Beretta 92

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Taurus PT-92)
Ir para: navegação, pesquisa
Mg42trpodstrtm3.jpg Beretta 92 é uma arma criada com o intuito de matar (ou não)

Uma arma para cada ocasião...

HK G36.png
Cquote1.png Você quis dizer: Barata 92 Cquote2.png
Google sobre Beretta 92

Cquote1.png Patrocinadora Oficial Cquote2.png
Beretta 92 sobre guerra urbana

Cquote1.png Desgraçado! Cquote2.png
descendente de sicilianos sobre este tópico

Cquote1.png Pegue essa arma! Cquote2.png
IRA sobre Beretta 92

Beretta 92F (92SB-F) AAAA D Steel I Machintoch 225WDGT.

Beretta 92 é um artefato desenvolvido pela bem sucedida Fabbrica d'Armi Mafia Italiana Pietro Beretta. Ela pode ser chamada de Arma ou Aquela Pistola, desenvolvida em 1972 para abastecer o grande número de capangas de Corleone. Atualmente, a Beretta 92 é encontrada em todos os lares tipicamente sicilianos, mostrando-se como um sinônimo de versatilidade e eficiência. Em Palermo, capital siciliana, pode-se adquirir uma a apenas US$1, mais barato do que um sorvete expresso.

Fabricação Genérica[editar]

Sem conseguir a quebra de patente para o coquetel da AIDS, o então Ministro da Saúde José "Chupacabra" Serra procurou alternativas para controlar a doença no Brasil, na época alguém do exército sugeriu que havia um "remédio" legal fabricado na Itália, apesar de estranhar a ajuda da fábrica de armas Taurus, Serra e o Exército conseguiram quebrar a patente da Beretta - mas para sorte dos aidéticos, os remédios também tiveram a patente quebrada. Nessa situação, o exército e sua fábrica a IMBEL, já estavam fazendo as M1911 genéricas, e por isso a patente quebrada foi passada para a Forjas Taurus S. A. que agora também fabrica a Beretta 92F com o nome de PT-92 e é uma das pistolas padrão do exército brasileiro onde recebe o nome M975.

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Que a M9 pistol do Exército Americano é a própria Beretta 92F?

Breve histórico[editar]

O armamento foi desenvolvido pelos irmãos Metraglia Carlo Beretta, Giuseppe Mazzetti e Vittorio Valle, três matadores de primeira linha e seguidores de Mussolini, em conjunto com Indiana Jones, Rambo e Clint Eastwood.

Tal nome foi escolhido em alusão ao baixo custo do armamento, pois barata em italiano é beretta, como seus desenvolvedores julgaram que aquele armamento seria sinônimo de podridão (ie, popular). Com o tempo foram surgindo várias versões customizadas até ao ponto que hoje não existem mais Berettas 92 puras, mas sempre Beretta 92 SLF2342512 (WWB5) ou Beretta 92,5 HYM/ 5X5=25 ou Beretta 92 ROOOOX!!.

Popularização[editar]

Perdeu! Perdeu!
GLOCK, a predileta dos marginais.

A Beretta 92 em função de sua versatilidade, discrição e pelo fato de que, se um tiro de 12 milímetros acertar alguém irá fazer o mesmo efeito esperado por qualquer outro armamento, além de seu preço ser absurdamente baixo.

É o armamento oficial em competições oficiais de tiro ao alvo, da mesma maneira que é o armamento oficial de policiais, capangas e vilões.

A Beretta é altamente popular no ocidente, principalmente nos Estados Unidos. 99% das pessoas sabem identificar uma, e, evidentemente, manuseá-la. Os vários filmes de Hollywood popularizaram-na ainda mais, pois uma das regras para a confecção dos filmes de ação americanos é que eles contenham Berettas, a fim de reduzir os orçamentos.

Design[editar]

O design da Beretta é bem agradável ao usuário, visto que a mesma possui um cabo, um gatilho, um cano, ou seja, sem frescura nenhuma. Ela é uma arma pesada, o que exige certo cuidado no manuseio, para não haver perigo de decepar seu dedo na hora de destravá-la ou, principalmente, a devida atenção para que o tiro não saia pela culatra.

Não há uma determinação rígida quanto ao material de fabricação da pistola. Basicamente, a mesma deve atender às necessidades do usuário, podendo ser composta por plástico, papelão, ferro, massinha de modelar, palitinhos de picolé, peçinhas de LEGO, entro outros, resguardando-se a total dimensão democrática da utilização da Beretta.

Variações[editar]

O fabricante disponibiliza ao público desde Berettas rosas, a Berettas de plástico e Berettas de brinquedo (essas consideradas as mais populares, mais vendidas e presença marcante na fronteira do Paraguai, identificável por um decalque escrito Made in China), como já havia sido citado anteriormente.

