Tayuya

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.


1133064800.jpg Tayuya se trata de uma mulher malvada.

Ela já enganou todo o mundo, mas provavelmente vai se arrepender de tudo o que fez e terminar com os miguxos.


Halibel Espada.png Este artigo se trata de uma Hentai Girl

Ela é gostosa, mas nón ecziste. Ela participa de algum desenho, jogo ou quadrinhos e tem orgasmos infinitos.

Tayuya Gonçalves

Tayu.jpeg

Classificação Ninja Chunnin
Ninja
Origem Inferno
Afiliações Quarteto do Som (mas na verdade eram cinco)
Parceiros Jiroubou, Kidoumaru, Sakon, Ukon e Kimimaro
Técnicas Invocar gigôlos no jutsu
Perfil
Família Dercy Gonçalves (avó)
Sonho Xingar e dar o que tem de melhor
Frase Favorita "Hunf...Seu rato de merda."



Cquote1.png Ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha Cquote2.png
Temari sobre Tayuya
Cquote1.png Boca sujam! Sem vergonham! Sem vergonham! Cquote2.png
Silvio Santos sobre Tayuya
Cquote1.png Ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha Cquote2.png
Temari sobre Tayuya
Cquote1.png E por quê que você acha que ela é minha filha, caralho? Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre Tayuya
Cquote1.png Ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha Cquote2.png
Temari sobre Tayuya
Cquote1.png Porra, meu, quer parar de rir? Cquote2.png
Tayuya sobre risadas de Temari
Cquote1.png Morto não fala.... ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha Cquote2.png
Temari sobre comentário acima
Cquote1.png Ah, já saquei. Isso ainda é dor-de-cotovelo porque a Matsuri me pegou, mas não quis saber de ti, né? Cquote2.png
Tayuya sobre comentário acima
Cquote1.png ... Cquote2.png
Temari sobre comentário acima
Cquote1.png Pára com isso, vai. Cquote2.png
Jiroubou sobre os palavrões de Tayuya
Cquote1.png ...(o que ela tem, que a Matsuri quis traçar, que eu não tenho?) Cquote2.png
Temari sobre Tayuya
Cquote1.png Nem eu falo tanto palavrão assim, porra! Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre os palavrões de Tayuya
Cquote1.png É gostosa. Mas é uma fracassada. Cquote2.png
Neji sobre Tayuya
Cquote1.png Vai te fuder. Cquote2.png
Tayuya sobre sacangem do Neji
Cquote1.png Sou Emo mas não sou baitola. Já comi... humph, idiota. Cquote2.png
Sasuke Uchiha sobre Tayuya
Cquote1.png Mas quem tu acha que tá enganando? Todo mundo já sabe que você é gay! Sai do armário, enrustida! Foi ela que te comeu usando um dildo! Cquote2.png
Itachi Uchiha sobre comentário acima
Cquote1.png Mentira itachi fui eu quem comi ela e na verdade eu posso ser considerado EMO mas num sou idiota e deixe de me rebaixar que eu num sou nada de brinquedo também não.. Cquote2.png
Sasuke Uchiha sobre sobre comentario acima
Cquote1.png Ta querendo enganar quem, aprendiz de cobrinha emo?!!! Cquote2.png
Você sobre mentira acima
Cquote1.png Comi depois da cirurgia plástica para aumentar os milimetros no meu pinto. Cquote2.png
Naruto Uzumaki sobre Tayuya
Cquote1.png Fuga! fuga , fuga. Cquote2.png
Flander sobre tayuya
Cquote1.png Mestre! Cquote2.png
Tayuya sobre Sorento de Sirene

Tayuyaspri.gif

Tayuya é uma personagem do anime Naruto, e única kunoichi (Ninja Puta) do grupo conhecido como Quarteto do som (que apesar do nome, tem seis membros), e a mais boca suja do anime.

História (segundo o anime)[editar]

Acreditem ou não, tem cara que olha essa mina e acha que ela é um homem. Bando de boiolas!

Desde criança, Tayuya era acostumada a falar o que não devia, e ficava por ai "xingando" os outros.(Pra você ter ideia a cada 5 palavras que ela falava 10 eram palavrões) Por causa disso, ela ficou excluída, já que seus amiguinhos tinham medo dela. Então como vingança, resolveu se tornar uma ninja e matar a mil seus amiguinhos. Ela foi em busca de Michael Jackson Orochimaru, que lhe ensinou a arte de dançar o moonwalk e o lean ser uma boa ninja. Ela usa uma flauta como arma que produz LSD Genjutsus (uma espécie de jutsu que deixa os inimigos doidões). Juntou-se ao Quarteto do Som e se acha a tal do grupo. Junto com o Quarteto do Som, ela vai em busca de Sasuke para levá-lo até Orochiland. Quase matou Shikamaru quando ele estava dormindo, mas antes de dar o golpe final, Temari chega e acaba com tudo enfiando o seu leque no cu orificio anal dela.

Mas a verdade não é bem essa. Como a história real é meio pesada, os produtores do anime decidiram amenizá-la bastante, para evitar problemas com a censura. Mas o que realmente aconteceu foi isso:

História (o que realmente aconteceu)[editar]

Tayuya é mais uma dos muitos filhos de Dercy Gonçalves que existem espalhados pelo mundo. Ninguém sabe ao certo quem é seu pai, pois Dercy não tem como lembrar (ela estava caindo de bêbada naquela noite em Konoha, a ponto de não saber onde estava ou o que fazia), mas fontes seguras afirmam que é Orochimaru, numa recaida de macheza que ele teve (ou por efeito do saquê, já que essas mesmas fontes dizem que ele estava tão bêbado quanto Dercy).

O que se sabe com certeza é que Dercy nunca quis saber dessa filha, porque ela não tinha ideia de como pegou essa gravidez; por isso, ela decidiu esconder isso. Permaneceu em Konoha durante a gestação, porque ninguém a conhecia por lá, num quarto alugado no bordel local, o Cafofo da Kurê. Escondeu a barriga dando a entender que estava engordando, e comia muito para sustentar essa ideia (o fato é que ela ficou bem gorda mesmo, e nunca mais conseguiu voltar ao que era antes). Fez o parto ela mesma, sozinha em seu quarto e, logo depois de dar à luz, largou o bebê na cama e sumiu na noite, para nunca mais pôr os pés em Konoha.

