Tóquio

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Jaspion metaltex.jpg

Made in Japan
Este é um artigo com tecnologia do sol nascente né.
E joga yakyû até cansar.

Cquote1.png Experimente também: Capital das Schoolgirls Cquote2.png
Sugestão do Google para Tóquio

Cquote1.png Aaaaaahhhhhhh!!!! Cquote2.png
Povo de Tóquio presenciando mais um monstro atacar a cidade
Cquote1.png Eu sô o Nashionaru Kidoooo!!! Cquote2.png
National Kid dirigindo-se ao monstro

Tóquio (ja:魔物都) é a capital e um dos maiores focos de monstros do Japão.

História

Tóquio antes

Tóquio foi fundada há mais de mil anos com o nome de Edo, para ser um centro de treinamento de samurais-heróicos-retalhadores-de-monstros. No período das guerras civis pela unificação do país, conhecido como Sengoku (pois se o Goku estivesse lá, não haveria guerras), um samurai(na realidade ele era um ninja, e ninjas odeiam samurais, e também odeiam quem os chama de samurais.Esta informaçao foi editada em memoria do criador deste artigo,sua família,conhecidos e pessoas que estavam em um raio de 1000 km e desapareceram misteriosamente após um ninja ler este artigo)chamado Hattori Hanzo construiu um castelo em Edo para consolidar a defesa dos retalhadores. Entretanto, em 1590, Tokugawa Ieyasu conseguiu tomar a cidade e fazê-la seu quartel-general, um passo fundamental para a tomada de todo o Japão. Com os samurais retalhadores de Edo sob seu comando, Tokugawa unificou o país e fez sua capital em Edo.

Tóquio depois

Já no século XIX, o plano de dominação mundial estadunidense finalmente chegou ao Japão. Em 1868, os americanos o imperador assumiu o governo japonês, pondo fim à dinastia dos Tokugawa.

A partir de então, o país do sol nascente e sua capital jamais seriam a mesma coisa. Os samurais retalhadores trocaram as espadas por fuzis laser, pedras alquímicas, bazucas estelares, mechas e toda aquela parafernália que aparece nos animes e tokusatsus. Tóquio parecia mais uma cidade americana, com McDonald's, Wal-Mart, General Motors e Coca-cola, do que uma capital oriental.

No total, Tóquio já foi destruída 42 vezes por terremotos, tsunamis, ataques de monstros e invasões de Incas Venusianos. E o detalhe é que os monstros e aliens sempre atacam Tóquio.

População e Demografia

Akihabara, distrito com a maior densidade populacional de virgens do mundo.

Tóquio possui a maior população humana e monstruosa dentre todas as cidades do mundo. São 30 milhões de pessoas e mais um monte de criaturas como Godzilla, Gyodai, Majin Boo, Gamera e outros. Felizmente, também é grande a população de heróis que combatem esses monstros, como National Kid, Jaspion, Ultraman e personagens de animes de porrada.

Durante o dia, a população de Tóquio aumenta em mais 2 milhões de almas, provavelmente pessoas que estudam e trabalham lá porque as cidades vizinhas são grandes roças sem nem igreja no centro. Também há os otakus em tempo integral, que passam o dia na metrópole freqüentando eventos de anime e comprando hentai mangás nas livrarias, que fazem os antros otakus do Bairro da Liberdade parecerem um convento de freiras.

Geografia e Administração

Quando Barney invadiu Tóquio, Ultraman causou grande devastação nos edifícios em volta.

Tóquio se localiza na ilha de Honshu, região de Kanto. É nessa região que vivem os pokémons, alguns deles de grandes proporções, como Tyranitar, Charizard e outros. Alguns deles também já aproveitaram para fazer sua invasão a Tóquio.

Além disso, Tóquio está situada no centro do país, próxima à margem da baía de Tóquio, favorecendo a chegada de monstros aquáticos como o Gamera. Junto com Yokohama, Chiba, Kanagawa e Saitama, forma a maior zona de putaria zona metropolitana do planeta. Para caber toda essa gente, foi feito um catatau de prédios e arranha-céus por toda a cidade, só para serem destruídos nas lutas entre Ultraman e monstros. Dizem que Ultraman já causou mais destruição do que as próprias criaturas, de tanto prédio destruído por ele.

O Palácio Imperial fica em Tóquio e é a residência do imperador Akihito e seu filho Naruto Naruhito. O imperador do Japão é um cargo decorativo, ou seja, ele não faz absolutamente nada, só reina, ou impera(diferente de certos presidentes,costuma fazer isso dentro de seu país). A administração de Tóquio vem logo abaixo.

A grande zona é dividida em inúmeras prefeituras, vilas, favelas e cafofos para facilitar a administração, pois alguém precisa botar ordem no barraco. Os principais administradores malvados das prefeituras e bairros de Tóquio são:

Cena corriqueira em Tóquio.

Além destes, cada prefeitura tem uma infinidade de administradores, todos subordinados ao staff de Tóquio.

Economia e Indústria

Tóquio é o maior centro industrial e econômico do país e um dos maiores do globo. Parte das principais corporações mundiais estão sediadas em Tóquio, fabricando muambas de todo gênero, graças à moderna tecnologia nipônica. É de lá que vem aquela televisão que você tem em casa e quebra a cada dois meses, afinal os japas podem comprar uma TV por mês com o salário, mas você não, e esse é o problema. É de lá também que vêm todos aqueles produtos tecnologicos, bons, bonitos, e caros, por isso você não tem!

Assoador de nariz fabricado pela Toshiba e vendido pela Polishop.
Hashis feito pela Toshiba e vendido pela Polishop.

A indústria do anime é um forte vetor da economia de Tóquio. Lá são anualmente produzidos milhares de novos animes, que geram empregos para os desenhistas e estimulam as fábricas de bonecos, bandanas de ninja, bichos de pelúcia e outras porcarias coisas. Essa indústria é na verdade parte dos planos de dominação mundial pelo Japão, uma resposta à dominação mundial estadunidense.

Através do anime, os japoneses pretendem fazer a cabeça de todas as pessoas de todas as culturas, minando aos poucos as respectivas culturas. Esse fenômeno pode ser perfeitamente notado entre os otakus estrangeiros que pagam o maior pau para o Japão e seriam capazes de cortar o pinto fora para ficarem mais parecidos com os japoneses.

Porém, o governador de Tóquio planejar censurar todos os animes, com o argumento de serem prejudiciais a educação japonesa.

Cquote1.png Atenção, politicorruptos de td o mundo, nem pensem em fzer essa merda, senaum vou mandá-los pro mundo d mortos Cquote2.png
Otaku frustado sobre Isso

Turismo

A Torre de Tóquio já foi destruída 13 vezes por monstros.

Por ser uma grande cidade, Tóquio atrai otakus turistas de todo o mundo. Entre as atrações turísticas, estão a parada gay que acontece todo dia 6 de Janeiro e os vários eventos de anime e games, não tão diferentes da parada gay. Tóquio tem vários parques e templos budistas, onde costumam acontecer festivais culturais, sempre tomados por otakus e emos, assim como acontece no Brasil com qualquer merda que tiver o nome Japão no meio.

Os principais pontos turísticos são o Palácio Imperial e a Torre de Tóquio, palco de diversas batalhas épicas de anime e também um dos alvos favoritos dos monstros invasores.

Educação

Estude e um dia você entrará na Toudai.

A educação em Tóquio é extremamente competitiva. Todas as crianças com um ano de idade começam a freqüentar a escola já no berçário, saindo apenas aos 18 anos. Nesse período, as crianças e jovens passam até 14 horas por dia estudando, sem contar os feriados e fins de semana, afinal a CLT não regulamenta o tempo máximo de estudo e por isso a exploração ainda continua. Depois de terminar a escola, os jovens devem ingressar na Toudai, mesmo que precisem passar até quatro anos tentando. Devido à excessiva cobrança, muitos acabam até cometendo suicídio, levando ao pé da letra a máxima "Mate um japonês para entrar na universidade". No caso, se você não matar o japonês, ele mesmo se mata.

Transporte

O sistema de transporte de Tóquio é composto sobretudo pela malha de metrôs. Uma característica desse sistema é a pontualidade infalível; a margem de atraso do metrô japonês é de 0,042 segundos, diferente do sistema aéreo brasileiro e dos ônibus da Paranapuan.

Ver também