Stratovarius

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Nota musical22.gif PROJETO HITS
Este artigo está incluído no Projeto Hits, e recebeu a classificação D pela comissão do projeto. Se quiser contribuir neste projeto, contate a Comissão do Projeto Hits e ajude-nos a crescer com bom humor aos nossos ouvidos, organismos e palatos!!
DHits.jpg
Crystal Clear app kguitar.png

Pete Townshend deu a benção a este artigo!!!

Obrigado!!! Este artigo se sente mais forte agora :)

Clique aqui para mais abençoados

Stratovarius
Straaato.jpg
{{{legenda}}}
Origem Hell Soca
País Finlândia
Período {{{período}}}
Gênero(s) Powerspeedfritadorbichístico metal
Gravadora(s) {{{gravadora}}}
Integrante(s) Timo Kortapinto
Matias Tem Culpa Eu
João Joanilson
Lauri, Porra!
Jorge Marcos
Ex-integrante(s) {{{exintegrantes}}}
Site oficial {{{site}}}


Cquote1.pngVocê quis dizer: Extrato de OvárioCquote2.png
Google sobre Stratovarius
Cquote1.pngVocê quis dizer: POWER METAL CHUVOSOCquote2.png
Google sobre Stratovarius
Cquote1.png Dá pra aguentar... Cquote2.png
Chuck Norris sobre Stratovarius
Cquote1.png Essishômi são true di rocha, tá ligado, homi! \m/ Cquote2.png
Uílame o Metaleiro sobre Stratovarius
Cquote1.png HAIL! \m/ Cquote2.png
Tr00 sobre Stratovarius
Cquote1.png Porra, eles copiaram o título de um dos nossos clássicos! Cquote2.png
a-ha sobre Stratovarius
Cquote1.png Que burro! Dá zero pra ele Cquote2.png
Chaves sobre Timo Tolkki
Cquote1.png Olha ele! Olha ele! Cquote2.png
Timo Tolkki sobre o comentário acima
Cquote1.png Guitarrista gordo da porra! O baixista também é uma porra! Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre Stratovarius
Cquote1.png Nós somos melhores e mais enjoativos que eles... Cquote2.png
Dream Theater sobre Stratovarius
Cquote1.png Scream for me, Stratovarius! Cquote2.png
Bruce Dickinson sobre Stratovarius
Cquote1.png ... Cquote2.png
Hello Kitty sobre Stratovarius, já que não tem boca
Cquote1.png Uma de nossas maiores influências! Cquote2.png
NX Zero sobre Stratovarius
Cquote1.png A maioria das nossas musicas são sobre chuva Cquote2.png
Stratovarius sobre Stratovarius

Tabela de conteúdo

[editar] Integrantes

Timo Kortapinto: Vocal, estilista e galã de novela mexicana nas horas vagas.
João Joanilson: Tecladista, contador de histórias e também já fez cover de Jesus Cristo.
Lauri Esperma: Baixista, espantalho e fritador de batatas no McDonald's
Jorge Marcos: Baterista, consumista de álcool e protagonista do comercial da Kaiser.
Matias Tem Culpa Eu: Guitarrista, índio com o cabelo tingido e vende drogas na fronteira da Bolívia.

[editar] Ex-integrantes

Timo (Nhonho) Tokka: Guitarrista, ex-dono da banda, Nhonho cover e emoxinho dramático.
Jarro com Canudo: Baixista, armário e camisa 12 da seleção de vôlei Finlandesa.
Anti Ícone: Tecladista e dançarino da Banda Calypso.
Toma Na Sela: Baterista e garota do Fantástico
Estufa Estralada: Guitarrista e guitarrista
John Minerva: Baixista e lava roupa nas horas vagas

[editar] História do nome da banda

Timo tokkinho estava sem nada pra fazer em casa, até que um dia sua Mae Tima falou pra Timo :


- TIMO vai comprar extrato-de-tomate.

- TA BOM MAE...

e Timo foi...

Chegando la, Timo reparou que havia muitas latas de extrato-de-tomate, e timo disse:

- Poxa VIDA, qual "strato" eu levo pra mãe... tem "varius"

e foi assim...

[editar] História

Timo Tolkki na sua infância

Timo Tokka Uma Para Mim (nome de batismo) na sua infância era um emo revoltado com a vida e com o mundo. Passava o dia brincando com seus amigos retardados Chaves, Chiquinha e Quico. Seu apelido de infância era Nhonho, o qual odiava ser chamado, e quando alguém o chamava disso, sempre choramingava: "Olha ele, olha ele!". Um fato marcante na sua infância foi a primeira vez que cortou os pulsos.

Timo (ou Nhonho) uma vez viu Chaves aprendendo a violar tocão com Seu Madruga, fato que iria mudar sua vida. Ele se interessou pela coisa, e em 2 meses já estava melhor que Chaves. Alguns anos mais tarde, deixou de violar tocão e passou a guitarrar tocarra. Toda a revolta que sentia pelo mundo, Timo passou a colocar nas músicas.

Timo, na sua época universitária, deixou amigos e família e foi fazer faculdade na capital da Finlândia.

Enquanto isso, Toma na Sela, John Minerva e Estafa Estralada estavam montando o Extraio Ovários, que tinha como principal influência, a banda de Goza Osbão, o Sabão Negro. Timo estava com seus miguxos emos da faculdade, quando viu um anúncio, dizendo que Estafa Estralada tinha saído e que precisavam de um novo guitarrista. Timo, que estava tomando uma cerveja, disse: "To sem nada para fazer mesmo, vamo nessa!", assim, Timo entrou no Extraio Ovários, se tornando praticamente dono da banda. Timo aprendeu as músicas em uma semana e já estava tocando com a banda. Logo já assumiria o vocal também e se tornaria o dono da banda e das maquiagens dos integrantes.

