Tales of Legendia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Tales of Legendia se trata de um jogo virtual (game)
Enquanto você lê, o seu irmão joga Tetris.


Tales of Legendia
ToLbox.jpg
Pela capa, ninguém comprou
Desenvolvedor Manco
Ano 2005
Gênero RPG
Plataformas PlayStation 2
Avaliação
(Dr. Roberto)
50%
Idade para jogar Livre

Cquote1.png Prefiro Tales of the Abyss! Esse é o pior Tales of que já joguei! Cquote2.png
Qualquer fã de Tales of sobre Tales of Legendia

Cquote1.png He interrupted my eres Cquote2.png
Will Raynard sobre ficar bem na frente do inimigo e tentar, estupidamente, invocar uma magia

Cquote1.png I can't get through! Cquote2.png
você jogando com a Chloe e levando uma encoxada dos monstros ao invés de atacá-los

Tales of Legendia é um dos milhões de jogos de RPG para o PlayStation 2 que ninguém jogou porque os únicos fãs desse estilo de jogo estavam ocupados demais zerando Final Fantasy X e Persona 3. Tales of Legendia é o milésimo jogo de RPG da Namco da série Tales of.

Tabela de conteúdo

[editar] História

O protagonista Senel Coolidge e sua irmã mais nova Shirley vagavam pelo oceano depois que perderam o caminho para Vanuatu e acabaram indo parar em Legacy, um navio gigante cheio de cidades, vilarejos e cavernas, ou seja, uma ilha, é só imagina-lá embutida em um navio gigante. Presos nessa "ilha", Senel e Shirley reuniram uma turminha do barulho e começaram a se meter em aventuras da pesada com bastante confusão que até Deus duvida.

Senel e sua irmã são acolhidos por Will Smith Raynard, um tio feliz que queria fazer um churrasco.

Aí então, um membro do Talibã aparece de tapete voador querendo matar Shirley por não usar burca em público. Senel e o cara do Talibã caem no fight, mas a briga é interrompida quando Moses, representante da Revista Playboy, rapta Shirley para ser a nova capa da Playboy. Shirley é raptada, salva, raptada, salva, raptada, salva...

O restante da história... não me pergunte, eu não tive a paciência de terminar esse jogo, nem ninguém.

[editar] Jogabilidade

Uma típica batalha em Tales of Legendia onde você não vê nada além de purpurina e explosões.

O jogo segue a tradicional linha dos jogos da série. Muitos diálogos que ninguém tem paciência de ler, cidades e calabouços repletos de monstros chatos e repetitivos combatidos através do sistema de Linear Motion Battle System, sistema 2D onde você se mata pra tentar vencer alguém enquanto seus 3 companheiros ficam fazendo idiotices aleatórias pelo cenário.

A exclusividade de Tales of Legendia é a Barra de Climax, que mede o prazer sexual em batalha dos personagens, quando a barra atinge seu máximo, você pode usar o especial, e todos personagens soltam um orgasmo matando instantaneamente todos os inimigos na tela, incluindo chefões.

