Svälbårnnøåwa

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
NapoleonBike.jpg
Este artigo é sobre humor europeu

Desculpem, o humor deste artigo é ininteligível para brasileiros e sul-estado-unidenses.
Então, nada de Feijoada ,Huehuehue ou humor privado aqui, certo?
Imagesghh.jpg Este artigo é GELAAAAAADO!

Mamutes vigiam o artigo, então vá pra casa, coloque um casaco e beba um chocolate-quente. Cuidado com o Yeti e não lute contra Sub-Zero!

Viking dinamarca.jpg Ek est årtikkel Vikingen!

Este artigo veio das frias terras dinamarquesas! Ele gosta de remar, louva Odin e o Deus Metal, não tem nenhum senso de privacidade ou de educação e seu autor chegou ao Valhalla. Não vandalize ou envolva a Finlândia neste artigo!

Cquote1.png Svälbårnnøåwa foi onde fiz meu último filme. Um belíssimo lugar. Cquote2.png
Arnold Schwarzenegger sobre Svälbårnnøåwa
●Svälbårnnøåwa
●Reppublikk døå Svälbårnnøåwa
●Svälbår

ICE.GIF Snowflake.gif
Bandeira Brasão
Lema: Skvakkuv, Løåwwark, Navarøvå
Hino: Nannavvuøåka.
Cont3.gif
Capital Wøannrøvå
Maior cidade Wøannrøvå
Língua Svälbårsk e dialetos Svälbåreses
Tipo de Governo Viking-Centro-Direita
Presidente Warruf Thor Wälbårbergur
Heróis nacionais Abominável Homem das Neves, Papai Noel, Esquimós
Independência 13 de Agosto de 1256 - Da Dinamarca
Moeda Coroas Svälbåresas.
Religião Nórdica.
População Quinze pingüins, quatro esquimós e um urso polar
Área 567.886 km² (4%% de água)
Analfabetismo 97%
PIB per Capita 80.000,00 USD/hab.
IDH 0.960
Fuso Horário Winter Svälbår Time.
Clima Antartiquíssimo
Site do Governo www.svalbar.kummunit.org (Em Svälbår)


História[editar]

Como é gostoso o verão em Svälbår, na capital Wøannrøvå

Svälbårnnøåwa (lê-se: Svelbornnâowa) é um país extremamente nórdico que faz uma média anual de temperatura de -80°C, lá foi notificado a mais baixa temperatura na Terra, os cravados -120°C, insuportavelmente insuportável, dizem que nesse dia houve a abertura do Portal Nórdico do Cachimo Dourado na qual o deus Thor e seu martelo despertaram e aterrorizaram o mundo, mas isso não passa de uma Mentira das Fodidas! A história verdadeira foi que Svälbårnnøåwa, ou conhecido pela suas 20.000 pessoas como Svälbår, porque leva muito tempo pra pronunciar essa palavra. Foi lá que surgiu a técnica de resistência Nu na neve, se você morar em algum lugar frio como Svälbår você pode tentar, a técnica não passa de um jogo de palavras que hipnotizam a mente de quem escuta e evita que a pessoa congele.

A Dinamarca a Rússia e Hitler estavam jogando cartas num boteco na Alemanha quando Hitler após beber mais de 10 litros de Vodka, virou-se ao presidente Dinamarquês e disse que se ele ganhasse o Poker, ficaria com o Norte da Groenlândia e lá, construiria um país livre e com a sua religião Nazista. Porém a Rússia interveio na conversa e sugeriu.. que se ela ganhasse ficaria com a Região proposta e lá construiria um armazém de vodka pura tridestilada fresca para consumo, e transformaria esse "País" num lugar perfeito para morar mas com uma temperatura infernal. E assim foi feito, Hitler perdeu a aposta e a Rússia ganhou, transformando Svälbår como havia prometido.

Hoje, Svälbår é um dos países mais desenvolvidos apesar de sua baixa temperatura e as pessoas ficarem reclusas no inverno e no verão. Svälbår é um dos países com alto número de suicídio devido ao clima insuportável e de tanta tristeza, geralmente eles se atiram no mar e esperam as baleias carnívoras do Norte do Mundo os devorar. De acordo com o IBGE e o CEAGESP de Santa Catarina a população de Svälbår há 2 anos era de 2.500.000 pessoas, mas apenas 20.000 pessoas estão reclusas naquele ambiente agora. O governo propôs o aumento da população deixando de vender camisinhas nas lojas de conveniência e lubrificante de Urso Polar foi obrigatório nas relações sexuais. Mesmo que Svälbår seja um país com pouca gente, é muito desenvolvido e já fará parte da Liga Norte, com os países nórdicos mais fodásticos super demais do mundo como a Dinamarca, Noruega, Suécia etc...

Cultura[editar]

Svälbår, foto tirada por um suicida antes de falecer.

A cultura de Svälbår é muito sólida e isso não tem nada a ver com o Gelo (haha), pois bem, Svälbår é um país fisicamente grande e com apenas 20.000 pessoas na quais 75% são Mulheres gostosas como aquela da foto e 25% homens, existe uma média de 5 mulheres pra cada homem, então, o que você está fazendo ai lendo o que eu escrevi??? Espera a crise dos aeroportos passar e vai para Svälbår porque é muita mulher Rapaz, você vai ficar loucos, dizem que elas são muito carinhosas e adoram carinho também, ficam sempre em casa pois no frio não da pra sair e ficam cozinhando, e fazendo carinho.

Cada homem tem direito a 2 mulheres Svälbår, nas quais descobriram a forma da juventude, portanto todas tem aparência de 20-25 anos e nunca envelhecem, que ruim né?? O único problema é achar suas Mulheres te traindo com um Urso Polar, isso ai é triste! As mulheres de Svälbår são iguais as Suecas, Loiras peitudas safadas lésbicas e gostosas, mexer com uma mulher dessas é perigoso especialmente se você for casado com duas delas, como eu.

Trabalho[editar]

Aurora? Errado! O governo não economiza quando se trata de iluminação pública.

Svälbår, por ser um país com pouca gente não possui muito trabalho, um lugar onde a média de homicídios é de 0.01% é muito difícil ser roubado o sacaneado e também a maioria das pessoas lá são as famosas gostosas de Svälbår. Você terá uma série de opções de trabalho em Svälbår, como por exemplo, caçar urso, os Ursos são animais muito dóceis que podem apenas rasgar sua cara com uma patada, mas isso é de menos, portanto, providencie uma arma calibre .12 ou .38 ou Bazooca que aí você estará hábil para fazer o serviço. Outra opção é trabalhar como jardineiro, como não existe grama, somente gelo, você poderá ser contratado para fazer o serviço de aparar o gelo do quintal do vizinho ou fazer esculturas no gelo, cuidado com as mãos pois o gelo de Svälbår é o mais gelado do mundo, com temperatura recorde de - 0°C, isso é mais gelado que Nitrogênio Liquido Radioativo Sólido Pentotal.

Você pode trabalhar não como sapateiro, mas na confecção de Patins de Gelo, essa é a ferramenta essencial para a caminhada em Svälbår, os carros são muito raros pois o frio congela a Gasolina, mas isso não é problema em Svälbår pois os caros são movidos à gelo. O gelo entra no motor e a energia térmica é transformada por pistões de alta tecnologia em energia cinética fazendo o móvel se movimentar. O único grande problema é dirigir os carros na cidade pois o trânsito é infernal, não devido ao número de carros, mas ao número de Ursos na pista e as toneladas de Neve que nas ruas caem, são mais de 5 metros de neve nas ruas.

O trabalho mais comum em Svälbår na qual 52% das pessoas exercem é cobrar impostos dos Ursos que não pagam o aluguel dos Iglus do Norte do País, a única adversidade é chegar ao norte do país na qual não se sabe o que existe lá, pois é tão frio que nenhuma criatura humana lá chegou, acredita-se que existe uma vila chamada Föderlånd, formada só por mulheres das mais gostosas que os olhos humanos possam enxergar, e que todas são virgens nunca viram um homem em suas vidas, dizem que a Pamela Anderson veio de lá, também a Gisele Bundschen o único problema é que dizem que elas eram as mais feias, tão feias que foram expulsas da vila de Föderlånd.

Clima[editar]

Verão de 1960, o mais quente já registrado -20°C em Wøannrøvå.
Primavera em Wøannrøvå.

O clima de Svälbår é praticamente dividido em 2 tipos de clima. O 1º trata-se do verão que é um clima com temperaturas máximas de -30°C e mínimas de -40°C, o Inverno é um pouco pior com temperaturas máximas de -80°C e mínimas de -120°C. Portanto não há diferença entre a temperatura do verão e do Inverno pois todas são terríveis, dizem que há uns 150 anos, a temperatura de Svälbår era mais fria pois não havia aquecedores a gás nem elétrico e também não existia o Aquecimento Global, portanto as temperaturas eram constantes de - 130°C. A população da época era de 15.000.000 milhões de pessoas em um Inverno Morreram mais de 14.980.000, e apenas as 20.000 pessoas sobreviveram, hoje em dia é muito fácil achar alguém congelado nas ruas da cidade, é o país que existem menos mendigos pois todos morrem congelados, extima-se que nunca houve um mendigo, e se houvesse morreria em menos de 1 dia de verão em Svälbår.

Detalhe é que Svälbår o Nudismo em público permitido e regulamentado por lei durante o verão, e no caso das mulheres ainda dá redução de impostos... porem essa pratica só aconselhevel a mulheres entre 17 e 28 anos, pois para os homens o frio congela os bagos e eles caem... no caso das mulheres a pratica aumenta a resistência contra o frio durante o inverno e é largamente praticado

Vivendo em Wøannrøvå[editar]

Ninfeta Svälbåresa (Muito gostosa de fato) praticando método de nudez na neve, Curtindo o Verão

Wøannrøvå é a maior e única cidade de Svälbår, tirando é lógico a fictícia cidade de Föderlånd das virgens maravilhosas, em Svälbårsk (Døn Skurvveråvvä Parveskäluv), ou O Paraíso das Vírgens, Wøannrøvå é uma cidade com cravados 20.000 hab. 75% mulheres gostosas e peitudas e 25% homens imundos. Essa população anda bem em equilíbrio pois os homens estão sempre na guerra com os Ursos e com os Esquimós rebeldes, e as mulheres sozinhas na cidade. Acredita-se que daqui a um ano a população de Wøannrøvå cresça e torne-se por volta de 30.000 habitantes. Na cidade não tem muito o que fazer, se quiser sair de casa deve usar todas as roupas do seu guarda-roupas e achar alguém que não esteja congelado pra comer uma Pizza ou encher a cara de Vodka no bar, porém se você tiver um carro movido a gelo, vá até o Bar da cidade e beba até não poder mais, Sugiro que você beba o "Penhasco Senegales", "Carro-Bomba Austríaco", "Gaita-de-Foles Holandesa", "Pavão Coroado da Moldóvia", esse drinks são feitos de Gelo, (Raspadinha) e querosene puro com, Vodka, Absinto da Churrascolândia, Combustível de Foguete espacial e Ecstasy.

Dizem que você fica um mês bêbado, tendo só alucinações, porém o frio já não será o mesmo, pois 80% da população bebe 10 litros dessa mistura por semana e consegue não ficar bêbado. A cidade também tem seus pontos muito positivos, o frio evita com que vizinhos chatos venham bater na sua porta, pois é! Quantas pessoas você viu andando na rua nas fotos do lado Direito??? Nenhuma, a não ser a Menininha gostosa, tomando um solzinho no verão, hehe.

Língua[editar]

Papai Noel, Herói da nação Svälbår, Salve Santa Klaus, Salve!!

A língua falada em Svälbår nada mais é que o Svälbårsk, uma língua nórdica falada por suecos, dinamarqueses, e por mais uns povos desconhecidos que ninguém conhece, o Svälbårsk é uma das poucas línguas nórdicas clássicas que sobraram usando letras esquisitas que são difíceis de escrever e mais ainda de falar. A arte de falar Svälbårsk é pra poucos, estima-se que apenas 25.000 pessoas saibam falar, 20.000 que vivem lá e 5.000 ursos que aprenderam. O Svälbårsk é frequentemente usado com as pessoas de Svälbår e também fácil de falar apenas para quem nasceu no país, clique no link Svälbårsk e tenha umas aulas experimentais veja como é falar um outro idioma.