Não demorou muito para que a pequena criança abrisse o berreiro. A proprietária do cafofo, Yūhi Kurenai, foi logo ver o que estava acontecendo e, ao ver o bebê largado em cima da cama e todas as cômodas do quarto vazias, entendeu o que ocorrera. Pensou em livrar-se da criança, mas quando viu que tratava-se de uma menina, percebeu que ali encontrava-se uma potencial puta paga para seu bordel. Decidiu então tomá-la como sua discípula, dando-lhe o nome de Tayuya.

Infância e treinamento[editar]

Por ordem de sua mestra Kurenai, o treino de ninja e de puta deviam ficar separados. Mas, vez ou outra, Tayuya não aguentava a vontade de dar! (Não me perguntem quem é esse cara, porra! Não tenho como saber o nome de todo mundo com quem essa vaca trepou!)

Desde então, Tayuya foi treinada por Kurenai para ser uma boa ninja e uma boa puta. Por exemplo, ela nunca tomou mamadeira na vida; quando sentia fome, Kurenai chamava um de seus clientes e colocava o bebê para pagar um boquete ou chamava suas clientes e fazia Tayuya chupar os peitos delas. Suas brincadeiras de infância consistiam em correr através de bolas de espinhos balançando e sobre cordas bambas, lutar contra crianças do seu tamanho, menores e maiores do que ela, tocar uma punheta para clientes do cafofo e trepar com eles (mas só depois de entregar o dinheiro da trepada para Kurenai, conforme ela havia sido ensinada).

E, por estranho que possa parecer, ela gostava muito dessa vida. E não havia razão para ela não gostar, já que Kurenai sempre tratou-a muito bem (brincavam todas as noites no quarto da Kurenai, antes de irem dormir) e, por ser filha de quem é, herdou o gosto de dar a torto e a direito. Mas herdou de sua mãe biológica outra coisa; a boca suja. Xingava com e sem motivo qualquer coisa e a qualquer um, e mesmo em conversas amigáveis, falava um palavrão a cada cinco palavras que dizia. Mas o que deveria ser um problema revelou-se um trunfo.

Como surgiu o "Levantamento de Cobra"[editar]

Essa aí em cima foi a primeira felizarda vítima do Levantamento de Cobra. Alguém conseguiu reconhecê-la?

Certo dia, enquanto enfrentava (e xingava a não mais poder) uma garota numa das suas seções de treino, começou a tocar a flauta (ela adotou a flauta como arma porque os clientes gostavam de ouvi-la tocar, e também porque davam ótimos consolos) para usar um de seus Genjutsus hipnóticos. O que ela esperava era que a menina ficasse confusa e atacando a esmo, o que lhe permitiria atacá-la sem risco. Mas, em vez disso, a garota sorriu para ela e disse: "Nossa, você é tão gostosa. Você é gueisha, né? Quanto tá o programa?"

No começo, Tayuya pensou que seu Genjutsu havia falhado, e que sua rival estava tirando um sarro da sua cara. Porém, a menina colocou as mãos nos bolsos e tirou todo o dinheiro que tinha. E perguntou: "Isso dá?" E continuava sorrindo. Tayuya não respondeu nada; continuava em guarda. A garota, então, aproximou-se devagar, com as mãos estendidas, mostrando o dinheiro e sorrindo, e começou a acariciar Tayuya. Só então ela percebeu que a coisa era séria, e acariciou a garota também. A colada de velcro foi tão boa, que a garota tornou-se uma das clientes de Tayuya, e continua a freqüentar o cafofo até hoje.

Logo depois da transa, Tayuya perguntou o que houve. A menina disse que a música da flauta deu-lhe um tesão incontrolável por ela; a luta perdeu-lhe o sentido. Só o que a menina conseguia pensar era em dar uma trepadinha com ela. Isso deixou Tayuya muito cismada. Por que aquilo tinha acontecido? Era algum erro que ela havia cometido? Ou, pelo contrário, ela havia descoberto alguma coisa importante? Será que ela conseguiria fazer aquilo de novo?

E esse aí em cima foi a segunda vítima (acreditem ou não!), que, pela cara, acabou sendo estuprado!

No dia seguinte, enfrentando um garoto, Tayuya disparou-lhe vários palavrões e ofensas. O garoto, naturalmente, ficou furioso e atacava com mais violência. Então, ela usou o tal Genjutsu, da mesma forma que havia feito no dia anterior, mas dessa vez não usou a flauta. Quis ver se podia fazer aquilo somente por sua força de vontade. O resultado foi imediato; o menino parou de lutar, agarrou-a, arrancou suas roupas e as dela e meteu-lhe rola! Tayuya acabava de conquistar mais um cliente! O que mais espantou Tayuya foi ver a rapidez com que o garoto armou a barraca quando ela usou aquela técnica.

Com mais algumas sessões de treino, Tayuya percebeu que, primeiro, era preciso xingar e insultar os rivais, para perceber se são héteros ou não, pois o efeito era diferente em uns e outros. Porém, o efeito era sempre o mesmo em qualquer homem, macho ou não: todos ficavam imediatamente de pinto duro. Ela logo percebeu também como todos ficavam abobalhados e incapazes de agir, a não ser para transar, quando ela fazia aquele Genjutsu. Notou também que aquela técnica poderia ser muito útil em seu trabalho no cafofo, pois não haveria macho que ela não pudesse pegar com ela. Em honra a esse efeito nos paus, que ela tanto gosta, ela decidiu chamar essa técnica de Levantamento de Cobra.

A morte (por engano)[editar]

Desde então, tornou-se a melhor puta do cafofo. Evidentemente, manteve o Levantamento de Cobra em segredo, já que todas as suas colegas de profissão, incluindo Kurenai, iriam querer aprender a técnica, e aí ela perderia a vantagem.

E, assim, ela levou a vida muito feliz e satisfeita, com uma ampla fila de espera para uma transa com ela, até aquela noite fatídica em que Shikamaru Nara tinha enfim conseguido pegar o primeiro lugar. Porém, ele havia esquecido o dinheiro em casa. Pediu a Kurenai para transar fiado, e -é lógico- Kurenai recusou, mas, como Nara era um cliente muito bom, ela concordou em deixá-lo ir em casa pegar o dinheiro, que Tayuya ficaria esperando. Nenhum dos outros que aguardava sua vez gostou da ideia, mas Nara era muito querido de todos, então, todos acabaram concordando.

Tayuya no seu trabalho, na noite fatal. E tem nego que diz que ela é feia...

Chegando em casa, Nara procurou seu dinheiro em todos os cantos da casa: na sala, na cozinha, no banheiro, e, por último, no quarto. Enquanto olhava a cama, pensou em como ela era macia. Acariciou o colchão, as cobertas, o travesseiro... e caiu no sono.

Enquanto isso, no cafofo, o tempo passava. Meia hora...uma hora...duas horas... e nada do Nara voltar. Kurenai estava bastante irritada, assim como todos os outros que esperavam a vez com Tayuya. Mas ela não queria deixar um cliente bom pagador como Nara para trás. Pensou em ver o que tinha acontecido, mas ela mesma já tinha uma fila de espera bastante longa, assim como suas outras piranhas. Por isso, pediu a Tayuya que fosse até a casa dele, para ver o que havia acontecido. Afinal, Nara era o próximo cliente dela, e não atrapalharia o movimento no cafofo.

Mas, enquanto seguia para a casa de Nara, ela foi vista por Temari, que estava a toa na varanda de sua casa olhando o movimento na rua, e imediatamente desconfiou daquilo. O que Tayuya fazia na rua aquela hora? Ela não deveria estar trabalhando no cafofo? Cismada com essas dúvidas, e também porque é uma puta enxerida, ela decidiu seguir Tayuya, para ver o que ela pretendia.

Sem notar que era seguida, pois estava preocupada com os clientes que a aguardavam no cafofo, ela chegou na casa de Nara. Chamou por ele, mas não houve resposta. Ela decidiu então entrar e procurar por ele. Logo encontrou-o no quarto, a sono solto e babando no travesseiro. Tayuya percebeu que Nara estava de arma a postos enquanto dormia, e não pensou duas vezes: abaixando a calcinha, decidiu acordá-lo de uma maneira muito agradável. Mas, enquanto subia na cama para fazer o seu trabalho, Temari, chegando nesse instante, pensou que Tayuya ia matar Nara enquanto ele dormia, e, sem dar tempo para que ela se explicasse, enfiou-lhe o leque no cu e matou-a.

Tudo aconteceu em silêncio, de modo que Nara, naquele momento, não percebeu o ocorrido. Temari pegou o corpo de Tayuya e levou-o dali, sem ser notada. Levou-a até o cemitério de Konoha, jogou-a numa cova rasa que havia aberta e enterrou-a. E deu a história por encerrada, por aquela noite. No dia seguinte, contaria aos outros o que houve.

Mas, ao contrário do que todos pensavam, a história da Tayuya não terminou aqui...

O dia seguinte[editar]

Nem é preciso dizer que Kurenai ficou doida de preocupação com Tayuya, conforme o tempo passava. Afinal, sua melhor profissional havia saido e não voltava de jeito nenhum, os clientes que aguardavam a vez com ela acabaram todos desistindo e indo embora (Kurenai até tentou convencê-los a pegar outras piranhas, mas todas já tinham uma tremenda fila, e ninguém ia sair de lá antes do dia clarear) e, é claro, havia também a preocupação com sua discípula, amiga e amante (lembrem-se: as duas brincavam todas as noites no quarto da Kurenai). Portanto, não foi nenhuma surpresa para as outras quando a piranha-mestra partiu imediatamente à procura de Tayuya.

O primeiro lugar onde Kurenai parou foi a casa de Nara. Teve bastante trabalho para acordá-lo, já que quando ele cai no sono... nada acorda. Foi preciso jogá-lo no chuveiro e banhá-lo com água gelada para que ele despertasse. Ela perguntou-lhe se tinha visto Tayuya, e Nara, é claro, disse que não (lembrem-se: Temari acabou com Tayuya em silêncio, como se isso fizesse diferença para Nara; o cara dorme que parece morto!) Kurenai então explicou o que houve, e os dois saíram pela noite adentro e boa parte do dia procurando por Tayuya.

Na primeira noite que passou sem brincar com Tayuya, Kurenai não quis saber de nada: tomou todas e foi para a cama com um barril de saquê.

E, no cemitério, veio a bomba. O coveiro de Konoha já havia aberto a cova (parece que não ocorreu a Temari que os coveiros não saem abrindo sepulturas por diversão, mas só para enterrar alguém; se aquela cova estava aberta, é porque já havia alguém para ocupar aquela vaga) e descoberto o corpo de Tayuya. Ao saberem disso, Kurenai e Nara caem no choro (tava na cara, né?) e voltam ao cafofo para dar a triste notícia.

Enquanto isso, Temari havia se recolhido em sua casa e tinha ido dormir. Na manhã seguinte, ao acordar, partiu para o cafofo, para explicar o ocorrido na noite anterior a Kurenai. Decidiu falar com ela antes, porque Tayuya era sua discípula e funcionária, e ela devia estar preocupada. Não foi nenhuma surpresa para Temari saber que Kurenai não estava lá; mas ela engoliu em seco quando soube de toda a história.

Nesse momento, Temari sentiu o chão fugir-lhe aos pés. Que merda que ela tinha feito! A pobre piranha só estava fazendo um serviço a domicílio para um cliente de confiança do cafofo, e ela vai e mata a infeliz! Ela bem que sabia que Nara é cliente rotineiro do cafofo. Por que não lhe ocorreu que Tayuya só estava atendendo um freguês? E agora? Que tipo de reação teriam a Kurenai, o Nara, e todos os outros ao saberem o que ela fez? Pior que isso! Tayuya tinha muitos clientes de fora de Konoha, também. Qual seria a reação de todos esses machos (e fêmeas também, já que Tayuya cortava dos dois lados) ao saberem da besteira que ela havia feito?

Nesse instante, uma das putas que conversavam com Temari perguntou-lhe: "Temari. TEMARI! O que você tem? Tudo bem com você?"

Temari não conseguiu responder. "...(E agora? O que eu faço? PORRA, O QUE EU FAÇO?)"

Outra das putas do cafofo disse: "Pega leve com ela! Não dá pra ver que ela ficou em choque? Era uma amiga dela. As duas treinavam juntas lá no campo com a Kurenai, não lembra?"

E a primeira puta disse: "Ah, é verdade. Desculpe não ter entendido logo, Temari. Se pra gente, que era só colega de trabalho dela, já foi um choque, imagina pra você, que era tão amiga dela!

Temari começou a reagir lentamente: "...é...Tayuya tá...morta?

E uma outra puta colocou um braço no ombro da Temari e disse: "Querida, a notícia abalou-a demais. É melhor você se sentar aqui. Acalme-se, que eu vou te trazer um copo de água com açúcar."

E Temari, realmente chocada, mas não pelos motivos que todas pensavam, ficou sentada numa das mesas do cafofo por algum tempo, até que se decidiu; ficaria calada. Ninguém viu nada, ninguém ouviu nada, e ninguém sabia de nada. Para que ela iria falar a verdade? Para derrubar sua reputação na vila, e arrumar um monte de inimigos? E a troco de que? De uma putinha do mais baixo nível, que dava para tudo e todos, e da qual ela nem gostava muito? Mas nem fudendo!

Com essa súbita decisão, Temari levanta-se velozmente e deixa o cafofo, para espanto das outra piranhas, que acharam que ela levaria mais tempo para se recuperar. Mas logo ocorreu-lhes que ela poderia ter saido para tentar descobrir o assassino da Tayuya, e vingar sua morte. Na verdade, ela estava mais tranqüila, mas com uma pequena preocupação: ela realmente não havia sido vista?

E Nara ficou incapaz de dormir, pensando no que podia fazer. Até que teve a ideia inspirada.

Kurenai preferiu um enterro simples, sem grandes cerimônias (mas não por preferência dela ou da Tayuya; ela simplesmente não queria grandes despesas com isso). Mas, no momento do enterro, nem havia lugar para todos os clientes dela, de tantos que ela tinha.

O mais abalado de todos foi Nara. Ele não conseguia deixar de pensar que ele era o grande culpado pela morte da Tayuya; foi por sua causa que ela saiu do cafofo até sua casa. Se ele não tivesse esquecido o seu dinheiro, ou pelo menos não tivesse caído no sono enquanto o procurava...

Essa culpa pesava na cabeça dele, no momento do enterro até a noite, quando ele revirava na cama sem conseguir dormir (ALELUIA!). Mas, talvez graças à insônia, veio-lhe à mente uma lembrança: ele podia trazer Tayuya de volta à vida! Isso é possível para certos seres, que tem livre trânsito entre o lado dos vivos e o lado dos mortos. E Nara conhecia um deles, por sinal um dos mais poderosos, e que estava devendo-lhe um favor.

Um certo Coveiro.


No Inferno[editar]

Foi só nessa altura, depois que Nara teve essa ideia inspirada, que Tayuya acordou. Estava com uma dor terrível em seu rêgo, sentia uma sede de rachar e tinha hematomas por todo o corpo. No início, pensou em como ela poderia ter sobrevivido àquele golpe da Temari, aplicado tão de perto e numa área tão frágil do seu corpo. E por que ela fez aquilo? Por acaso ela havia tomado uma conclusão precipitada? Ou havia algum outro motivo, que ela não sabia? Mas, quando ela olhou em volta, viu a devastação vermelha em chamas à sua volta, e sentiu o calor e o cheiro de podridão no ar, entendeu tudo. Ela estava morta, e aquilo era o Inferno.

Apesar disso, Tayuya não ficou surpresa, já que nunca foi exatamente um modelo de conduta cristã. E ficar encolhida e chorando feito uma emo não ia levá-la a lugar nenhum. O que chamou-lhe a atenção era a dor que sentia, mesmo depois de morta; era difícil até ficar sentada. Apesar disso, levantou-se e olhou em volta. Só então, reparou na figura negra e repelente a seu lado, que a olhava atentamente.

"Quem é você?"

"Oras, minha putinha, então tu pergunta-te a mim quem eu soste? De geral, todo mundo que chegaste aqui fica com a rosca piscando e querendo saberdes onde veios parar e querendo sair daqui. E perguntando o que fizeredes de ruim pra vir parardes aqui."

"Tenho consciência do que fui e continuo sendo e de que fiz por merecer vir pra cá. E você ainda não me respondeu."

"Tu és uma menina muito valente, né? Veremo-nos quanto tempo esta coragem irá durar-me-te. Já que queres tanto saber, eu lo direi-te: sois o filho do Cão em pessoa, o Capeta Júnior. Vim para cá a pedido do meu Pai, receber-te no Reino Inferior e dar-te teu tormento eterno."

(Na verdade, o Capeta Júnior estava na mira do seu alegado Pai, porque deixou um monte de almas escaparem do Inferno-algumas delas foram os inimigos mortos de Goku, que ele teve que encarar com seu pessoal em Dragon Ball GT- e estava tentando limpar a barra com ele a todo custo.)

"Nossa, que grande honra."

"Não sejais sarcástica com o Príncipe do Reini dos Condenados!"

"Acho que você quis dizer Reino."

"Como tu ousas a me corrigire-mes?!"

"O correto é como tu ousas corrigir-me. E essa tua conversa toda empolada e errada já tá me enchendo o saco! Me dá logo aí minha sentença e some da minha frente! Ou será que é ficar te aturando pelo resto da eternidade? Caralho, essa é cruel demais!"