Noite Frita foi o primeiro disco da banda em 1989, o sucesso veio rápido, depois vieram Tempo com a Sua Mãe e Espaço para sonhar. Nisso o baixista Jarro com Canudo e o tecladista Anti Ícone já tinha entrado na banda

Timo achou que sua voz não era gay o suficiente para o som da banda. Foi em bares, eventos, praças, e nada do vocalista certo. Até que um dia, o cabelo de Timo tava meio grandinho, ai ele foi pro salão biba perto da sua casa, porque lá era mais barato. De repente, ele encontra um dos cabeleireiros do salão gay, Timo Kortapinto, que além de ser seu xará, estava cantarolando Figaro enquanto fazia chapinha numa amiga sua travesti. Timo ficou fascinado, convidou-o para entrar na banda, e ele aceitou.

Quarta Demissão foi lançado com Kortapinto nos vocais, e o sucesso da banda aumentou. Mais, aconteceu o inesperado, Toma na Sela e Anti Ícone saem da banda para entrar no grupo As Frenéticas. Nisso, Timo lembra de seus amigos de infância, Chaves e Chiquinha. Ele os convida para entrar na banda. Chiquinha assume os teclados e muda seu nome para João Joanilson, já Chaves da uma engordada, deixa o cabelo crescer, e assume a identidade de Jorge Marcos. ' Com essa formação, lançam Episódio de Hoje. A partir desse cd, Nhonho resolve usar como símbolo da banda, a marca de sua viadisse: a Florzinha de Lis, tornando a banda mais homossexual do que nunca. Episódio de Hoje e Visões do Capeta são seus maiores discos até hoje, com clássicos como: Diamante Preto (canção para um africano por quem Kortapinto se engraçou), Tirando o BV do Judas e Forevis. O mesmo sucesso foi atribuído quando lançaram Destino: Cu. Depois disso, deram uma parada. No ano 2000, lançam Cu Infinito, onde falam sobre temas galáticos. Nessa época começa a confusão entre a banda e o grupo Norueguês a-ha.

Timo dá uma parada com a banda, e tira umas férias para refletir sobre sua vida triste e ao mesmo tempo feliz, pois tinha encontrado fãs emuxos por todo o mundo, que nunca o deixaram sozinho, e sempre davam ursinhos de pelúcia a ele nos shows.

Em 2003, voltam como Ele pegou o meu Mentos Parte I e II, e os problemas começam na banda. Timo despede Kortapinto e Jorge. Os fãs ficam revoltados e Timo é até esfaqueado (no bom sentido) na Espanha.

A causa disso foi porque Timo tinha uma doença cerebral por causa da chapinha exagerada, e foi mandado pro hospital assim que descobriu. Para não precisar mais fazer chapinha, Timo corta o cabelo.

Enquanto isso, Jorge sempre teve um bom coração, chorou muito "pipipipipipipipipi" por ter sido demitido e até se escondeu num barril, mais resolveu ajudar. Foi pro estúdio e começou a gravar bateria nas músicas novas, já que os outros membros da banda estavam por aí de boa.

Quando Timo se curou, fez um gesto de bondade, empregou todos de volta e se reconciliou com Kortapinto, já que tinham brigado por causa de um esmalte. Mais, Jarro quis ficar de fora, e se mudou pro Rio de Janeiro, para virar cafetão e comer umas putas. Nisso, Kortapinto chamou o baixista de sua banda solo, o porra do Lauri... quer dizer... o Lauri, seu Porra.

Lauri foi descoberto por Kortapinto no circo, ele era usado como perna de pau pros artistas.

Nisso, gravaram um álbum pesadão e rock n' roll autointitulado. Timo não gostou muito, mais como o resto da banda amou a merda que fizeram, lançaram. O trabalho agradou muito nós fãs, e isso rendeu uma turnê.

Um disco novo, chamado RR Soares, seria lançado em 2008, mais, Timo acabou com a banda, porque o clima estava ruim e não rolava mais as 'lindas surubas', como ele mesmo dizia. Segundo ele, era ruim ter brigar todo dia por causa de esmalte. Timo montou uma banda chamada Revolução Francesa, e lançou o material com ela.

O resto da banda se rebelou, e praticamente mandaram um grande foda-se pra Nhonho. Resolveram continuar com o nome e chamaram um novo guitarrista, Matias Tem Culpa Eu. Matias era integrante de um dos maiores grupos de metal sertanejo satânico, o Matogrosso e Matias.

Hoje, Timo Tokka (ou Nhonho), se sente triste e rejeitado, mas ao mesmo tempo tenta manter a sua banda Revolução Francesa.

E o Extraio Ovários segue firme e mais macho para lançar Poleiro, agora em 2009.

E essa é a história do Extraio Ovários, uma das maiores bandas de metal bichístico finlandês!

[editar] Discografia

Noite Frita (1989)
Tempo Com a Sua mãe (1992)
Espaço para Sonhar (1993)
Quarta Demissão (1994)
Episódio de Hoje (1995)
Visões do Capeta (1997)
Destino: Cú (1998)
Cú Infinito (2000)
Ele Pegou o Meu Mentos Parte I (2002)
Ele Pegou o Meu Mentos Parte II (2003)
Extratovara (2005)
Ursos Polares (2009)
Elisa (2011)
STAAAAAAAAAAARS (2013)


Eles também ganharam o prêmio de banda mais Helloween Enjoativa de todos os tempos...


Tomadinha do poder.jpg

Stratovarius tem PODER!
E te levará para qualquer lado da Força


Este esboço relacionado a um esboço é um esboço.
O remetente deste esboço também pode ter mandado um esboço.
Você pode ajudar o esboço se desesboçá-lo.
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas