Templo e Cemitério de Confúcio e Mansão da Família Kong

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Pastel chines original.jpg Pastel de flango, né?

Este altigo foi fablicado na China e pode queblar a qualquer momento. O autor plovavelmente luta Kung Fu e tem uma pastelalia. Não estlague este altigo, pois Jackie Chan está de olho.


Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


O Templo e Cemitério de Confúcio e Mansão da Família Kong em KuFuck (Qufu) na Província de Shaolin na China é considerado por Mao Tsé Tung o mais importante patrimônio mundial do mundo. Ali vive o espírito de Confúcio o padroeiro do "Modo Shaolin de Vida"

Templo e Cemitério de Confúcio[editar]

A maior das mensagens de Confúcio.

O templo de Confúcio foi construído em 478 a.C. após a morte do mesmo, para funcionar como centro de meditação filosofal para as pessoas poderem tentar entender o que seu patrono Confúcio quis dizer com seus escritos. Ao longo de seus 2000 anos, o templo foi destruído e construído inúmeras vezes, porque como se sabe, aquelas vastas paisagens da China são um tédio, e a grande diversão das mais de mil dinastias rivais é ficar uns destruindo templos sagrados dos outros.

No cemitério estão os restos mortais de Confúcio, o seu túmulo consiste em um punhado de lama com uma pedra. Acredita-se que na meia-noite do solstício de inverno, o seu espírito sempre surge para fazer propagandas da Mastercard.

Mansão da Família Kong[editar]

Confúcio é o primeiro Kong da história do mundo. Após a sua morte, 1 bilhão em cada 500 milhões de chineses se chamam Kong, sendo que o Kong mais bem sucedido da história depois de Confúcio foi King Kong, que após derrotar seu rival Sun Tzu, mandou construir uma gigantesca mansão de mil cômodos em torno do cemitério do ta-ta-ta-ta-ta-ta-ta-ta-ta-ta-ta-ta-ta-ta-ta-ta-ta-ravô Confúcio. Para que tanto cômodo e banheiro? Ninguém sabe até hoje...

A cultura chinesa deve muito a Confúcio, o inventor do biscoito chinês da sorte, a principal máquina da economia chinesa nesses 2000 anos.