Sri Lanka Rupavahini Corporation

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Sri Lanka Rupavahini Corporation - Rupavahini Sri Lanka

Colobar Rupavahini.png

TipoPrivada Estatal
País Sri Lanka
Disponibilidade TV Aberta, TV a Cabo, Gato e Antena Parabólica
Proprietário Velupillai Prabhakaran
Data de Lançamento 14 de Fevereiro de 1982
Nomes Anteriores Tamil Ealam TV
Programação Variada mas Sempre contra os Tamêis
Slogan Odiamos Tamêis
Website [1]


Sri Lanka Rupavahini Corporation é uma Emissora de televisão do Sri Lanka, a emissora de TV mais assistida do país, e como toda versão da Globo, seja no país que for, a Rupavahini está sempre com suspeitas de que está manipulando os cingaleses, afinal, é tipo uma Globo, só que num país bem merda. Só não tem beijo lésbico e gay porque senão haveria um motivo para os terroristas do Tamil Eelam tacar um Molotov na sede da Rupavahini, e ninguém quer isso.

História[editar]

Em 1982 um carinha que era muito vira-casaca (uma hora ele era a favor dos cingaleses e outra era a favor dos tâmeis), por isso resolveu criar um veículo de comunicação que fosse a favor dos cingaleses mas que na sua programação ficasse passando pano pra terrorista. Era uma época em que o Sri Lanka estava entrando em Guerra Civil, e ficar isentão era a melhor saída.

Toda tarde Velupillai Prabhakaran, o Tim Maia cingalês, entrava no ar nesta emissora em rede nacional para falar alguma merda sobre o terrorismo tâmil. Se no Brasil o povo tem que aguentar político mentiroso entrando em rede nacional de 2 em 2 anos em todas eleições, imagine se isso fosse em todos os dias de todos os anos? Esta foi a origem da Rupavahini, mas quando a guerra civil acabou, a emissora ficou um tanto sem propósito, então fica apenas passando lixo.

Programação[editar]

Todos os Atores da Rupavahini são apenas selvagens, moradores das pequenas aldeias do Sri Lanka, pois as novelas produzidas são gravadas nessas aldeias, sempre mostrando a realidade de merda do país e como algum terrorista precisa explodir umas coisas para trazer melhorias.