Street Fighter: A Lenda de Chun-Li

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Confucio.jpg Pastel de flango, né?

Este altigo foi fablicado na China e pode queblar a qualquer momento. O autor plovavelmente luta Kung Fu e tem uma pastelalia. Não estlague este altigo, pois Jackie Chan está de olho.

Cquote1.png Nunca vi mais magra. Cquote2.png
Subnutrido sobre Street Fighter: A lenda de Chun-li
Cquote1.png Os personagens do filme não possuem qualquer semelhança com o original! Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Street Fighter: A lenda de Chun-li
Cquote1.png O ar de tísica a torna mais bela. Cquote2.png
Romantismo sobre Street Fighter: A lenda de Chun-li
Cquote1.png Anorexia mata! Cquote2.png
Ministério da Saúde sobre Street Fighter: A lenda de Chun-li
Cquote1.png Magra nada! Ela precisa emagrecer mais um pouco para chegar ao seu peso ideal. Cquote2.png
Deborah Evelyn sobre Street Fighter: A lenda de Chun-li

2830.jpg

Street Fighter: A Lenda de Lana Lang Chun-Li é um filme lançado pela Capcom sob a falsa promessa de fazer um filme fiel a obra e que agradasse aos fãs de hentai da personagem da série, diferentemente do outro filme protagonizado pelo Van Damme. O filme se passa nos anos 90 e trata da história de uma subnutrida chinesa chamada Chun-Li, cujo o pai foi sequestrado por uma bicha de peruca loira um malvado líder de uma organização malvada chamada Shadaloo.

Notícia ruim 1: a Chun-Li desse filme não se parece nada com essa!

A protagonista[editar]

No game que originou a série era uma garota BEM bonita (como todas as personagens do game exceto Sakura,por ser preticamente uma adolescente), porém a produção do filme achou pouco verídico alguém viver na China e ser devidamente nutrido, por isso a escolhida para o protagonizar foi a anoréxica compulsiva Kristin Kreuk, melhor conhecida como Lana Lang. Chun-Li procura alimentar-se e, de quebra, dar vasão a sua homofobia exterminando todos os viados que habitam a Terra, começando pelo maior deles, o seqüestrador de seu pai, Bison.

O antagonista[editar]

Era o poderoso chefão de sua organização, porém ficou frustrado ao descobrir que, mesmo tendo comprado uma peruca ridícula pintado seus cabelos de loiro, não poderia jamais ser uma mulher por possuir uma INTIMIDADE masculina. Revoltado, decide espalhar o mal e dominar o mundo.

Notícia ruim 2:Você não vai ver esse e nenhum outro personagen de Street Fighter aqui!

A história[editar]

Sentindo-se descriminado por não poder ser uma paquita, Bison decide enviar um e-mail a Rainha dos baixinhos reclamando seu direito de também segurar um pompom. Porém, como não sabe acessar a internet, decide sequestrar o pai de Chun-li, uma criança mutante que podia transformar-se numa criança ocidental e de novo numa criança chinesa ao passar dos anos, para que ele enviasse seus e-mails. Chun-Li cresce e decide vingar-se da bicha louca de Bison. Para isso começa a mendigar e pedir esmolas fazer investigações. Em uma boate, encontra uma possível aliada de Bison, mas ao descobrir sua homossexualidade, seus sentimentos homofóbicos vem a tona e ela dá uma sova na sapata. Após uma briga, Chun-Li encontra um maconheiro morador de rua velho chamado Gen, um misterioso homem que lhe ensina a fumar um baseado e ter alucinações criar uma bola energética, bem como a utilizar sua ausência de peso para dar saltos mortais, deixando-se carregar pelo vento como uma pipa. Em suas andanças em busca de comida, Chun-Li da uma sova em Vega, que na verdade é Shang Tsung do Mortal Kombat fazendo uma péssima imitação que não se parece em nada com o original. Bison, por sua vez, não pretendia ficar com o pai de Chun-Li por muito tempo, mas devido ao surgimento das novas tecnologias da internet MSN e Orkut, decidiu mantê-lo como o canal entre ele e seus “miguxos”. Agora ele não mais amava usar a net, mais “tipO axim amaaAAva” conversar com os amigos e participar de comunidades como “Eu amo a Xuxa”. Porém após finalmente aprender a mexer no mouse por conta própria, ele mata seu elo com a net na frente da própria filha.

Desfecho[editar]

Chun-li com a mão no pau.

Revoltada com a bicha loira que matou seu pai, Chun-Li e uma trupe de companheiros, entre eles Charlie, que não faz porra nenhuma importante na história, e Cammy, que devido a uma aminésia súbita se identifica com outro nome (mas só pode ser ela, é o único personagem fisicamente parecido), e que também não ajuda em nada; vão atrás de Bison e seus capangas (os que sobraram). O primeiro a encontrar Bison é o mentor de Chun-Li, porém como ele acaba de dar um piau em Mike Tyson e está todo arrebentado, leva um coro do cabeça de parafina chefão da Shadaloo. Ao encontrar Bison descendo a lenha em seu mentor, Chun-Li esquece seu estado de subnutrição e falta de vitaminas do complexo B,pega no pau, dá um cacete em Bison, e põe mais uma biba pra dormir.