O Svälbårsk é usado também na compra e venda de drogas no Brasil pois ninguém entende o que eles falam, por isso os traficantes do Rio de Janeiro dominam o Svälbårsk, cujo em mesmo os ensinei. Com essa negociação, os traficantes presentearam Svälbår com 800 hectares de plantação de Fumo (Maconha) e construíram uma fábrica de purificação e fábrica de artesanato de Cachimbos para puxar um Fumo esperto. Extima-se que já existem 50 variedades de Maconha em Svälbår e 60% da população use a Maconha para relaxar.

O sul de Svälbår possui 80% de seu território completo de fazendas de Maconha. Com isso o PIB de Svälbår subiu e levou o país a riqueza eterna, sendo que todos os habitantes são muito bem de vida, ganhando $VR 20.000,00 em Dólares $50.000,00 por semana na venda do Fumo para a Holanda e para o Brasil.

Svälbår ou Doidolândia?[editar]

Um dos cachimbos artesanais de Svälbår.
Exemplo da plantação de maconha que move a economia do País.

Após o governo implantar a venda de drogas imposta pelos traficantes Brasileiros, Svälbår começou a fica meio locona, todas as pessoas ficaram mais chapadas e decidiram parar de trabalhar pois o fruto do trabalho deles não valia mais nada já, pois a economia era movida por Maconha, e as exportações crescia mais ainda, cada vez mais, que a população ficou extremamente vagabunda e começou a pensar só em Sexo e Drogas, que após vinte anos a população passou de 20.000 pra 1.200.000 pessoas e após 10 anos de 1.200.000 pessoas pra 3.500.000 pessoas pois as drogas atraíram pessoas de outros países. Svälbår era conhecida com Doidolândia, pois as pessoas começaram a se drogar tanto que haviam perdido a noção e a efemeridade do tempo, cada casal tinha em média 10 filhos e esses 10 filhos tinham em média mais 10 filhos, pois o governo bancava tudo, comida, escola, moradia, tudo com o dinheiro do trafico de drogas e das plantações.

Mesmo com o abuso do uso de drogas Svälbår não perdeu sua qualidade de vida e lidera no Ranking de País com extrema qualidade de vida, pois ninguém mais trabalha, porque o governo paga todas as despesas, as únicas pessoas que trabalham são as crianças que vão à escola diariamente, já os adultos pouco trabalham, dos sete dias da semana apenas 5 é dedicado ao trabalho e os outros 3 só Maconha. O consumo de drogas em Svälbår superou os da Holanda e da Europa e dos Estados Unidos e da Churrascolândia, ou seja, o consumo é para mais de intenso.

Mudança climática[editar]

Cientistas do mundo todos começaram à estudar as novas estranhas ondas de calôr que nos últimos 5 anos começaram a invadir Svälbår, acreditam eles que a fumaça liberada dos baseados da população, criou um composto químico chamado Svarichimeticonosona Carbollirica Fluoretada que abriu um buraco na Camada de Ozônio fazendo com que o clima mudasse em Svälbår, a temperatura invernal agora não passa dos -50°C e do verão chega agora à -10°C, perfeitamente para pegar uma piscininha em Svälbår, o gelo começou a se derreter, formando rios e lagos aos arredores das cidades.

O clima mais ameno atraiu mais gente pra Svälbår, e agora sua população é de 3.500.000 milhões de habitantes, sendo que 1.000.000 deles são drogados, totalmente viciados em Maconha. O governo de Svälbår premiou os Maconheiros com um bônus de $VR 150.000,00 ou $200.000,00 Dólares ou 420.000,00 Reais, isso é grana para caralho! Portanto os Maconheiros viram ricos e compraram mansões nos arredores da cidade e criaram bandas de Reggae ou Hip-Hop.


Viking.jpg
v d e h
Os bárbaros vêm aí... Olê olê olá!