Tekkon Kinkreet

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Favela-bresil2.JPG Essi artigu é faveladu!

Nem por isso tá involvida cum droga, putaria ou ladruagi!

Aqui nóis é treta mano!


Tekkon Kinkreet
鉄コン筋クリート
Tekkon kinkreet.jpg
Os mano
Gênero Drama, Tédio, Cidade de Deus
Mangá
Autor Taiyo Matsumoto
Divulgação Shogakukan
Onde sai Nas bancas da favela
Primeira publicação 1993
N° de volumes 1
Anime
Dirigido por Michael Arias
Estúdio Studio 4 °C
Onde passa Japão, Favela da Rocinha
Primeira exibição 2006
N° de episódios Nenhum
Filmes 1
OVAs

Tekkon Kinkreet (2006) é um desenho animado japonês chato, pretensioso e com simbolismo forçado. Foi escrito e dirigido por americanos, em conjunto com o estúdio Studio 4 °C do Japão, adaptado de um mangá chamado Branco e Preto (1993). O nome é um trocaralho do cadilho com "concreto reforçado" ("tekkin concrete" em japonês).

Dramatis Personae[editar]

Preto e Branco[editar]

Ying-yang75.jpg

Kuro e Shiro, em japonês. Dois órfãos trombadinhas de 13 anos que vivem juntos nas ruas da Cidade do Tesouro, onde sobrevivem em um ambiente urbano caótico roubando dinheiro e outros pertences de transeuntes distraídos, e dormindo em um carro abandonado perto de um aeroporto. Preto é o líder da dupla, uma criança delinquente e psicopata, enquanto Branco é um pobre débil-mental que passa seus dias sonhando com geleia, animais peludos da floresta e sua obsessão, uma macieira plantada por ele em um monte de cinzas humanas.

Sawada[editar]

Um detetive novato da polícia parceiro de Fujimura. Sawada é impotente, e não consegue fazer sexo de graça com as muitas prostitutas da cidade como os outros policiais.

Fujimura[editar]

Detetive mais experiente que faz dupla com Sawada. Fujimura viu a cidade entrar em decadência, e lembra do passado utópico sem crimes.

Suzuki/Rato[editar]

Suzuki é um Yakuza experiente que volta à cidade para ajudar nos planos de seu chefe.

Kimura[editar]

Aprendiz de Rato, Kimura deseja mostrar seu trabalho de criminoso cortando as orelhas de punks e colocando-as dentro de uma bela caixa decorada.

Cobra[editar]

Uma drag queen insana que tem planos de construir um parque de diversões horrível e fatal no meio da cidade. Basicamente, Walt Disney antes de ser congelado.

Dragão, Borboleta e Tigre[editar]

Três assassinos de pele roxa que trabalham para Cobra.

Mendigo[editar]

Uma cópia descarada do mestre Yoda, que adora tomar banho pelado com crianças retardadas.

Enredo[editar]


Spoiler5.JPG
Atenção! O texto abaixo pode conter (ou não) um ou mais spoilers.
Ou seja, além de deixar o artigo com mais pressão aerodinâmica nas retas e mais estável nas curvas de alta, ele pode revelar, por exemplo, que Lain é um "software com um corpo", ou que quem matou o Tio Ben foi o Homem-Areia.
Spoiler3.jpg

A Yakuza tem planos de transformar a Cidade do Tesouro em um parque de diversões com brinquedos perigosos que explodem e matam seus passageiros. Um parque de diversões comum. Para isso, mandam Kimura, um Yakuza novato, tomar controle de uma gangue punk local. Preto observa o que está acontecendo, e resolve interferir com os planos da organização criminosa. Ele invade o escritório de Kimura, enquanto este estava forçando Choco, o líder da gangue punk, a ceder sua posição, e quebra a cara dele e de seus capangas com um pedaço de cano e uma garrafa de uísque.

Kuro & Shiro

A Yakuza contrata Cobra, um assassino de aluguel, para eliminar os garotos. Do alto de sua torre de Sauron, de onde consegue observar a cidade inteira com janelas gigantescas e TVs de plasma, Cobra manda seus três ninjas alienígenas caçar os meninos. Um dos assassinos começa a perseguir os meninos pela cidade, até encurralar Preto em uma fábrica abandonada. Branco derrama napalm de uma abertura no teto, queimando o criminoso vivo.

Cobra decide recrutar Kimura, que está precisando de dinheiro para fugir da cidade com sua mulher grávida. Sua primeira ordem é matar Rato, seu antigo professor. Depois dessa execução, um dos ninjas sobreviventes encontra Branco em um beco sem saída e apunhala sua barriga, mas não consegue terminar o serviço depois que Fujimura e Sawada chegam ao local. Os policiais levam Branco para a FEBEM, desequilibrando mentalmente Preto, que desde pequeno cuidava do retardado, limpando sua bunda e secando a sua baba. Preto fica completamente psicótico, massacrando todos os Yakuzas que encontra pela frente.

Cobra manda os dois ninjas sobreviventes para o parque de diversões, onde interceptam Preto alucinado, carregando um boneco de pelúcia vestido com as roupas de Branco. Nesse momento, Branco começa a ter um ataque histérico em sua cela, desenhando com seus lápis de cera desenhos toscos do Minotauro, a outra personalidade mais violenta do esquizofrênico Preto. Um tiro dos assassinos acerta o boneco, desencadeando a fúria do garoto. Em uma sequência longa demais de alucinação, Preto transforma-se em Minotauro e mata os dois ninjas, que acertam sem querer com uma bazuca os brinquedos do parque, iniciando sua destruição.

Ao mesmo tempo, Kimura tem uma crise existencial, pega uma pistola e mata Cobra. Mais tarde é assassinado pela Yakuza em retaliação, quando estava partindo de carro com sua esposa. No final, as duas crianças são reunidas e passam o verão na praia, onde ficam catando conchinhas e olhando para suas cicatrizes.

Ver também[editar]