Tabira

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Tabocas City Cquote2.png
Google sobre Tabira
Cquote1.png Você traiu o movimento do Sertão do Alto do Pajeú, véio! Cquote2.png
Dado Dolabella
Cquote1.png É um lugar muito bom para se viver Cquote2.png
Idiota sobre Tabira
Cquote1.png Fuma um, dois e três Cquote2.png
Maconheiros sobre Tabira
Cquote1.png Eu vou fumar um lá Cquote2.png
Bob Marley sobre Tabira
Cquote1.png Dependem de brotas Cquote2.png
Afogadense sobre Tabira
Cquote1.png Eu sempre vou dá o forevis no carnaval de lá Cquote2.png
Egipciense sobre Tabira
Cquote1.png Bem vindo a Tabira, passe seu celular e não olhe para trás Cquote2.png
Guia turístico recebendo os visitantes
Cquote1.png Tomei no cu!!! Cquote2.png
Criança normal ao saber que irá com seus pais para Tabira

Tabira é mais uma cidade do interior do Reino de Pernambuco e que por sorte não faz parte da Paraíba, embora na prática se pareça mais com este estado mais subdesenvolvido do norte.

História[editar]

Panorama de um pequeno resumo de Tabira: Casas inacabadas sem reboco, ruas esburacadas, gente feia e mal vestida, veículos do século passado, muitas motos, gambiarras, já deu para entender.

Habitou por esta região em tempos remotos uma tribo de indígenas aleatórios e que tinham como chefe o grande guerreiro "Tabira", o cara puxava uns Back ta ligado doido? No local da mesma surgiu em 1865 uma fazenda de propriedade do senhor Gonçalo Gomes, o primeiro traficante do Brasil, este por sua iniciativa criou um baile funk para os seus habitantes, surgindo assim uma pequena povoação inicialmente denominada de "Madeira" devido ao fato de que lá haviam muitos pezinhos de cannabis sativa. Depois a galera passou a chamar o vilarejo de "Toco de Gonçalo Gomes" em virtude de haver no meio do baile funk um pequeno toco onde os traficantes faziam suas vendas públicas de cocaína, maconha e crack. Este mesmo senhor doou ao patrimônio da boate e dos bares da avenida parte da sua propriedade e em sua homenagem a praça principal exibe o seu nome.

Hoje Tabira tem muitos traficantes, ladrões, garotas de programa (se você tiver carro ou moto ela faz de graça é só você deixar ela entrar, daí a origem do apelido de Tabira "A terra das putarias") e baitolas (esses são poucos mais cada um vale por 30)... Mesmo assim Tabira é conhecida como favela do Alemão.

Geografia[editar]

Tabira é a principal porta de entrada para as invasões dos cabeções paraibanos, e a principal saída pra ver a maior parada gay do Brasil em Afogados da Ingazeira (muito cuidado).

Localiza-se entre as cidades de São Zé (terra onde as almas, animais e até postes são poetas), Xanta Terexinha (95% da população são mundiça), Solidão (bando de infelizes), Ingazeira ( uma ilha de poetas e punheteiros) e Afogados da Ingazeira (uma terra sem cultura alguma).

Economia[editar]

A cidade tem como principais motores econômicos as práticas de tráfico de drogas, prostituição paga, prostituição com financiamento pela Caixa Econômica e prostituição grátis sustentada pela Bolsa Família. Os principais produtos são portanto maconha, putas, cocaína, putas, crack e putas.

Educação[editar]

A cidade conta com 4 escolas que abrangem toda a região, sendo todas verdadeiros centros de formação para playboys e patricinhas lizos que ifnestam a cidade, além de serem pobres lascados são falsos. Nenhuma diretora manda nas escolas, são todas comandadas pelos alunos, já formados em serem marginais desrespeitosos, folgados e mimados. O pobre do pai trabalha 20 horas por dia para o filho estudar néxta pôikêra de escolas.

Não há nenhum colégio de fachada, já que por fora todos já parecem uma favela mesmo e por dentro são uma favela.

Culinária[editar]

  • Caldo de batata
  • Angu com preá
  • Buchada de miúdo de galeto
  • Espetinho de briba
  • Picolé de bode
  • Cana com pardal
  • Coxinha envenenada
  • Pitú
  • 51

Esportes[editar]

Os principais esportes praticados em Tabira são arrastão no carnaval, baculejo em malandro, e observar quem faz mais besteiras no carnaval (beber até cair, mentir pra esposa/noiva/namorada, quebrar nos patrimônios públicos, mijar nos patrimônios públicos, trocar de roupas com os amigos para não manjar, etc.).

Lazer[editar]

Tabira, também conhecido como Tabocas, é o canto mais doido do universo. Adolescentes cheiram maconha e fumam cocaína fumam maconha e cheiram cocaína ao mesmo tempo em praça pública, esta bastante aconchegante desde que você tenha feito um estágio na Favela da Rocinha ou a do Alemão.

Turismo[editar]

Em Tabira há o turismo, apesar de tudo. Os visitantes podem apreciar um passeio de jegue nos matos da Borborema, ou assistir corrida de jumento no Brejinho.