As Berettas se dividem em modelos e calibres, também não classificadas e existem diversas opções que podem ser acopladas ao armamento.

Modelos[editar]

Manual de como construir a própria Beretta.

Os inúmeros formatos da arma compõem uma cadeia de evolução tal qual os pokémons:

  • Beretta 92 - Modelo tradicional, ele dispara um projétil balístico que caso acerte seu coração te mata.
  • Beretta 92S - Modelo tradicional, ele dispara um projétil balístico que caso acerte seu coração te mata.
  • Beretta 92SB - Modelo tradicional, ele dispara um projétil balístico que caso acerte seu coração te mata.
  • Beretta (92S-1) - Modelo tradicional, ele dispara um projétil balístico que caso acerte seu coração te mata.
  • Beretta Etc. - Etc.

Ou seja, seja qual for a sua disponibilidade monetária, a Beretta conseguirá cumprir o seu objetivo satisfatoriamente, (ou não).

Calibres[editar]

Basicamente 3 calibres são comportados pelas Berettas:

  • 92 - Calibre tradicional 9x19mm, não consegue atravessar coletes a prova de bala, mas se acertar a mão de alguém vai fazer doer.
  • 96 - Versão limitada das versões fabricadas em 1996 de .40 S&W.
  • 98 - Calibre ilegal 9x21mm IMI inventado (para variar) em Israel, seu uso foi considerado covardia e esse calibre é usado por apelões e pessoas sem esportiva.

Classificação[editar]

As Berettas são classificadas em 3 níveis, estabelecidos de acordo com o grau de habilidade do usuário, que pode ser: amador, guardinha, capanga ou profissional:

  • F - Uma espécie de versão standart. É aquele tipo de pistola que qualquer um tem e sendo inclusive esta que se encontra na gaveta secreta do seu pai. As Berettas de tipo F são totalmente seguras e qualquer idiota pode manuseá-la.
  • G - Desenvolvida especialmente para os militares franceses, que sempre gostam de ser diferentes de tudo. É pior que a versão F e D, pois não é segura como a F e não é tão apelona como a D.
  • D - Qualquer um consegue destravá-la, e, em seguida, conseguir 5.000 pontos na dificuldade hard.

Opções de Berettas[editar]

Beretta Wii Version. Mortal.

Ainda há uma série de variações quanto ao tamanho, cor e funcionalidades extras, as quais:

  • Vertec - Vertical. É um cabo maior para usuários que possuem mão grande, mão de vaca e dedo duro.
  • Brigadier - Dupla válvula de escape para as cápsulas dos disparos e permite que a Beretta seja usada igual a uma metralhadora. O usuário precisa estar em modo de munição infinita, do contrário a Brigadier não é uma boa opção.
  • Elite I - As Berettas que aparecem em Tropa de Elite I.
  • Elite 1A - Possui mais de oito mil operacionalidades, ou seja, trata-se de uma versão canivete suíço das Berettas.
  • Elite II - Tropa de Elite II.
  • Inox - Opção lançada pela Tramontina Beretta Factory, para tornar a Beretta à prova de água e lavável na máquina de lavar louça.
  • Compact L - Opção de cano curto para conceder à Beretta uma imprecisão incrível. Usada por atiradores que gostam de posar de bons.
  • Compact Type M - Similar à Compact L, mas essa opção não tem cano, não tem gatilho e nem mira.
  • Centurion - Opção de cano curto acoplada com scope, mira laser e um manual de instruções em cento e quinze idiomas.
  • CB - Versão mais simples da Beretta. Possui apenas o gatilho e as balas.
  • Stock - Beretta acoplhada com um botão de audo-destruição.
  • Combat - Um trambolho pesado usado para passar a falsa impressão de alto calibre que a Beretta possa ter.
  • Billennium - versão limitada comemorativa de 2000 anos em que a humanidade não se matou desde o nascimento de Jesus.
  • Steel I - Opção totalmente em aço da Beretta. Usada apenas para diferenciar a cor em prata das tradicionais Berettas pretas.

Capacidade[editar]

As Berettas são famosas por possuir capacidade de infinitas balas. Essa característica faz dela o armamento preferido de heróis a vilões, que podem então disparar tiros para onde quiserem, indiscriminadamente, sem se preocupar nem um pouco com a munição. Ou seja, nota-se a sua ampla aplicação nas ruas do Rio de Janeiro.

Usuários[editar]

  • Qualquer personagem de Resident Evil.
  • Revy (Black Lagoon)
  • Todo e qualquer personagem de jogo de tiro de videogame.
  • Clientes de tiro ao alvo de circo.
  • Vilões.
  • Mocinhos.
  • Seu pai.
  • Você.
  • Todos os policiais e militares do mundo.
  • Todo protagonista de filmes de ação.
  • Todo e qualquer sentinela.