"Sua vaca dadeira de chavasca e rabo insolente! Tu enfureceste o Príncipe do Inferno, e irás pagar por isso!"

"Aleluia! Conseguiu falar duas frases seguidas sem cometer nenhum erro de Português! Viu só como você fica menos burro quando se esforça?"

"Eu vou matar-te bem matadinha!"

E começaram a lutar. Mas tudo isso aí foi intencional. Tayuya simplesmente provocou o Capeta Júnior para usar o Levantamento de Cobra (lembrem-se que isso é necessário para Tayuya deduzir se o alvo é hétero ou não). E, com alguns insultos bem lançados, ela o deixou de pau duro e deu-lhe uma trepada inesquecível. Inteligência já não é o forte do Capeta Júnior; com uma gostosa dando pra ele assim tão fácil, então, ele fica um retardado mental. Depois de feito o seviço, Tayuya largou-o abobalhado no chão, e foi explorar o Inferno.

Encontro com a Encarnação do Mal[editar]

O objetivo de Tayuya era descobrir um modo de sair de lá. Devia haver um meio. TINHA que haver.

Conhecia histórias de seres que podiam entrar e sair do Inferno à vontade, mas nunca soube de ninguém que pudesse realmente fazer isso, nem de ninguém que conhecesse algum deles. O jeito seria procurar pelo Inferno até encontrar com algum deles, e tentar convencê-lo a ajudá-la.

Esse é um dos programas da MTV que os condenados ao Inferno são obrigados a assistir pelo resto da eternidade.

E assim ela partiu, vagando pelas vastidões do Mundo Inferior. Viu muitos dos tormentos eternos a que os que vão parar lá são condenados (um deles, que arrepiou-lhe em particular, era o de assistir todos os programas da MTV sem intervalos por toda a eternidade), encontrou muitos espíritos que vagavam por lá procurando um meio de fuga-assim como ela- e viu lugares apavorantes de aprisionamento (como o posto de Saúde do INSS e o posto de atendimento da Receita Federal, onde as almas passavam toda a eternidade esperando pelo atendimento-que nunca vem e nunca virá), mas nunca encontrou nenhuma pista do que procurava.

Depois de muito tempo, com tanta procura e tantas falhas, Tayuya acabou caindo de fadiga, e começou a desanimar. Será que as histórias que contavam eram todas falsas? Estava mesmo condenada a ficar lá por toda a eternidade? Nunca conseguiria esclarecer o que houve com Temari? Não voltaria mais a ver sua mestra Kurenai, Nara, e suas colegas putas? E nunca mais iria faturar com o que mais ama, que é dar pra todo mundo? Nem precisava pagar! Bastava baixar-lhe rola, que ela já ficaria muito feliz!

Foi assim, sentada numa pedra e olhando para a desolação do Inferno, que uma enorme figura negra a viu e se aproximou. Tayuya o viu chegando, mas pouco se importou; estava tão desanimada, que nem ligava de pedir informações. Nem o olhou direito. Achou que ele passaria direto.

"Finalmente eu te achei, Tayuya."

"Hein? Você sabe quem sou eu, e tava me procurando?"

"Sim. Andei vagando por aqui e seguindo seus passos. Mas não foi fácil. Tu é uma menina muito irrequieta, sabia?"

"E por que você tava me procurando?"

"Pra te levar de volta. Não era por um de nós que você procurava?"

"O que? Você é um dos que tem entrada e saída livre no Inferno?"

"Sim."

"...(nesse momento, Tayuya começa a desconfiar) E a troco de que você vai me levar de volta?"

"..."

"Por que não responde? O preço é tão alto assim? Eu tô pronta pra pagar qualquer preço! Faço qualquer coisa! QUALQUER COISA MESMO!"

"..."

"Por favor, diga-me! Diga-me o que tenho que fazer! Eu tenho que voltar pra me vingar da Temari!"

"...Temari?"

"A puta que me matou a troco de nada! Preciso saber o que houve, e me vingar dela!"

"...(então, é isso. Foi por isso que ela ficou tão nervosa enquanto Nara conversava comigo.)"

"O que você disse?"

"Eu vim aqui exatamente pra te levar de volta. Temos um amigo em comum que me pediu pra vir aqui te procurar e levá-la de volta."

"Um amigo em comum?"

"Bem, eu o considero um amigo, mas pra você, acho que ele é um freguês. Nara me pediu pra vir aqui te levar de volta."

"NARA! O Nara é amigo seu! E ele nunca falou que conhecia um ser que pode andar dos dois lados da existência!"

"Ele preferiu assim. Achou melhor guardar isso em segredo, até o momento em que fosse necessário. Ele se sentiu culpado pela sua morte, e por isso me chamou. Pediu-me pra te levar de volta à vida, e, como eu devo um favor a ele, eu não podia recusar."

"Que favor?"

"Vamos dizer que ele tem experiência em matar trapaceiros imortais, e seu conhecimento me ajudou nisso."

"Bom, pouco me importa! Posso perguntar ao Nara quando eu voltar!

De volta à vida[editar]

E finalmente Tayuya viu a luz do dia de novo! O sol, o vento, o cheiro de tantas coisa diferentes no ar (no Inferno só tem cheiro de podre), o chão a seus pés, o céu acima de sua cabeça, e a vontade de dar! (Alguém aí achou mesmo que Tayuya daria alguma bola para qualquer outra coisa dita antes, fora a última?) Olhando em volta, reparou que estava em cima de uma cova, a sua, obviamente, e que ela estava intacta.

"Afinal, eu voltei! Posso ir trepar de novo!

"Eu, hein? É só nisso que você pensa?"

"Nara! Nara, é tão bom te ver de novo! Muito obrigada por mandar o Undertaker me buscar!"

Mas, olhando em volta, ela viu que ele não estava lá.

Assim que chegaram ao cafofo, Tayuya já partiu para cima do Nara, louca de vontade de agradecer-lhe. E isso aí foi só o começo...

"Ué, cadê ele?"

"Já foi embora. Ele chegou antes de você, e avisou todo mundo que você tava chegando. Eu vim aqui te receber."

"Só você? E cadê o resto?"

"Tá todo mundo te esperando no cafofo. A gente armou a maior festa pra comemorar a sua volta."

"É mesmo? Então, a gente não vai deixar eles esperando! Vambora, que a festa tá rolando!"

"Vamos!"

"Ah, isso me lembra: fiquei te devendo um servicinho, né, Nara? Será que foi por isso que tu mandou me buscarem no Inferno?"

"Pô, eu nem pensei nisso! Que mina problemática que você é! Sempre desconfiando!

"Aaaahhhhh, que pena... eu achei que você ainda queria que eu fizesse aquele servicinho pra você..."

"Sério? Você faz pra mim, por quanto?"

"Esqueça o dinheiro. Eu te devo um favor, e vou demorar MUITO tempo pra pagá-lo. Deu pra entender?

"OBA!!!!! É HOJE!!!!!!!!"


E seguiram ao cafofo, onde a festa (e a orgia) rolou pelo resto do dia e noite adentro.

E hoje, como anda Tayuya?[editar]

Hoje em dia, Tayuya obriga Temari a satisfazer todos os seus caprichos e os de Kurenai (aqui, elas queriam uma empregada cadela). Reparem na cara de sofrimento e agonia da Temari, por causa do que ela é obrigada a passar.

Bem, ela segue sua vida de lutar e dar (por dinheiro ou de graça), e continua batendo ponto no cafofo da Kurê. O cafofo sofreu algumas mudanças enquanto ela esteve morta, mas ela se ajustou rapidamente.

Nara ficou muito grato ao Undertaker, e considerou o favor pago; o Coveiro, no entanto, considerou que Nara apresentou-o a uma bela piranha, da qual ele iria desfrutar sempre que pudesse, e concluiu que ficou devendo outro favor ao Nara. Os dois discutiram sobre isso por algum tempo, e concordaram que Undertaker continuava a dever um favor ao Nara. Ambos, hoje em dia, são clientes de rotina do cafofo, em especial de Tayuya (mas não só dela, é claro).

Todos perguntaram a Tayuya o que houve naquela noite. Porém, ela disse que tinha sido atacada pelas costas, e não chegou a ver quem a havia matado.

Ah, sim: ela decidiu ficar calada sobre Temari. A loirinha bissexual ficou morrendo de medo quando Tayuya voltou, porque achou que ela contaria tudo o que houve aos outros. Mas ela prefere torturar Temari, mantendo-a o tempo todo com medo. Decidiu fazer dela sua escravinha particular em troca do seu silêncio, e hoje, no cafofo, são três que brincam todas as noites no quarto da Kurenai (a única pessoa, fora o Undertaker, a quem Tayuya contou a verdade). Mas, no fundo, Temari bem que gosta...

Habilidades[editar]

Tayuya tem inúmeras habilidades, dentre elas:

Com o selo amaldiçoado nivel 1, Tayuya faz o delírio dos clientes tarados por tatuadas.
  • Selo Amaldiçoado Nivel 1: Ela invoca três demônios para fazerem uma suruba para ela, além de ficar com aquelas tatuagens estranhas na pele.
Por estranho que possa parecer, tem um monte de clientes que pedem a Tayuya para transar com ela na sua forma demoníaca do selo amaldiçoado nivel 2. Mas, olhando nessa foto aqui, até que não parece tão estranho, não. Eu pegava fácil!
  • Selo Amaldiçoado Nivel 2: Ela fica por aí soltando Genjutsus, e também fica com aquela aparência de que está com TPM (normal quando se tem o selo amaldiçoado).
  • Selo Amaldiçoado Nivel D4: Ela fica na famosa posição de quatro, e deixa seu oponente aproveitar-se dela, só para ela lhe dar um golpe quando ele estiver se masturbando.
"É isso o que tu quer? Então, vem pegar, vem!" Esse é um dos modos que Tayuya tem para aplicar o Levantamento de Cobra.
  • Levantamento de Cobra: Sua técnica máxima. Consiste em excitar o oponente, dando a entender que quer dar para ele (e às vezes ela dá mesmo, e transforma um inimigo em aliado ou, pelo menos, em cliente), deixando-o completamente apalermado e incapaz de pensar em fazer qualquer outra coisa, que não seja sexo.

Tem esse nome porque todos os homens (sejam gays, mal resolvidos, metrossexuais ou equivalentes) ficam de pau duro na hora. Tayuya tem três modos de fazer isso:

-Falando obscenidades e dizendo isso com todas as letras ao oponente (geralmente, só funciona com machos convictos. Ou seja: é inútil com o Sasuke, Orochimaru, Sai, Clodovil, etc.

-Tocando sua flauta de modo sugestivo (esse modo costuma funcionar melhor com os boiolas e mulheres, mas as lésbicas também são pegas, às vezes).

-Acariciando a si mesma e ao oponente (esse é o método para as lésbicas em geral, mas-tá na cara, né?- os machos geralmente são pegos por esse modo, também).

Porém, esse golpe, embora eficiente, tem alguns riscos:

  • Certos homens e mulheres (sejam ou não héteros), em especial os casados e os cegamente apaixonados, não vão cair nos encantos da Tayuya. Eles até podem ficar excitados, mas suas mentes estarão voltadas para seus amores, e não para ela, o que pode torná-los ainda mais perigosos do que eram antes.
  • Os gays podem até ficar excitados com Tayuya, mas isso dura pouco. Como todos sabem, bichas gostam de cobra, não de aranha, e logo ficam enojados e atacam com toda a purpurina que tiverem em estoque. Tayuya costuma enganar com a flauta, fingindo que ela é um piruzão gigante, o que lhe dá tempo para atacar.
  • Os mal resolvidos costumam decidir em que time querem jogar com esse golpe. O perigo para Tayuya é que nunca se sabe de que lado eles vão ficar: se eles decidirem que são machos, tudo bem, a menos que ela esteja usando o truque da flauta, descrito acima. Nesse caso, eles vão ficar insultados, achando que ela está duvidando de sua masculinidade, ou podem confundi-la com um travesti, e vão atacar com tudo. Se decidirem que são gays, e a menos que esteja fazendo o truque da flauta, Tayuya terá muito pouco tempo para atacar, antes de seu oponente ficar enojado com a visão de uma mulher. Em outras palavras, é sempre uma loteria.

