Tecnólogo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Definição[editar]

Técnólogo é uma palavra que vem do grego "tecnus logus", em que "tecnus" = técnico e "logus" = duma vez. Que se refere a intenção das pessoas desse tipo de curso em se formar o mais rápido possível. Do tipo: "vamo direto ao assunto", eu quero meu "diproma".

Símbolo[editar]

O símbolo consiste em uma grande interrogação. O amarelo é esquisitisse, já as listras fazem analogia a uma grande ZEBRA. Acima uma faixa com os dizeres: "quem sou eu, onde estou, para onde vou". Abaixo outra faixa: "Já disse que não sou técnico!!!". As três exclamações são para dar ênfase e substituem um palavrão retirado do símbolo antigo. A palavra tecnologia vem bem grande ao centro, pois tecnólogos tem vergonha da palavra tecnólogo, preferem dizer tecnologia, sabe como é, pros outros acharem que é algo dificil.

Tecnologo.jpg

Da onde surgiram os tecnólogos?[editar]

Há 2 hipóteses para isso:

  • Advindo do método método luso-brasileiro (também conhecido como Nas Coxas ou Jetinho Brasileiro). Este método advém da premissa que, se deve pegar um atalho para fazer ou adquirir as coisas, atropelando os métodos convencionais. Mestres é a definição usuada pelos tecnólogos para classificar os que se graduam normalmente, pois 3 anos de estudo é o limite que seu cérebro consegue ficar em atividade.
  • Pressa - A pressa não só do tecnólogo em si, mas do governo brasileiro, fez com que surgisse novos cursos para qualificação rápida de pessoas para o mercado de trabalho. Este método leva em conta que um tecnólogo é especializado em certo setor, sub-setor e específicidade. Fazendo uma analogia, se houvesse um tecnólogo em medicina, ele deveria entender de no máximo dois dedos de uma das mãos, esquerda ou direita, não sendo possível ser exercer nas duas ao mesmo tempo.

Mercado de trabalho[editar]

O mercado de trabalho para estes profissionais é muito farto. Farta empregos em todos os setores. Um tecnólogo formado entra no mercado de trabalho querendo um salário de "nível superior", mas encontra dificuldades, pois, geralmente quem paga bem, quer alguém que fez mais de 6 semestres. Pelo outro lado, quem quer um funcionário para trabalhos de mais simples, contrata um técnico que é mais barato. O tecnólogo encontra-se então no chamado limbo mercadológico, o mesmo lugar onde vão parar os estudantes de educação física que fazem este curso achando que vão virar personal training.

Grafico2.jpg

Claro que o gráfico acima esá fora de escala. Na verdade não são zero tecnólogos empregados e sim 6 (meia-dúzia) no brasil. Para dar mais credibilidade a estas informações podemos citar o caso de um que trabalha arrumando a rede de windows 98 da padaria do Manoel. Confirmações pelo fone 555-0006, falar com o filho dele que é o tecnólogo.

Engenheiros odeiam Tecnólogos?[editar]

Alguns tecnólogos se intutulam iguais a engenheiros, juntamente com esta afirmação, vem algo do tipo "meu professor disse isso...". Neste caso esses professores também são tecnólogos ou são professores de entidades particulares, os quais já tem suas respostas prontas para esse tipo de pergunta lá na salinha dos professores. Ainda há casos onde engenheiros agridem os tecnólogos verbalmente ou fisicamente quando eles fazer esse tipo de comparação. O que acontece nesses casos é um grande despreparo por parte destes engenheiros, os quais ainda não aprenderam a técnica adequada para esse tipo de situação.

Técnica para lidar com tecnólogos[editar]

Atenção: Esta técnica é válida apenas para graduandos de nível superior e deve somente ser usada em último caso pois pode causar danos irreversíveis.
A técnica consiste em pequenas gargalhadas intervaladas que vão aumentando em função do tempo. Para um maior impacto, é aconselhável apontar o dedo indicador para cara do sujeito. Dependendo da vitima, o terceiro ou quarto nível da risada faz com que ela joge no chão e tenha espasmos, gritando histéricamente frases do tipo "mas eu sou de nível superior" e "eu não sou técnico", assim como quem quer se convencer de algo. Olhos esbugalhados e baba densa e branca também são reações características.

Grafico1.jpg