[editar] Personagens

[editar] Jogáveis

  • Senel Coolidge - Filho de Calvin Coolidge, dedica sua vida a resgatar sua irmã que é diariamente sequestrada. Sua personalidade antissocial é reflexo de suas frustrações amorosas e sexuais, além do fato que todo mundo fica passando a mão em sua irmã, enquanto ele não pode passar da vontade. Ao contrário de todos os outros protagonistas, se recusa a usar espadas e vai pro pau no braço mesmo no melhor estilo cyber-punk que seu visual com cabelos espetados brancos demonstram. Mata monstros, mulheres, crianças, ninjas e piratas com suas técnicas de Krav Maga.
  • Will Raynard - Tiozão do churrasco do grupo, tenta ser o único sensato, mas em batalha usa um puta martelo que ele pegou emprestado com o Sledgehammer, vilão em Clock Tower 3. É também viciado em ficar observando animais e colecionando fósseis, tanto é que no quarto dele tem um Tiranossauro Rex enorme pendurado no teto. Além disso, ele tem uma filha, uma guria fresca que mora sozinha não-sei-onde e só serve pra encher o saco.
Chloe, considerada uma das personagens mais carismáticas da série Tales of.
  • Chloe Valens - Guria que apesar de querer se vestir como homem, usa uma roupa colada na bunda e aparentemente não usa nada por debaixo da vestimenta, despertando sonhos eróticos nos fãs mais assanhados. Brigona, é a mais macho do grupo, no desenrolar da história demonstra ter uma queda por Senel, amor que não foi correspondido e o caso acaba numa das cenas mais tocantes do jogo onde Chloe e Senel lutam, e depois de você dar mais de 8000 Game Over apanhando pra mulher. Entretanto,ela morre de medo de enchentes, lagos, rios, mares e etc., já que ela não sabe nadar. Em combate usa sua espada apelona, é praticamente obrigatório ela estar na equipe contra qualquer chefe.
  • Norma Beatty - Guria extremamente retardada, é a jailbait do time. Se diz uma caçadora de tesouros mas é só uma guria complexada que sofreu abusos na infância e por sentir um vazio na vida, resolveu sair mundo afora procurando por jóias e outras porcarias que só mulher fútil gosta. Péssima em combate (também,tentando machucar os inimigos soltando bolhinhas de sabão...), só serve mesmo para colocar apelidos em todo mundo, até para quem a deseja matar.
Realmente, o Senel não bate bem das ideias pra preferir a Shirley...
  • Moses Sandor - Um canibal aborígene que conversa com os animais. Por ser maluco, faz par com Norma, a qual ele vive a chamando de bubbles. Gosta de fazer a Dança da Chuva quando ganha as batalhas, e tem uma uma cambada de idiotas ao seu dispor.
  • Jay - Integrante renegado do Cirque du Soleil, e traveco-punk de plantão. Gosta muito dos Oresoren (criaturinhas kawaii que não podem faltar em um jogo da série Tales of), e se acha um ninja-espião-acrobata fodônico, embora seja péssimo em combate. Só é jogável lá pelo capítulo 4, e vem com apenas duas míseras skills.
  • Grune - É uma mulher gostosa que sofre de amnésia, e age que nem uma retardada mental 99,9% do tempo.Acontece que, antes de ela ter sido encontrada por Senel e cia. no jogo, ela foi drogada e abusada por um grupo de bandidos. A quantidade de drogas que ela recebeu foi tão grande que causou danos irreversíveis ao cérebro.Só é jogável no último capítulo, e ainda por cima, ela ataca com um pote.

[editar] Não-jogáveis

[editar] Aliados

  • Shirley Fennes - Guria besta que tem como principal hobbie ser raptada. Dá mole para praticamente todo mundo no jogo. Todos a pegam para levar a seus cafofos. Shirley é raptada até enquanto estava raptada.
  • Stella - Irmã de Shirley, só aparece pra depois descobrirem que, na verdade, ela tomava controle do Legacy. Depois, morre de forma patética.
  • Fenimore - Parecida com a Stella, embora não sejam irmãs, Fenimore é outra que só parece pra encher linguiça.
  • Walter - um loirinho meio emo que é grosso e chato com todo mundo, mas que no fundo, tem um bom coração. Às vezes dá uma louca nele, e invoca umas asas de morcego 666 from hell nas costas, pra fingir que é um vampiro, e economizar tempo pra ir aos lugares.
  • Curtis - um cara tosco que se veste que nem um cowboy boiola, com sua parceira Isabella e mais umas capangas mais toscas ainda, eles formam o grupo "Bounty Bouncers".
  • Mimi - um dos alívios cômicos do jogo, Mimi é uma cozinheira que se disfarça de objetos idiotas, e ao jogador tocá-los, ela sai do disfarce, rola um diálogo retardado e ela dá o fora sempre tropeçando e deixando uma receita de bolo,pudim ou sejá lá o que for.

[editar] Vilões

  • Vaclav - o arqui-inimigo do jogo, é o típico cara que quer dominar o mundo, tem uma dublagem forçada e solta risadas histéricas toda vez que fala de algum plano maligno.
  • Melanie - uma treinadora pokémon que foi obrigada a sair da série de desenho e virou uma vilã ao parar nesse jogo.
  • Cashel - um ninja que paga pau pro Kakashi, mas até o Jay se disfarça melhor do que ele.
  • Stingle - Um cara mascarado que ferrou com a vida da Chloe, e agora ela quer vingança (mais clichê...)! É um dos chefes mais apelões do jogo.


 
v d e h
v d e h

Tales of
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas