Subdivisões da França

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
França e suas subdivisões.

Subdivisões da França é a maneira como a França se organiza, fazendo questão de incluir inclusive ilhas que estão do outro lado do mundo em sua administração, coisa que nenhum outro país do mundo ainda se submete a fazer. Oficialmente a França é composta da união indissolúvel (que não dissolve em água) de 25 regiões mais a Córsega, 5 departamentos ultramarinos mais Quebec e mais algumas ilhotas do Caribe que ninguém se importa.

Regiões[editar]

A primeira subdivisão francesa são as regiões, são na verdade 21 regiões, mas é que incluem coisas como Guiana Francesa daí o número acaba saltando para 26.

Possui grande importância, uma vez que as fronteiras das regiões francesas definem onde é permitido produzir queijo brie ou camembert.

Departamentos[editar]

As regiões da França estão subdivididas em departamentos, esta forma de divisão leva em consideração o nível do uso de boinas, quantidade de banho per capta e tamanho do bigodinho dos habitantes, sendo portanto uma divisão para fins estatísticos, econômicos e culturais.

Departamentos Ultramarinos[editar]

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Departamentos Ultramarinos

Os departamentos ultramarinos são regiões especiais sob domínio do governo francês. Especial no sentido de que se trata de partes da França fora do território europeu. Tirando esse fator, não há nada especial nos departamentos. Na verdade, esse é um exemplo típico, dá-se um nome diferente para uma região administrativa só para fazê-la achar que é importante, quando na verdade é apenas mais uma desculpa para dominar outros lugares de um modo psicologicamente imperceptível. O departamento ultramarino mais conhecido citado nos livros de geografia é a Guiana Francesa.

Coletividades Ultramarinas[editar]

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Coletividades Ultramarinas

Ninguém sabe o que as coletividades são, nem mesmo o presidente da França. Muitos acreditam que seja uma categoria rebaixada dos departamentos ultramarinos, outros, que é apenas uma tentativa mal disfarçada da França se aproveitar econômica, cultural e sexualmente fisicamente. Coletividades não são importantes para ninguém, nem mesmo para seus moradores, que obviamente prefeririam morar na França do que, por exemplo, uma ilha abandonada no Caribe. Els possuem esse nome porque são uma união(coletivo) de várias coisas que funcionam como um peso de papel morto para a França. A coletividade mais odiada é Mayotte, porque era um departamento e foi rebaixado. Até hoje sua população procura vingança.

Coletividade sui generis[editar]

Categoria criada em 2010 para separar a Nova Caledônia, os franceses são doidos para que a Nova Caledônia adquira a independência e eles não tenham mais que ajudar esta ilhota, por isso pouco a pouco vão cedendo autonomia para a ilha para quem sabe um dia eles se tornarem um Tuvalu da vida, mais um país inútil da Oceania.

sui generis em latim significa "qualquer coisa", pois é isso que a Nova Caledônia é, qualquer coisa que não seja departamento, coletividade ou território.

Territórios Ultramarinos[editar]

Devido ao caráter inabitado, as terras antárticas francesas foram incluídas como "Territórios Ultramarinos", uma espécie de "terceira divisão" rebaixada dos departamentos ultramarinos. Isso porque todos esses territórios pertencem à Comores, mas os franceses não sabem o que é Comores até hoje para darem a independência a este território.

Arrondissements[editar]

Arrondissements em francês quer dizer "condimentos de arroz", e todos departamentos estão divididos em arrondissements, cuja prefeitura são restaurantes que servem arroz com escargot. Isso é muito importante para manter a organização e ordem da população.

Cantões[editar]

Os arrondissements estão divididos em cantões. Os cantões servem para separar imigrantes argelinos de imigrantes sírios de imigrantes burkinenses de franceses nativos.

Comunas[editar]

As comunas são a menor divisão administrativa da França, que são as cidades, embora ninguém entenda porque todos cantões na maioria das vezes só tem uma comuna o que acaba não sendo exatamente uma subdivisão...

Flag map France.png França
HistóriaPolíticaSubdivisõesGeografia
EconomiaCulturaTurismo