Templo do Céu

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Confucio.jpg Pastel de flango, né?

Este altigo foi fablicado na China e pode queblar a qualquer momento. O autor plovavelmente luta Kung Fu e tem uma pastelalia. Não estlague este altigo, pois Jackie Chan está de olho.


Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


O Templo do Céu é mais um pagode de Pequim, capital da República dos Bambus, localiza-se próximo do Templo do Inferno, é guardado por anjos, é um centro de peregrinação do taoísmo, sendo uma espécie de Meca dessa religião.

História[editar]

Homem chinês indo agradecer o Deus da Fertilidade no Templo do Céu.

Esse templo foi construído em alguma dinastia com o objetivo de proporcionar uma soberania religiosa ao país, e também ter algum lugar para agradecer a Deus pelo milagre de mais um ano de vida em meio a poluição e desgraça que domina Pequim.

O Templo[editar]

O Templo do Céu é rodeado por muralha (chinês gosta de muros) e divide-se em três ambientes:

Sala da Oração pelas Boas Colheitas

Uma redoma futurista em forma de disco voador, construído em materiais caríssimos, não tem coisas de gente pobre como madeira, vigas ou tijolos, apenas mármore e ouro para cima. A sua faxada é multicolorida e muitas vezes é confundida com circo.

O templo é um ambiente aonde os devotos vão transar orar e agradecer pela fertilidade característica dos chineses, e sair de lá com vontade de fazer mais filhos. Em 1899 o templo foi queimado por piratas japoneses durante a invasão nipônica à Manchúria, mas foi reconstruído 1 ano mais tarde por escravos da atual Taiwan.

Altar Circular

É um grande espaço ao ar livre (poluído) que circula a Sala da Oração pelas Boas Colheitas, feito em ladrilhos brancos, possui 9 escadas de 9 degraus, pois o 9 é um número de sorte na China, mesmo que isso implique em dificultar o acesso às pessoas que sofrem de fadiga ou cadeirantes.

É nesse ambiente que circulam ambulantes, feirantes e piratas, os seres comuns em qualquer região da China.

Abóbada Imperial Celestial

Uma miniatura da Sala da Oração pelas Boas Colheitas, era como uma sala de oração particular do imperador, porque mesmo o Templo do Céu sendo um local para conversar com Deus, a nobreza não podia se juntar com a corja de assassinos que são a população ordinária do país.

O local é famoso pelo Muro do Eco, um muro cheio de papagaios que repetem tudo que o visitante disser.