Taquaraçu de Minas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Taquaraçu de Minas é uma fazenda que fica em Minas Gerais e que é considerada pelo governo de Minas como uma cidade e município que fica na região metropolitana de Belzonti. A rua principal é o único lugar em que algum carro já circulou pela cidade e os 3000 habitantes são números inventados com um pouco de propina paga para o IBGE.

Surgimento[editar]

O surgimento da cidade se deve a de uma fazenda criada em 1700 que teria como função apenas fazer os escravos rolarem pedras até o alto de montanhas e depois fazer com que as pedras rolassem as montanhas para que fossem reerguidas para o topo das montanhas. Se tinha alguma utilidade esse sobe e desce (ui!) todo, ninguém sabe, mas o fazendeiro tinha problemas mentais e pouco ligava para isso.

Então sua propriedade foi consideravelmente expandida quando ele liberou os escravos e os mesmos ficaram na propriedade, formando uma pequena vila de trabalhadores. Claro, o prefeito era o mineiro fazendeiro que ficava coçando o saco o dia todo.

Emancipação[editar]

A única foto tirada de Taquaraçu de Minas. A foto seria usada como uma denúncia da ponte mal feita de lá.

A fazenda foi considerada em 1900 e Guaraná com rolha como um município de Minas Gerais, sendo que o prefeito seria uma galinha que eles acharam na rua que estava habilitada a ocupar o cargo.

A cidade tem tamanho de fazenda, cheiro de fazenda, produz como uma fazenda, mas não é uma fazenda. Só tem 50 pessoas morando lá e os habitantes da cidade só não revelam esse fato por não quererem passar vergonha por morarem no menor município do Brasil.

Turismo[editar]

Dentre ruas e mais ruas amontoadas em morros, a cidade em si parece uma favela comportada. O rio que corta a cidade (se é que dá para chamar de rio) é usada como praia pelos turistas. bem, considerando que os mineiros nunca viram como é uma praia, qualquer coisa que seja suja como tal já pode proporcionar a "experiência".