Tabela Periódica dos Elementos

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Etanol1.jpg
07.jpg

Este artigo é relacionado à química.

Caso exista na natureza, tem pra caralho nas minas de Estocolmo.

Enquanto lê, mantenha-se afastado do reator químico.

Cometinha.jpg Este artigo é um artigo com pretensão pseudo-científica.
Portanto seu autor é um desocupado e mentiroso e não diz coisa-com-coisa.
Wikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Tabela periódica dos elementos.

Cquote1.png Современная периодическая система химических элементов Димитрого Ивановича Менделеева. Cquote2.png
Pessoa russa falando "Tabela Periódica" em Russo.
Cquote1.png Ainda não descobriram todos os elementos,Chuck Norris se recusa a fazer exame de sangue Cquote2.png
Cientista sobre Tabela Periódica.
A Tabela Periódica dos Elementos é o Principal Princípio da Alquimia Química, e é onde estão escondidos os elementos místicos químicos. A tabela é regulamentada pela IUPAC (International Union of Picaretologic AlChemy). É formada pelas seguintes famílias ou séries (não confundir com séries da escola):

Químico tentando criar o etanol a partir do elemento B.
  • Metais alcalinos: É formada por elementos que, ao reagirem com água, produzem uma base altamente corrosiva, capaz de queimar até mesmo aço. A valência dessa família é +1, de forma que são ortodoxos quanto a ligações químicas. O elemento mais perigoso dessa família é o elemento Fr (França), já que é um contumaz doador de elétrons.é com esses metais alcalinos que é feito o sabre de luz.

Cquote1.png Fr_4 + C -> Fr_4 C Cquote2.png
Químico mostrando como ocorre a reação do elemento Fr (Frei Galvão) com o elemento C (Ceará)

  • Metais alcalino-terrosos: Elementos que possuem o comportamento alquímico quase igual aos metais alcalinos, com a diferença de que gostam de terra (por isso o terrosos) e que tem valência +2 (gostam de levar em duas ao mesmo tempo):

Cquote1.png Adoro! Cquote2.png
Oscar Wilde sobre Suruba, Sr, elemento 38 da Tabela

  • Elementos de Corrosa: Série também conhecida pelo nome Metais de transição, esse nome (válido apenas no Brasil, não aceito pela IUPAC), foi dado em homenagem a Eurekus Corrosa, 42º alquimista do Brasil depois da proclamação da ditadura república.

Cquote1.png AAAAA! Cquote2.png
Eurekus Corrosa sobre a reação Rf^{+3} + Ti^{-}_{3} = Cabum!
Cquote1.png Ui!!!!! Cquote2.png
Clodovil Hernandes sobre a reação V^{+24} + Hs^{-12}_{2} = Sr^{0}

    • Lantanídeos e Actinídeos: Elementos com uma camada eletônica a mais que os Elementos de Corrosa, acabam ocupando muito espaço se forem colocados no meio da tabela, por isso são colocados mais embaixo (Ui!!!) no esquema.
Melhor forma de consultar os elementos, pelo tato
  • Metais do bloco p: Grupo químico que, embora sejam metais, tem uma pontinha de inveja dos ametais. Gostariam de estar no lugar do outro grupo, o que os faz se aproximarem (sem sucesso) da barreira dos semimetais.
  • Semimetais: São os chamados metais-vira-casaca pois às vezes se comportam como metais e às vezes como ametais. É um grupo formado pelos elementos B, Si, Ge, As, Sb, Te e Po.

Cquote1.png Bom Sinal Gente Assistir Sbt Pouco. Cquote2.png
Professor de Química sobre como decorar os semimetais

  • Ametais: Os elementos machos da tabela. Quase nunca dão, e geralmente recebem elétrons dos outros elementos (metais). O exemplo de machesa máxima é o elemento F. (Exceções: elementos Cl, N e I).
  • Elementos Nobres: É a zelite da tabela periódica. São estáveis finaceiramente quimicamente, o que faz com que os mesmos não se misturem e quase nunca se liguem a nenhum outro elemento. O elemento mais reativo desse grupo é o elemento Xe.

[editar] A tabela

Vai a seguir a Tabela Periódica moderna, segundo a denominação da IUPAC (OBS: todos os elementos que possuem um asterisco ao lado do símbolo são radioativos):

Grupo 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
Período
1 1
H

2
He
2 3
Li
4
Be

5
B
6
C
7
N
8
O
9
F
10
Ne
3 11
Na
12
Mg

13
Al
14
Si
15
P
16
S
17
Cl
18
Ar
4 19
K
20
Ca
21
Sc
22
Ti
23
V
24
Cr
25
Mn
26
Fe
27
Co
28
Ni
29
Cu
30
Zn
31
Ga
32
Ge
33
As
34
Se
35
Br
36
Kr
5 37
Rb
38
Sr
39
Y
40
Zr
41
Nb
42
Mo
43
Tc*
44
Ru
45
Rh
46
Pd
47
Ag
48
Cd
49
In
50
Sn
51
Sb
52
Te
53
I
54
Xe
6 55
Cs
56
Ba
*
72
Hf
73
Ta
74
W
75
Re
76
Os
77
Ir
78
Pt
79
Au
80
Hg
81
Tl
82
Pb
83
Bi
84
Po*
85
At*
86
Rn*
7 87
Fr*
88
Ra*
**
104
Rf*
105
Db*
106
Sg*
107
Bh*
108
Hs*
109
Mt*
110
Ds*
111
Rg*
112
Cn*
113
Uut*
114
Fl*
115
Uup*
116
Lv*
117
Uus*
118
Uuo*

* Lantanídeos 57
La
58
Ce
59
Pr
60
Nd
61
Pm*
62
Sm
63
Eu
64
Gd
65
Tb
66
Dy
67
Ho
68
Er
69
Tm
70
Yb
71
Lu
** Actinídeos 89
Ac
90
Th
91
Pa
92
U
93
Np*
94
Pu*
95
Am*
96
Cm*
97
Bk*
98
Cf*
99
Es*
100
Fm*
101
Md*
102
No*
103
Lr*


(As não tão grandes) Séries químicas da tabela periódica:
Metais alcalinos2 Metais alcalino-terrosos2 Lantanídeos1, 2 Actinídeos1, 2 Metais de transição externa2
Metais do bloco p Metais vira-casaca (semimetais) não ametais Halogênios3 Peidos Gases Nobres3

Cquote1.png Ei, aquela tabela periódica acima é totalmente falsa! Cquote2.png
Nerd chato sobre comparar as tabelas periódicas
Bom, para ver a verdadeira tabela periódica, clique por aqui, ou vai até a parte final deste artigo para ver a tabela seu noob.

[editar] Ver também

A (não tão) grande série das Famílias Químicas
v d e h
Metais alcalinos (1) - Metais alcalino-terrosos (2) - Metais de transição externa (3 a 12) - Metais de transição interna (Lantanídeos e Actinídeos) -
Família do boro (13) - Família do carbono (14) - Família do nitrogênio (15) - Calcogênios (16) - Halogênios (17) - Gases nobres (18)
Teoria (enchimento de linguiça)
Diagrama de Pauling - Regra de Hund - Orbital atômico - Teoria do Octeto - Ligação química - Tabela periódica
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas