Suzanápolis

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikify.png Por favor, alguém arrume este pobre artigo segundo as diretrizes estabelecidas no livro de estilo antes que alguém infarte lendo esse artigo mal formatado...
AVISO: NÃO REMOVA ISSO ANTES DE TER CERTEZA ABSOLUTA QUE O ARTIGO JÁ FOI COMPLETAMENTE "WIKIFICADO", SENÃO VOCÊ PODERÁ SOFRER AS CONSEQUÊNCIAS!
Dica: não sabe como wikificar um artigo? Então leia AGORA o nosso Tutorial Wiki! Ou peça ajuda para os usuários mais experientes...

História[editar]

Em 1960, o Coronel Ernesto Schimidt (Ribeirão Preto - Suzanápolis, 1977), filho do "Fódão do Café" Francisco Schimidt, doou parte das terras da extensa Fazenda Tapir " Fruto de grilagem", para formar o Patrimônio de Santo Antônio do Oeste dentro do município de Pereira Barreto.

A região de Suzanápolis até Santa Fé do Sul e Jales foram as últimas terras de sertão no Estado de São Paulo, portanto, as últimas a serem desbravadas " Destruídas" neste estado.

O patrimônio recebeu, na época, a alcunha de Nova Brasília, sendo que se formou no Largo da Matriz de Sânto Antônio, onde surgiram várias casas de comércio " duas", e ao redor delas, as primeiras moradias " cinco casas", (quase todas com paredes de madeira), do novo patrimônio.

De acordo com os mais antigos moradores, a Família Schimidt sempre foi defensora da ecologia, mantendo na propriedade extensas reservas florestais,de dez metros quadrados que abrigam variadíssima fauna silvestre de eucalipto.

A comercialização fracionada dos lotes reflete até hoje na estrutura agrária do município de Suzanápolis, que tem uma parte predominante de " sem terras" pequenas propriedades.

Em 2002, a Fazenda Tapir foi desapropriada para Reforma Agrária, pois o Coronel Ernesto Schimidt não deixou herdeiros.

Em 28 de fevereiro de 1964, O Patrimônio de Santo Antônio do Oeste foi elevado à categoria de distrito de Pereira Barreto, pelo Governador Adhemar Pereira de Barros.

Em 1970, o distrito passou a se denominar Suzanápolis, em homenagem a Senhora Herna Schimidt, (ou Suzana), esposa do Coronel Ernesto Schimidt.O distrito de Suzanápolis foi elevado à categoria de "município", com a denominação de Suzanápolis, pela Lei estadual nº 7.664, de 30 de dezembro de 1991, desmembrado do município de Pereira Barreto.

O munícipio foi instalado em 1º de janeiro de 1993 e possui só um Distrito-Séde.

Economia[editar]

A pecuária de corte explorada de forma primitiva sempre foi a principal atividade desenvolvida na região. O café já teve sua importância. Predominam também arrendatários, que derrubam todas as arvores para plantar cana. Dizem que existe duas arvores para cada 1000 alqueire de cana. A usina recém instalada utiliza da mão-de obra escrava de bêbados, aquecendo assim o comércio local.

Nota[editar]

Nota ortográfica: Segundo as normas ortográficas vigentes da língua portuguesa, este topônimo deveria ser grafado como Susanalpolis. O nome é em homenagem a Erna Schimidt, conhecida como Susana, esposa do fundador da cidade, devido a gostar muito de sexo anal.

Geografia[editar]

Localiza-se, a uma latitude 20°30'05" sul e a uma longitude 51°01'29" oeste, próximo do zóio do pato "interiorrr de São Paulo" tão interior que fica mais próximo do Paraguay do que da capital paulista, estando a uma altitude de 350 metros, Sua população estimada, em 2006, era de 85 habitantes. Em janeiro de 2007 contava com 48 eleitores.

Turismo[editar]

Existem varias pontos turísticos como a praça, a rua ao redor da praça e as calçadas da praça.

Vida Noturna[editar]

A população costuma se reunir na praça, andando incansavelmente ao redor da igreja, conhecido também como bobódromo

Gastronomia[editar]

Uma hora depois de fazer seu pedido você pode saboriar um delicioso lanche no trailer da dona Jailda ou uma espécie de pastel no trailer do Chiquinho. Enquanto isso recomenda-se que os clientes voltem ao bobódromo para dar mais algumas voltas ou "rolé" (termo usado por alguns "manos")

Mulheres[editar]

Não crie expectativas!!!