Te sento a vara (meme)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

 


Cquote1.png Você quis dizer: Seu Madruga Cquote2.png
Google sobre Te sento a vara (meme)
Cquote1.png Ain, seu homofóbico! Cquote2.png
Argentinos e são paulinos sobre Te sento a vara (meme)
Cquote1.png I sit the rod, boy baitola Cquote2.png
Tradutor do Google sobre Te sento a vara (meme)
Cquote1.png Te sento um curso de línguas... Tradutor baitola Cquote2.png
Velho Varêncio sobre citação anterior

Esse sou eu... Anônimo baitola

Te sento a vara (meme) trata-se de um entra os mais de 8000 facememes que se pode encontrar em tirinhas escrotas (ou não) que você encontra, principalmente, na rede social que está com a cara nos livros. É um meme vindo da imagem real de um sertanejo cabra hômi de Santo Antônio do Cré-cré-cré do Xipsuí de Minas.

Origem[editar]

Velho Varêncio era um velho do interior de Minas Gerais, que morava num lugar que nem tinha energia elétrica. Quando uma obra pública superfaturada dos governantes locais trouxe para os habitante eletricidade, televisão, telefone e uma linha de internet discada via fumaça de 64 Kbts/s.

Então, o lugarejo se conectou ao restante do mundo. Isto trouxe certas consequências meio que graves e agudas para o local. 75% das pessoas deixaram de ouvir o sertanejo mandioca, batata doce, cenoura raiz e passou a ouvir constantemente Funk e Justin Bieber. e 24% dos homens que moravam ali se tornaram homossexuais, algo muito gay para as tradições locais.

Então, a 76DC100CMA (76 de cada 100 continuam machos ainda), uma organização liderada pelo Velho Varêncio e por Lindomar organizou uma imagem-montagem que funcionasse como reação química e resposta a todas essa modificações sofridas. A explicação que a imagem é em sépia, e não colorida, é que colorido é coisa de moloque baitola.

Mas muita gente que não era de Santo Antônio do Cré-cré-cré do Xipsuí de Minas, eram a favor da opinião de Velho Varêncio, e isto ajudou a imagem a ganhar repercursão.

Ligação externa, clique, senão te sentamos a vara[editar]

  • www.facebook.com/TeSentoAVMB

Ver também, caso você não seja um moleque baitola[editar]