Ejaculação feminina

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Squirt)
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.


Bem, imagina uma ejaculação por aí...

Cquote1.png Você quis dizer: Gozada Cquote2.png
Google sobre Ejaculação feminina
Cquote1.png Você quis dizer: Mijo Cquote2.png
Google sobre Ejaculação feminina
Cquote1.png Experimente também: Ejaculação masculina Cquote2.png
Sugestão do Google para Ejaculação feminina
Cquote1.png É parecido com o do homem só que sem espermatozoides. Cquote2.png
Médico sobre ejaculação feminina.
Cquote1.png AAAAAAAA!!!!!!!! Cquote2.png
Você sobre comentário anterior.
Cquote1.png E aí, você engole? Cquote2.png
Cantada de uma mulher que ejacula.
Cquote1.png Tem mulheres que ejaculam até 100ml. Cquote2.png
Outro médico.

Ejaculação feminina é algo que ocorre no organismo feminino quando submetido a um prazer extremo, é a gozada máxima, que sempre ocorre quando ela recebem do parceiro o que mais querem, ou seja, ela gozará quando você lhe der diamantes ou aquela bolsa maravilhosa que a Carla Bruni usou na semana passada.

Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Ejaculação feminina.

Ponto de vista médico[editar]

Isso ocorre quando o ponto G é estimulado.

Ocorre quando algumas glândulas de nome irrelevante, coitado do homenageado, passam a soltar um líquido branco, gosmento, denso, resumindo, algo próximo a margarina que você tão avidamente consome no seu café-da-manhã, mas voltando ao assunto que importa, ou não, a ejaculação feminina é uma reação a algo externo que dificilmente será o seu pênis.

Segundo os médicos isso tudo ocorre pela estimulação do ponto G da mulher, o que no homem seria, analogamente, a próstata.

Cquote1.png Está afim de uma estimulação prostática? Cquote2.png
Zac Efron sobre te convidando.

Grandes personalidades estudaram isso, incluindo o romano Aristóteles.

A estimulação desse ponto tão obscuro, faria que das glândulas jorrasse abundantemente um líquido da mulher que serviria para... Para... Bem, deixemos isso para os estudiosos do assunto estudar e mais tarde responderem, o necessário saber é que a mulher liberar uma espécie de esperma é algo absolutamente normal.

Na história[editar]

Segundo confiáveis relatos a primeira ejaculação feminina ocorreu, por mais incrível que pareça, numa mulher, isso mesmo, algo impensável nos dias atuais, com as inversões de valores do mundo contemporâneo, ainda sobre essa mulher, fica-se o embate, quem era ela, para os que acreditam em Deus, Alá e Papai Noel essa mulher foi a Eva, já os ateus juram de pé junto que foi numa macaca.

Mulher ejaculando.

Aristóteles foi um dos primeiros a observar esses efeitos do corpo feminino, treinando com virgens, inicialmente, contudo viu que algo dava errado pois elas só serviam aos propósitos uma vez e já perdiam a pureza, fato esse que frustrava o filósofo que por isso decidiu afogar as mágoas com os seus colegas sofistas.

Na Índia por exemplo esse líquido está relacionado a rituais tântricos para o melhor aproveitamento do tempo na cama e nas orgias em honra e glória ao Krishna, acaba até fazendo parte daqueles contos eróticos indianos que envolviam peripécias acrobáticas e transas de mais de 5 dias sem qualquer espécie de pausa para reidratação.

Médicos estudaram a fundo as causas disso.

Na era moderna alguns ginecologistas observaram o fenômeno tirando várias conclusões em suas sessões voyeur sobre glândulas, posições, líquidos e tipos de chicote, sim eles observavam tudo o que podiam na hora H, safadinhos... Obviamente que, após, concluíram que tudo não passava de pecado.

Apenas no século XX o pessoal chegou a algo conclusivo sobre o tema: Dane-se o porquê! Com isso a gente faz uns pornô e ganha dinheiro às custas da punhetagem alheia, nerd merece. No entanto alguns elaboraram teses mirabolantes e auto-explicativas:

Cquote1.png Esta expulsão convulsiva de fluidos ocorre sempre no apogeu do orgasmo e simultaneamente com ele. Se se tem a oportunidade de observar o orgasmo dessas mulheres, pode-se ver que grandes quantidades de um líquido límpido e transparente são expelidas em esguichos, não da vulva, mas pela uretra (...). As profusas secreções que saem com o orgasmo não têm um objetivo lubrificador, pois nesse caso seriam produzidas no início do coito e não no auge do orgasmo.
Algum pesquisador sobre sobre o líquido suspeito que sai na ejaculação da sua mãe.


Mas que porra é essa[editar]

A enfermeira que pesquisa sobre isso.

A composição desse gozo feminino é motivo de estudo de diversas áreas da ciência, a química, a física, a biologia, sexologia e até mesmo o pessoal da astrologia está afim de saber qual a composição dessa substância, que eles dizem estar ligada ao quarto crescente da Lua em Plutão, o que, sinceramente, é tão importante quanto você descobrir o que está bebendo no seu copo de Coca-Cola.

Estudos mostram que o líquido é muito parecido com a secreção prostática, uma mistura de substâncias leves e nada tóxicas, como Césio, Mercúrio, Chumbo e Dolly, o que explica o caráter da substância, ao contrário do que muitos pensam o líquido da ejaculação não tem relação alguma com urina, sendo, então, inútil para um eventual golden shower.

Bizarrices pelo mundo[editar]

Quer um pouco?

Em todo o mundo as mulheres ejaculam, às vezes excessivamente, outras não, mas isso ocorre em todos os pontos do mundo, menos com você, mas dependendo da cultura, do lugar e de quanto as pessoas são pervertidas a ejaculação feminina tem algum significado ou nome engraçado.

Uganda[editar]

Nesse país, numa daquelas tribos que nunca param de guerrear, as mulheres mais velhas, em determinado momento, ensinam uma adolescente a ejacular, o que provavelmente ocorre numa grande suruba das velhinhas da aldeia o que deixaria qualquer guerreiro africano broxa.

Japonesa ejaculando.

Godzillaland[editar]

Na terra dos defensores da justiça fantasiados e dos mais bizarros fetiches possíveis e imaginados a ejaculação feminina é carinhosamente apelidada de "shiofuki", que na estranha língua deles, também, possui o mesmo nome que aquele buraquinho na cabeça das baleias, por onde elas esguicham, a teoria mais aceita para isso é que a primeira mulher que eles viram ejaculando foi algo parecido com a sua namorada.

Ejaculação e pornografia[editar]

Mulher se soltando.

Como a indústria pornográfica adora qualquer coisa que seja bizarro e tenha alguma relação com sexo, a ejaculação feminina vem sendo explorada com fins lucrativos, mulheres molhando tudo e todos, e isso é comprado por seres como você, que jamais conseguirão qualquer coisa ao vivo.

Atualmente, várias atrizes se especializaram nisso, e você pode contemplar esse trabalho todo no seu navegador acessando o redtube ou aqueles sites repletos de vírus que são spameados no Easyshare, apenas deve-se tomar cuidado para que quem ejacule na tela do PC não seja você.

Ver também[editar]

Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Ejaculação feminina no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg