Tchernigov (óblast)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Tchernihiv é o óblast engenheiro da Ucrânia, além de ser a terra das grandes invenções.

História[editar]

Por Tchernihiv ser ecologicamente correto, o que não é prédio é mato.

O óblast foi criado por um grupo de construtores que tinha sido expulso de casa pelas esposas, por se preocuparem mais com o trabalho do que com a família. Chateados, saíram por aí afogando as mágoas.

Por causa da amnésia alcoólica, eles chegaram num lugar estranho, e nem sabiam como tinham ido até lá. O fato é que havia barro o bastante para criar prédios, que pelo visto era a única coisa que sabiam fazer. Eles passaram semanas construindo coisas, até o barro acabar. Foi aí que resolveram misturar pó de pedra, mais barro improvisado na hora, água e cascalho. Assim acabaram criando o cimento.

Os prédios criados com o cimento, além de serem mais resistentes, resistiam mais. Tendo em mente todo um complexo plano empresarial megalomaníaco, eles pensaram que podiam ganhar bastante dinheiro com isso.

Então, começaram a chamar atrenção para os condomínios abertos, otimamente localizados, parcelado em até 800x, que existiam ali por perto. Graças à isso, a população do óblast aumentou e eles ainda ficaram ricos, criando, de uma vez só, os condomínios e a propaganda.

Etnia[editar]

Em Tchernhiv, as pessoas estão intimamente ligadas ao trabalho de construção, sendo que, quando não são engenheiros, são os peões.

Contudo, o óblast também se destaca por ser bastante ecológico, sendo que o espaço público que não esteja ocupado por concreto deve ser automaticamente ocupado por algum vegetal.

Composição Étnica[editar]

  • 68% - engenheiros.
  • 45% - pedreiros.
  • 32% - marceneiros.
  • 24% - eletricistas.
  • 11% - encanadores

Economia[editar]

Tchernihiv, por ter os mais melhores construtores da Europa, sempre é chamado para construir alguma coisa que precisem. Nesse ano, eles foram além, e construíram todo o complexo olímpico de Pequim.