Sportovní Klub Slavia Praha

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Sportovní Klub Slavia Praha
Escudo do Slavia Praha.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Sportovní Klub Slavia Praha
Origem Bandeira da República Tcheca República Tcheca- Praga
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio
Capacidade
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Tcheco
Divisão First League
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Sportovní Klub Slavia Praha é uma tentativa completamente falha de Sparta Praha, pois tudo o que podem eles copiam do rival, e como não podem copiar nome, escudo e uniforme, pelo menos o fazem da maneira mais similar possível para ser o máximo confundido com o Sparta Praha quando joga por aí. Na verdade essa suposta rivalidade é apenas uma invenção do próprio Slavia para sentir-se alguma coisa, pois os torcedores e time do Sparta mal se importam com eles.

História[editar]

Fundação[editar]

O Slavia Praha foi fundado em 1982, o que o faz dele o time mais antigo do mundo fora da Inglaterra. Foi fundado justamente por um grupo de hooligans ingleses que estavam de férias na cidade de Praha onde comiam algumas boas putas baratas, na época as únicas no mundo que atendiam fetiches de beijo grego e dominatrix. Assim aqueles turistas, por terem comido putas sem perguntar antes quanto deveriam pagar, acabaram presos num puteiro por não terem dinheiro o bastante para pagar as mulheres. Sem ter outra opções, criaram seu time de futebol, o Sex Slave Prague, que em tcheco ficaria posteriormente Slavia Praha.

Primeiros anos de sucesso[editar]

Em seus primeiros anos de história o Slavia Praha foi o melhor time de toda República Tcheca. No começo por ser o único time existente, depois porque os adversários eram só amadores, e depois porque estamos falando do início do século XX, quando o futebol era praticado apenas na Grã-Bretanha.

Seu principal título foi a conquista da Mitropa Cup de 1938, uma espécie de Terceira Divisão do que viria a se tornar a Liga dos Campeões, por reunir os campeões dos países mais ridículos do centro e do leste europeu. Nesta época venceu o Internazionale por 10x3, a maior vitória da história de todos os tempos da equipe, uma vitória que jamais irá se repetir agora que o futebol italiano já se profissionalizou. O torneio era tão bosta que só precisou vencer apenas duas equipes completamente secundárias, o Genoa na semifinal e depois o Ferencvárosi da Hungria na final, que como qualquer coisa vinda da Hungria nessa época antiga, amava vice-campeonatos.

Decadência durante a Tchecoslováquia comunista[editar]

Passou alguns anos desativado, jogando como amador pela Liga do Protetorado da Morávia-Boêmia, espécie de quarta divisão do campeonato alemão durante a anexação nazista da Segunda Guerra Mundial. Com a independência da Tchecoslováquia e a chegada do comunismo, o time do Slavia Praha era formado por nerds e seus torcedores eram todos mendigos, maconheiros, pedintes e todo demais tipo de vagabundo, o que levou o Slavia a ser perseguido pelo governo e quase todos seus jogadores foram embora pedir asilo político em algum país estrangeiros.

De 1946 até 1990 o Slavia Praha nunca mais ganhou um jogo sequer, o que obviamente fez o clube rebaixar até a última divisão do campeonato tchecoslovaco.

A partir de 1990 e consolidação como time secundário[editar]

Com o fim do governo comunista, o time formado por vagabundos do Slavia voltou a ser formado e se reestruturou. O máximo que conseguiu foi o posto de segundo time tcheco ao conquistar 12 vice-campeonatos consecutivos perdidos para o Sparta Praha durante as décadas de 90 e início dos anos 2000.

Copa da UEFA de 1995/96[editar]

O torneio internacional em que mais se destacou, quando atingiu uma milagrosa semi-final, avançou no mata-mata eliminando todo tipo de time rebaixado dos principais países europeus, como o SC Freiburg da segunda divisão da Alemanha, o Lens da terceira divisão da França, e o AS Roma da então segunda divisão italiana.

Não foi páreo para o poderosíssimo, habilidoso, tradicional e multi-campeão Bordeaux da segunda divisão da Occitânia.

Liga dos Campeões de 2007/08[editar]

A mais destacada e memorável campanha deste time ocorreu pela Liga dos Campeões de 2007-08, quando perdeu só de 7x0 para o Arsenal FC. O time do Slavia heroicamente eliminou na fase preliminar o AFC Ajax que nos anos 2000 já estava tão bosta quanto qualquer outro time tcheco secundário.

Na fase de grupos foi humilhado por Sevilla FC e Arsenal FC, e só não terminou em último porque caiu no mesmo grupo do falido Steaua Bucareste de quem ficou na frente e de quem venceu seu primeiro jogo numa fase de grupos da Liga dos Campeões.

Classificado então para a Liga Europa daquela temporada, primeiro eliminou o Karvan do Azerbaijão num amistoso não-oficial quando foi o responsável pelo recorde de vitória mais pobre de um time europeu sobre um time azeri ao derrotá-lo só por 1x0. Na fase seguinte terminou o ano eliminado pelo Tottenham Hotspur FC, um time absolutamente secundário, mas o Slavia Praha tem comprometimento em perder para qualquer time inglês, para manter a tradição.

Títulos[editar]

  • Mitropa Cup: 1 vez (1936)
  • O resto é só porcarias tchecas