquote1.png Nem em cem anos o Benfica vai conquistar outra taça europeia! Cquote2.png
Béla Guttmann

Após a conquista do bi-campeonato europeu, todos ficaram conhecendo o grande responsável dessa façanha, o bruxo macumbeiro Béla Guttmann que foi técnico do Benfica durante suas campanhas vitoriosas, bem que as duas sortes consecutivas pareceram muito estranhas. Guttmann exigiu um aumento no salário de 50 baguetes para 75 baguetes, preço que foi recusado. Revoltado com tanta ingratidão, Guttmann deixou o Benfica e enterrou no Estádio da Luz uma caveira de bode amaldiçoada e rogou uma praga que perdura até hoje dizendo que o Benfica jamais seria campeão europeu novamente. A praga não apenas deu certo, como rival Porto posteriormente viria a vencer duas Champions League na maior cagada, de maneira que os benfiquistas nem teriam mais como zoar os rivais.

A veracidade da maldição ficou clara quando o Benfica veio assim a conquistar um bi-vice nos próximos anos. No começo tudo parecia normal na Champions de 1962-63, o Benfica mais uma vez só enfrentou times extremamente ruins até a final, mas então finalmente teve que enfrentar um time tradicional e foi derrotado para o AC Milan. Na Champions League de 1963-64 do ano seguinte perderia de 5x0 na primeira fase para o Borussia Dortmund. E em sua quinta participação consecutiva em Champions League, dessa vez em 1964-65, d enovo só enfrentou baba até a final (pegando na semi-final um time chamando Győri ETO da Hungria, veja só), mas perdendo a final para o Inter de Milão.

Década de 70

Votação para a presidência do Benfica

Graças às conquistas das décadas de 40 a 60, mesmo apesar do fiasco e do desempenho pífio ao longo dos anos 70, o Benfica manteve-se com mais títulos que os rivais Sporting e Porto juntos, então mesmo perdendo tudo continuavam se achando os maiorais.

A queda de rendimento do clube se deve ao aumento da tributação do vinho que infelizmente afetou as finanças do clube. Outro golpe duro sofrido pelo Benfica foi quando seu principal jogador, o atacante Eusébio foi transformado em numa estátua de carbonita pelo vilão Darth Vader o que fadou o Benfica a ter um dos piores ataques de todos os tempos.

Década de 80

Com a chegada do Eurico Miranda português, o Honorário Pinto da Costa (aka, Don Corleone do futebol) ao Porto, o Benfica que ainda não havia aderido às técnicas de compra de arbitragem e de juízes da Justiça Desportiva, começa a perder adoidadamente para o Porto.

Década de 90

O rival Porto começava a dominar o cenário e as glórias do Benfica já estavam ficando antigas e jovens torcedores de 30 anos sequer sabiam que o Benfica já fora campeão europeu em alguma época. Como era impossível para trazer de volta Salazar de volta - ilustre torcedor benfiquista que sempre beneficiou o clube - como um zumbi, a situação de freguesia para o Porto não podia ser corrigida.

Foi nesta época que tornou-se cultural entre os benfiquistas comer enormes lotes de sardinhas e se embebedar-se com litros de cerveja barata pouco antes de bater em suas cônjuges. Uma atividade hoje conhecida como "pós-jogo do Benfica".

Anos 2000

A escrita é diferente da pronúncia.

Enquanto o novo estádio ainda não tem energia suficiente para eletrificar o cadáver de Salazar para que ele volte a vida em estado zumbi. O Porto superou Benfica em conquistas internacionais, gerando uma enorme dor-de-cotovelo nos benfiquistas.

Não sendo capaz de ganhar qualquer coisa nova, o Benfica decidiu construir um enorme museu para exibir sua coleção de troféus velhos empoeirados velho e passou a se dedicar a outros esportes como tentativa de dizer que nem queria mais campeonatos de futebol mesmo.

Atualmente é notório um regresso às origens, mais concretamente ao bordel, onde alguns jogadores vão buscar inspiração para novas conquistas. Outros apenas procuram abrigo para fugir dos carniceiros do departamento clínico.

Este clube (quando me lembrar do nome digo logo) possuiu jogadores com grande carisma, entre eles Luisão 'o Bico-Aberto', que bebe quando conduz; Nuno Assis, o filho drogado da Luz (não o chamam de rato atômico por acaso); Katsouranis, o grego que gosta de fazer manguitos; Binya Seagal 'the leg-breaker'.

Copa da UEFA de 2010-11

O SL Benfica realizou a maior façanha jamais esperada na Segunda Divisão da Champions League de 2010-11. Chegou na semi-final, e todos esperavam com ansiedade uma grande e provável final entre Benfica e Porto... porém o Benfica com medo do Porto, não classificou-se para a final e foi eliminado pelo Braga, que desde então passou a ser considerado o segundo clube de Portugal atrás do Porto, e o Benfica hoje é o terceiro time de Portugal por causa disso.

Estádio

A claque do Benfica é conhecida por seu alto índice de inteligência

O Estádio da Luz é o maior pré-fabricado de Portugal, está sempre lotado de cadeiras vazias, nem se podendo comparar com o pastos do Estádio do Dragão ou o batatal do Estádio José Alvalade (ou então não). Não é por acaso que é conhecido como o inferno da Luz, pois com tanto veado cornudo vestido de vermelho a fazer barulho quando a equipa sofre um golo, o que acontece dia sim dia sim, é normal que seja um inferno fazer seja o que for nas redondezas daquele mamarracho de cimento Made in China.

Patrocínio/Material Desportivo

Simão e a camisola

Após um surto hetero os menstruados pediram ao seu fornecedor de material desportivo, Adidas, algo inspirador e que tivesse a cara da equipa pois os mesmos se diziam cansado do velho tom vermelho eis que no dia 23 de março de 2007 a Adidas atendeu ao apelo de centenas de milhares de adeptos benfiquistas e produziu o primeiro uniforme da equipe (detalhe ele é VERMELHO-ESCARLATE, também conhecido por cor-de-rosinha): No detalhe a estrela é Simão!

Cquote1.png Para ser sincero, gostei muito da nova camisola do Benfica. Eu gosto da cor, acho que não é muito forte, é um cor-de-rosa leve, do qual gosto muito Cquote2.png
Cristiano Ronaldo sobre a tal camisola

Torcida

A torcida do Benfica é considera por especialistas como uma das mais nojentas e egocêntricas do mundo. O motivo de ter tanta torcida é graças a um intrincado plano de lavagem cerebral, realizado pela mídia, em cima dos habitantes de Portugal, que são convencidos de que em seu país só existe um time de futebol, o Benfica.

Possui uma grande quantidade de sócios e admiradores em outros países, os apelidados "torcedores-modinha".