Por causa desses riscos, Tayuya nunca usa o Levantamento de Cobra logo no início de uma luta; primeiro, ela enfrenta seu oponente e joga-lhe alguns insultos durante alguns minutos. De acordo com a reação, ela decide de que lado ele ou ela está, ou se está em cima do muro, e só então age. (Mesmo assim, o risco é grande).

Opiniões a respeito de Tayuya[editar]

Tayuya mostrando todo o seu potencial para Naruto quando vão trepar...
  • Naruto: "Já comi! Boa demais!!!"
  • Tayuya: "Até é verdade... o duro mesmo foi achar aquela lombriguinha que ele chama de pau."
  • Naruto: "É....mas depois que eu virei Kyuubi+Modo Sennin e meu pau esticou, tú teve que pedir arrego, lembra???"
  • Tayuya: "Ah, é né.......hehe" (*cora pela primeira vez na vida*)
  • Sasuke: "Eu comi ela gostoso!!!"
  • Tayuya: "Esse Sasuke é um Emo-bixa,quer dizer não tanto bixa como eu penso, mas ele é muito gostoso e mesmo assim eu gosto de chupar o pau dele, também de chupar o corpo dele todinho, também de LAMBER ele todinho e também eu gosto de dar os meus peitos para ele chupar. (Tayuya começa a dar os peitos para sasuke chupar.)"
  • Sakura: "Já me comeu, adorei."
  • Sai: "Ela é uma putinha feia do jeito que eu gosto, pena que não tem piru, mas já comi!"
  • Kakashi: "Uh...mas nhem? Ah...já comi!" (volta a ler seu livrinho)
  • Shikamaru: "Já comi várias vezes!"
  • Chouji: "Já comi... não, no outro (o mal) sentido."
  • Ino: "Já comi!"
  • Asuma: "Já comi!"
  • Punhetero profissa: "Toda arregaçada...prefiro minha mão."
  • Hinata: "Ehh... ja-a... já co.. comi..."
  • Kiba: "Eu e o Akamaru fizemos uma suruba nela."
  • Shino: "Eu e meus insetos também!"
  • Kurenai: "É uma das minhas, e já comi!"
  • Maito Gai: "Já comi!"
  • Rock Lee: "Gai Sensei, eu já comi ela também!!!!"
  • Neji: "Já comi essa perdedora."
  • Ten Ten: "Não é uma garota da Vila do Som que foi comida por todo mundo, tem uma flautinha mágica e que eu também já comi? Não, não conheço não..."
  • Gaara: "Já comi, e tá morta!"
  • Undertaker:"Mas eu trouxe de volta. E comi também!"
  • Kankuro: "Tectectectec... e já comi ela também!"
  • Temari: "Ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha! ... Já comi! E como comi!"
  • Orochimaru: "Ela tinha uma flauta enóóóóóóórme!!! Já comi!"
  • Kabuto: ""Já comi!.....um, acho que vou fazer um Edo-Tensei nela, pra relembrar os velhos tempos na caverninha, HUHUHU"
  • Haku: "Já comi!"
  • Tsunade: "Já com... DIGO, ela ja passou umas noites comigo..."
  • Jiraya: "Já comi! Daileyooo!!!"
  • Itachi: "Já comi! E digo, aquilo parece uma ilusão do Tsukiyomi^/.\^ "
  • Kisame: "Já comi! Se fosse um peixe, seria melhor... mas bem que cheirava a bacalhau!"
  • Sasori: "Já comi... aquilo sim é arte."
  • Zetsu: "Já comi! Não, peraí, não comi! (*se contradizendo*)"
  • Tobi: "Já comi! Ela disse que eu era um bom garoto ^^"
  • Konohamaru: "Perdi minha virgindade com ela! Yesss!"
  • Hidan: "Já comi! Já sei que nela não faço ritual Jashin.
  • Kakuzu: "Já comi! Foi baratinho!"
  • Deidara: "Já comi, hun, o nivel de beleza dela é quase igual ao meu ^.\\!"
  • Pein: "Já comi, e meus seis corpos também ^:.:^!"
  • Konan: "Já comi! Foi uma delícia, mas ainda prefiro o Pein"
  • Matsuri: "Já comi e amei *-*!"
  • Capitão Nascimento: "Seu lugar é com cafetão, com puta, com aborto. E já comi também!"
  • Derci Gonçalves: "É a minha filha, porra! Esse filhos da puta não têm nada mais pra fazer que ficar falando que já comeu essa vadia? Até eu já comi, porra!"
  • Todos os cavaleiros do zodíaco: "Já comemos! Pedimos até pra fazer uma armadura dela!"
  • Eu: "Bati o recorde de mais distancia dentro da buceta dela."
Pode até odiar, Kimimaro, mas você também já comeu. Tá aqui a prova!
  • Kimimaro: "Já comi. Ela serviu ao seu propósito."
  • Zabuza: "Eu mostrei minha espada pra ela na neblina. Daí eu a comi!"
  • Chuck Norris: "Comi ela Chuck Norris vezes, que é mais que infinito!"
  • Silvio Santos: "Hahái! Quem dá mais, quem dá mais? Já comi também =]"
  • Bruna Surfistinha: "Era uma das minhas colegas de profissão. E já comi!"
  • Pikachu: "Pika pika, Pikachuuuuu chuuuu pikaaaa, chupi pika (já comi)."
  • Tayuya: Verdade, e eu adorei, principalmente do amiguinho negão dele."
  • Eddy Gordo: "A Christie nem sabe, mas eu ja peguei essa puta."
  • Ash Ketchum: "Já comi, ela pegou nas minhas pokébolas!"
  • Misty: "Já comi."
  • Brock lesnar: "Já comi."
  • Equipe Galáctica, Rocket, Aqua e Magma: Já comemos!!"
