Templo Maior

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é relacionado à história.

O criador deste artigo é um pseudocomunista que fuma maconha.

Luteroaaaa.jpg
Visão parcial da vigésima sexta ala do Templo Maior, em dia pouco movimentado.

O Templo Maior (em hindu:კუნძულ მცხოვრებ)é o primeiro, principal e maior Templo destinado à Comunidade Losangular do Reino de Aurora na Terra. Ele está situado na Cidade Sagrada de Brasília de Minas, berço mundial do aurorianismo. O Templo começou a ser construído no ano de 254690 (Calendário Auroriano) e ainda hoje passa sob constantes reformas e ampliações, para que consiga receber toda a crescente demanda de fiéis-devotos da C.L.R.A., que visitam o Templo todos os dias, para adorar à Deusa Ághata e assim poderem ir para o Reino de Aurora, conhecido popularmente por céu.

Projeto do Templo Maior feito por Niemeyer
"Demetrianos" orando em frente a uma torre do templo maior.

História[editar]

Assim que recebeu a ordem da Deusa Ághata de se fazer um Templo para a Sua adoração, Demétrius abriu um fraudulento processo de licitação para a escolha de um projeto que fazia jus ao nome de Ághata e de sua grandiosa porém modesta igreja, a Comunidade Losangular do Reino de Aurora. O projeto inicialmente escolhido foi de autoria de Oscar Niemeyer, porém, Ághata se mostrou descontente pelo fato do arquiteto ser comunista, o que ia completamente contra a filosofia da Comunidade e de seus acionistas. Visto isso, Demétrius, com sua Sagrada Iluminação, resolveu ele mesmo fazer o projeto do Templo, alegando ele estar sendo usado como uma ferramenta da própria Ághata, que seria a verdadeira autora do projeto. Novamente o projeto teve que ser abandonado. Dessa vez porque Ághata queria os créditos do trabalho somente pra ela, e por isso entrou na justiça contra Demétrius, processando-o por infração de direitos autorais. Assim que o processo foi solucionado (tendo Demétrius que pagar uma gorda indenização à Ághata), o projeto finalmente saiu do papel e o Templo Maior começou a ser construído.

Vista da Torre Menor

Passados três anos do início das obras, o Templo Maior foi finalmente inaugurado. Na inauguração foi disputada uma partida de Quadribol entre o time da C.L.R.A. e o time do Inferno, que acabou com o placar de 25x2 para o time da casa. O público pagante na partida foi de 45.456,05 e a renda foi de R$2.456.458,59 (valores corrigidos). A Rede Globo e a ESPN cobriram o evento.

Mesmo após a inauguração as obras continuaram. Isso porque a demanda de fiéis-devotos sempre foi crescente, o que exigia sempre um templo maior (trocadilho infame). Dez anos após a inauguração, o Templo já estava correspondendo a 75% do tamanho da cidade que o abrigara, Brasília de Minas. Dez anos mais tarde, Brasília de Minas correspondia apenas à 25% do tamanho do Templo.

Projeto de como ficará a Torre Maior

Construção da Torre Maior[editar]

A Torre Maior é tida como uma peça essencial ao Templo Maior. A torre, projetada para ser a mais alta construção da Terra, tirando esse status da Torre Menor(atual maior construção), também do Templo Maior, quando pronta, será usada para o Mestre Maior da C.L.R.A. olhar a vista e conversar pessoalmente com Ághata. No topo da torre haverá um grande salão de festas, que poderá ser alugado (assim que pronto a direção da C.L.R.A. divulgará os telefones de contato para informações sobre o aluguel da torre) para eventos e, nos tempo de sobra, abrigará um mirante para a visitação paga de fiéis-devotos cadastrados que estiverem com o dízimo em dia, quando o mesmo não estiver sendo usado para fins pessoais do Mestre Maior.

O que pode ser encontrado do Templo Maior[editar]

Fila da Porta do Templo Maior numa terça-feira à tarde.

Além de local sagrado e principal centro de orações e adorações para os fiéis-devotos da C.L.R.A., o Templo Maior é também um importante centro econômico e financeiro da cidade de Brasília de Minas. É no Templo Maior que se encontra a Bolsa de Valores de Brasília de Minas, a Prefeitura da Cidade, a Câmara de Vereadores, o Brasília de Minas Shopping Center, o Estádio Municipal de Brasília de Minas, o Brasília de Minas Theme Park, o Parque Aquático de Brasília de Minas, o Parque de Exposições de Brasília de Minas, o Disney World Brasília de Minas, o C.R.L.A. Mall, além de cinco colégios, treze faculdades e duas universidades, quatro Igrejas Católicas, dois Templos Budistas, cinco Igrejas Evangélicas e uma usina Termonuclear, o que torna o Templo Maior a única construção do planeta que pode ser visto de Marte a olho nú.

Fontinha da entrada do Templo Maior