Tasmânia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Tasmânia é uma bela e selvagem ilha na fronteira entre a Austrália e a Antártida. Conhecida como "O Alabama Australiano" devido à sua natureza selvagem, ou "A Grã-Bretanha lá da Puta-que-Pariu" devido a seu clima similar ao do Reino Unido, mas a distância absurda da civilização.

Tabela de conteúdo

[editar] História

Imperador da Tasmânia.

Durante a antiguidade, a Tasmânia foi governada durante milênios por uma sábia raça de tartarugas ninjas, onde se destacou o Reinado de Mestre Splinter. Aos poucos, foram caindo dos céus os conhecidos aborígenes, espécies de africanos canibais criminosos que eram catapultados lá de suas tribos na África devido a crimes contra a sociedade, e aquele povo acabava por ali na Austrália, alguns na Tasmânia.

Os aborígenes da Tasmânia desenvolveram uma série de construções e casas nas copas das árvores, como podemos ver na série Donkey Kong. Esse império durou séculos, até a chegada dos europeus.

O cozinheiro e desempregado James Cook é o primeiro famoso a chegar na Tasmânia atrás de ervas para suas receitas, mas quase é devorado pelos aborígenes da ilha. Aos poucos, os europeus vão dominando o litoral da Tasmânia.

No século XVII o Reino Unido inclui a Tasmânia na Commonwealth, mal sabiam eles o erro que estavam cometendo...

O Reino Unido usou a Tasmânia para exilar da civilização os piores assassinos, ladrões, mendigos, vagabundos, pedófilos, emos e estupradores condenados. Dessa raça, misturada à aborígenes canibais e outras coisas não-humanas, surgiram o que se conhece hoje como "tasmânios".

Obviamente a história moderna da ilha é marcada por massacres, genocídios e intolerâncias, não se podia esperar menos daquele povo psicótico que vive no meio do mato sendo diariamente atacado por criaturas fantásticas.

Recentemente a Tasmânia deu um grande passo rumo a tão sonhada independência da ilha, ao entrar para a Monarquia da Dinamarca, quando o príncipe dinamarquês Frederico se casou com a rainha da Tasmânia, Xena.

[editar] Geografia

A Tasmânia está localizada no norte da Austrália e ao sul da Antártida. Não há escapatória, só há passagens de ida para um lugar desses.

Considerado o único estado australiano separado por água dos demais. O povo de Victoria agradece a Deus.

[editar] Áreas Selvagens da Tasmânia

O Diabo da Tasmânia o principal espécime da ilha.

As áreas selvagens da Tasmânia (ou seja, a ilha inteira) é considerada pela UNESCO um patrimônio mundial por ser o lar de raras espécies de aliens, tartarugas ninjas, ursinhos carinhosos, smurfs e outras criaturas do universo Tibia.

Sabe-se também que todos hippies e ativistas do Greenpeace do mundo estão geneticamente ligados a alguma espécie animal da Tasmânia.

Todavia, o animal mais famoso é o Diabo da Tasmânia, uma espécie de gambá misturado com cachorro e ratazana demoníaca.

[editar] Política

O atual líder político da Tasmânia é o Pernalonga. O governo australiano planeja vender a Tasmânia para Iraque, Sudão ou Nova Zelândia, nenhuma outra nação demonstrou interesse por essas terras.

[editar] Cultura

A Tasmânia é um dos poucos lugares no mundo onde o sexo com primas é incentivado. Tirando isso, fugir de canibais também pode ser considerado uma forma de ação cultural.


Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas