Sylar

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
USB logo.png In Trump We Tru$t!

Este artigo é gringo! Não tente usar armas químicas de destruição em massa ou jogar aviões contra ele, Tio Sam agradece.

Admmalvado.jpg Este artigo é sobre um vilão!

Isso significa que ele rouba, mata e faz outras coisas sem nenhum motivo. Se vandalizar este artigo, um super-herói irá lhe prender.

Cquote1.png Você quis dizer: Dexter Cquote2.png
Google sobre Sylar
Cquote1.png Gabriel é o caralho! meu nome agora é Sylar! Cquote2.png
Sylar sobre Sylar
Cquote1.png Na União Soviética, VOCÊ!!! come o cérebro do Sylar Cquote2.png
Reversal Russa sobre Sylar
Cquote1.png Meu melhor aluno! Cquote2.png
Hannibal Lecter sobre Sylar
Cquote1.png Eu posso te ajudar a controlar seus poderes... Cquote2.png
Professor Xavier sobre Sylar

Sylar em ação

Cquote1.png Kill the cheerleader, kill the world! Cquote2.png
Sylar sobre si mesmo
Cquote1.png Você traiu o movimento alimentício, véio! Cquote2.png
Dado Dolabela sobre Sylar
Cquote1.png Sou imune a ele Cquote2.png
Carla Perez sobre Sylar
Cquote1.png Tenho medo! Cquote2.png
Regina Duarte sobre Sylar
Cquote1.png Matou o pai... acho que eu gostaria dele. Cquote2.png
Suzane Von Ritchofen sobre Sylar
Cquote1.png Regina Volpato me entenderia! Cquote2.png
Sylar sobre Regina Volpato


Gabriel Gray[editar]

Sylar teve uma infância um tanto deturpada, não sabia como podia vomitar batata se só comia repolho, arroz queimado, feijão estragado e macarrão sem molho, com o pai doente, a mãe demente e o irmão ladrão, ele era apenas uma criança carente com meleca no dente e catarro na mão.

Este é o sinal de que Sylar é proibido de matar no local

Na escola todos o zoavam chamando ele de Gabriel Gay, porém ele superou seus traumas e resolveu colocar pra fora sua raiva psicótica focando matar pessoas com habilidades especiais, tomando seus poderes e querendo ser o único ser imortal e com poderes do mundo.

Como nasceu Sylar[editar]

Mais um produto da campanha "Sylar proibido de matar nesse local"

Antes de descobrir sua homossexualidade habilidade especial era um simples e pobre relojoeiro quando foi visitado pelo pai do maior figurante da série (o único que só agora tem poderes e sempre está na história, Morrinder), para verificar se ele tinha poderes ou não, que viu que eram poderes tão medíocres que resolveu ir embora, não contando com a maior habilidade de Sylar não descoberta, a inveja! Então, resolveu adotar um nome de guerra (assim como Bruna Surfistinha), só que o dele foi Sylar, em homenagem a um relógio paraguaio que ele comprou na 25 de Março e nunca conseguiu consertar, e com todo rancor do seu coração e as memórias traumatizantes de sua infância resolveu matar o Papai Noel e ter todos os poderes pra si mesmo!

Como consegue Poderes[editar]

Sylar pega os poderes de suas vítimas cortando a cabeça delas e comendo a parte do cérebro que atua no desenvolvimento dos poderes - normalmente ele coloca algo pra acompanhar a refeição!

O terrivelmente feio e ameaçador Sylar


No Primeiro Volume[editar]

No volume 1, Sylar se descobre gay vilão e mostra a todos que seu interesse é acabar com a velha profecia "Salve a líder de torcida, salve o mundo". Mostrando também que com sua inveja consegue dominar os poderes adquiridos como ninguém (e também COME ninguém ), descobre que Peter Petrelli será a bomba e mesmo assim no final consegue ser derrotado pelo primo babaca da Sabrina Sato, Hiro Nakamura.

Segundo Volume[editar]

Já no segundo volume Sylar volta sem poder nenhum e conhece Candy uma bela jovem que fala que vai o ajudar a acabar com todos, mas a inveja, ela é uma merda e egoísta então Sylar resolver matar Candy comendo o cérebro da moça e desbodriu que a garota era uma tremenda chupeta de baleia e saiu por uma mata enorme a fora e encontrou Maya, a emo que tem lagrimas pretas assassinas e como era burra e trouxa levou Sylar até o médico descobridor da Aids, Câncer e outras doenças incuráveis, Morrinder que teve que usar o Sangue da Clarie que cura até micose ( compre já o seu ) que fez ele voltar a ter os poderes e retomar seu gosto total pela inveja.

No Terceiro volume[editar]

Sylar consegue os poderes da Clarie, mas é preso e descobre que pior que ser filho do Darth Vader é ser filho de Ângela Petrelli. Vê que seu maucaratismo era apenas um fator genético herdado por sua mãe. Então, começa a trabalhar do lado do Bennet que vai arrumar uma maneira de matar ele! Mesmo ele não podendo morrer mais! e come a elle e a mata depois só por diversão pois ja tinha transado conseguido o poder dela

Objetivos[editar]

Pra Sylar seus objetivos são bem claros: depois de matar todos e eliminar a concorrência, ele quer cortar a cabeça da Ana Maria Braga e pegar o cabelo dela e assim dominar o programa Mais Você, ensinando diariamente receitas e dando dicas de carnificina.

Curiosidades[editar]

Cquote1.png Nhoc Nhoc Nhoc... Cquote2.png
Sylar comendo o cérebro da pessoa que escreveu a frase acima, mesmo ela não sendo especial (só por prazer)

  • Sylar é tão foda q é o único vilão q come mais mulher q o mocinho.
  • Sylar foi um dos primeiros consumidores do Sangue da Claire.
  • Um pequeno Spoiler: Angela e Noah convenceram Matt (Donut Man) a mudar as memórias de Sylar para fazê-lo tomar o lugar do falecido Nathan. Mas todos sabemos que Sylar não ficará daquela jeito ridículo pra sempre, sua tara por relógios já voltou!

Ver também[editar]

v d e h
ARTIGO COMPLEMENTAR
v d e h
Jornal2.jpg
Não entende este artigo? Acha que é humor privado? Antes de fazer alguma besteira nesta página, leia o artigo Heroes para ter sentido e volte aqui para entender e achar engraçado (ou não).
Jornal2i.JPG