Svend I da Dinamarca

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Svend I da Dinamarca.
Uma bela imagem do Svend I da Dinamarca, mostrando as suas belas barbas que tinha

Cquote1.png Você quis dizer Marco Hietala Cquote2.png
Google sobre sobre Svend I da Dinamarca
Cquote1.png Este é o meu paizão! Cquote2.png
Canuto, o Grande sobre Svend I da Dinamarca

Sueno I Haraldsson ou Svend Barba-Bifurcada (que era feio pra caralho) foi rei da Dinamarca (985-1014), rei da Noruega (1000-1014) e rei de Inglaterra (1013-1014). Na Dinamarca, Sueno sucedeu ao seu pai, Haroldo I da Dinamarca e do CANUTO, embora ambos os filhos são de mães diferentes, mostrando o quanto traira o Svend era.

A Igreja e a moeda[editar]

Nas bordas do norte da relativamente recente Sacro Império Romano, mostrando o tão maluco e matador que ele era, com suas raízes no Charlemagne s conquistas "centenas de anos antes do tempo Sweyn, Svend Forkbeard tinha moedas feitas com uma imagem à sua semelhança para mostrar que era o mandão de tudo por lá. O latim nas moedas de inscrição dizia: "ZVEN REX DAENOR", que traduz como "Sweyn, rei dos dinamarqueses", embora muitos o chamam de Svend, o Barba malfeito.

A sua vida e legado[editar]

Muitos detalhes sobre a vida de Sweyn são contestadas, principalmente sobre ele ser muito fiel a sua mulher. Os estudiosos divergem sobre a, muitas vezes contraditórias, vários relatos de sua vida entregue nas fontes da sua época da história em que a Dercy Gonçalves tava dando um rolé na Inglaterra, como o-saxão Chronicle Anglo, Adam de Bremen Gesta Hammaburgensis Ecclesiae Pontificum e o Heimskringla, todos burgueses ladrões que naquerla época era bem comum ter isto, no século 13 com muito trabalho por islandesa autor Snorri Sturluson. Ao contrário do posterior da vida Sweyn também aparecem na Emmae Encomium Reginae, uma do século 11 latino que adorava as latinas-americanas, elogio em honra de seu filho mimado, rei Knut a rainha Ema, da Normandia , junto com ex chronicis Chronicon de Florence de Worcester, outro autor do século 11.

Por fim, em 1013, consegue uma importante vitória que obriga Ethelred II a procurar refúgio na Normandia, fugindo que nem um marica. Com a fuga do monarca, Sueno tornou-se rei de Inglaterra, mas morreu poucas semanas depois após um envenenamento na sua bebida alcoólica. Foi sucedido pelo filho Haroldo II, mas foi o seu filho mais novo o Canuto o Grande, quem consolidou o domínio dinamarquês na Inglaterra após da um jeito em seus irmãos e ficar com todo o império para ser apenas dele.

Viking.jpg
v d e h
Os bárbaros vêm aí... Olê olê olá!