  • Capitão Óbvio: "Ela já deu e tentou dar pra todo mundo, incluindo eu."
  • Fábio: "Já comi."
  • Duo Maxwell a.k.a Kabal: Comi ela antes de vocês! HAHAHAHAHAHA!!
  • Papillon(de Busou Renkin): "Até eu já comi!"
  • Shikamaru: "Já comi!"(de novo!? sim, ele comeu mais de uma vez...)
  • Johnny Test:"Já Comi."
  • Torcida Do Flamengo:"Já Comemos, fizemos um hino pra ela!"
  • Chaves:"Já comi. Mais gostosa que sanduíche de presunto!"
  • Kouga(de Inuyasha):"Já comi com certeza!!"
  • Jon Talbain:"É, mas só porque dividiu comigo!"
  • Jack Bauer: "Comi ela 24 horas direto sem parar!"
  • Triple H: "Já comi e fiz nela um Pedigree especial!"
  • Goku: "Oi, eu sou o Goku! Já comi!"
    Tayuya levantando a cobra dos outros.
  • Chapolin Colorado: "Já comi! Não contavam com minha astúcia!"
  • Sakon: 'Comi,junto com Ukon.'"
  • Daniella Cicarelli: "Já comi ela na praia, mas ai de quem colocar isso no YouTube!"
  • Fudêncio: "Mi mi mi (já comi)!"
  • Conrado: "Dessa vez não me fudi nessa merda, também comi. Epa peguei AIDS, só me fodo nessa merda!
  • Detonator do Massacration: "Já comi o bucetation dela. AAAAAAAAAAHHHHHHHHH METAL!"
  • Alexandre Frota: Já comi! Demaixsh!"
  • Homer Simpson: "Dã! Já comi"
  • James Bond: "Já comi em uma das minhas missões."
  • Pelé: "O Edson já comeu, mas o Pelé comeu mais, entende?"
  • Jeremias: "Já deu pá mair di milll! Já comi!"
  • Nelson Rubens: "Ok ok! BOROROROROMBA! Já comi também, vererereja!"
  • Vegeta: "Já comi essa verme insolente!"
  • Galvão Bueno: "Bem amigos! Já comi ao LIMITE EXTREMO!"
  • William Bonner: "Traí a Fátima com ela! Boa noite!"
  • Edir Macedo: "Já comi em nome do Senhor!"
  • Boris Casoy: "Já comi! ISSO, É, UMA, VERGONHA!"
  • Oscar Wilde: Ela não tem classe alguma! Já comi!
  • Alborghettti: "Vai ser rodada assim lá no quinto dos Infernos! Já comi, e vá pra puta que pariu antes que eu me esqueça!"
  • Fly(de Dai no Daibouken): "Já comi, tô comendo e vô comê di novo porque posso revivê a vadia!"
  • Gohan:"Anda... devolve as Dragon Balls, ladrãozinho de merda. E também já comi."
  • DesertPunk:"Não tem peitões, mas já comi!"
  • Ataru Moroboshi: "Já comi Hitsugaya vezes" *e em seguida sai correndo pra caralho pois a Lum começa a voar atrás dela soltando raitons*
  • Hitsugaya: "HEY, não me copia! Mas eu também já comi nesse mesmo número."
  • Lum Invader: *para no ar* "Espera um segundinho...mas eu também comi. Matsumoto vezes-tcha! XD"
  • Matsumoto: "Copiona...Mas eu também já comi."
  • Byakuya: "Humpf! Já comi."
  • Seu Ladir: "Tayuya é MARA! Já comi!"
  • Tsukune(de Rosario + Vampire):"Comi ela 7 vezes antes de mudar pra academia Youkai,OMG!^.^"
  • Moka Akashiya (do mesmo desenho):"TSUKUNEEEE!!! Opa...mas eu já comi também. Nem me lembrava XP"
  • Equipe da Desciclopédia: "Já comemos aquela rabada."
  • Gaviões da Fiel:"A FIEL comeu ela também."
  • Mestre Kame: "Kame-hame-ha... ou quer dizer... já comi também. Melhor que a Bulma."
  • Faustão: "Ô loco meu.... Todo mundo ja comeu?? Brincadeira... Porra, até eu!!!"
  • Bob Marley: "Eu e ela cheiramos vários gatinhos... Mas eu já comi!!!"
  • Mete Ishida:"Todo mundo já comeu, até parece que o Mete ia ficar de fora!"
  • Sora Takenouchi:"É melhor você ficar...(ela mostra os punhos), mas também já comi"
  • Mafagafo:"GRRRRRRR!"(Tradução:COOOOOOMI!)
  • Ronald McDonald: "Amo muito tudo isso! Comi e foi uma delícia!" RANRANRUUUUUUUUUUU!!!
  • Bob Esponja: "Me lembra um hambúrguer de siri, comi gostoso!HEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHE"
  • Ulquiorra: "Lixo!...mas já comi também!"
  • Grimmjow Jaggerjack: "Há! Ela é inferior a mim! Mas eu comi do mesmo jeito!"
  • Tatsuki: "Já comi, e comi com vigor!"
  • Você: "Só eu que não comi?"
  • Tayuya: "Não seja por isso, honey!"
  • Você: "*uff*...AAAAAI....acabei de comer !!!"
  • Touma Kamijou: "Comi num Ménage com a Index"
  • Light Yagami*Ja comi.
  • RyukJa comi melhor que macas.
  • Brief: "Comi ela antes da Panty"
  • Nerd punhetero: "TODO MUNDO JÁ COMEU! MENOS EU!"
  • todo mundo da Terra e outros lugares desconhecidos: "AGENTE JÁ SABE!!!"
  • Branca Leticia de Barros Mota:Eu já comi...Mentira que eu não como mulher!"
  • Globo:Use camisinha, ou sofra a ira de Chuck Norris!!!!

PEGADINHA DO MALANDRO, TAYUYA NAO DA PRA MULHER!!!!!

Goko with halo.jpg
Tayuya morreu...
E VOLTOU!!!

E matou a família só no susto!

Clique aqui pra ver os que deram a rasteira na morte.