Teoria da ilógica

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Retardado.jpg GEISAAAAAAAA, algum usuário bateu a cabeça!

Agora tá na Desciclopédia escrevendo merda sem sentido!
Traz a arma de choque!

Mongol.jpg
Cruelquantum.gif Este artigo possui referências à Mecânica Quântica

Por isso, ele está absolutamente correto e completamente errado ao mesmo tempo.


Mecânica Quântica
Princípio da Incerteza
Murphydinâmica Quântica

Formulação matemática


Cquote1.svg Hum... mas que porra é essa? Cquote2.svg
Porra sobre Porra é essa (maiúscula mesmo sem poder, já que não é uma pessoa, ou é?)
Cquote1.svg Você tem certeza que já fez tudo que podia pelo seu semelhante? Cquote2.svg
Jesus do SBT sobre Inri Cristo
Cquote1.svg Isso non... Cquote2.svg
Padre Quevedo sobre sei lá o que, citação chata e repetitiva
Cquote1.svg Já comi! Cquote2.svg
Comida sobre Você (isso tá parecendo alguma citação da Reversal Russa, só que eu nem entendi o porquê disso.
Cquote1.svg HAHAHAHHAHA!!! Cquote2.svg
Irariariarai sobre Dorgas manolo!
Cquote1.svg Não entendi... Cquote2.svg
Você sobre você no espelho
Cquote1.svg Dá pra parar com essas tantas citações aí? Cquote2.svg
Esse artigo contém demasiadas citações sobre remover as mais babacas
Cquote1.svg CHUPA! EU SEI FALAR! Cquote2.svg
Doutor Roberto sobre algum coisa que eu me esqueci enquanto estava escrevendo esse artigo.
Cquote1.svg Doutor Roberto não é o cara das reticências só? Cquote2.svg
William Bonner sobre "Boa Noite!"
Cquote1.svg Eu nunca assisti A Lagoa Azul Cquote2.svg
Narrador da Sessão da Tarde sobre uma turminha que devia cometer altas confusões.

Teoria da ilógica é uma teoria ilógica que tenta teorizar sobre a ilógica, algo que definitivamente e logicamente é ilogicamente impossível. O escritor dessa teoria só pode ser o mesmo escritor desse artigo, e portanto deve estar com dor de ouvido, chapado e sequelado, pois que não com fome e querendo comer pão com mortadela, além de estar com fimose, ou ao menos está com o braço doendo de tanto bater punheta escrever bobagens na sua vida.

Ah, e a perna direita dele só pode estar dormente. E tá doendo pra carai, porra!

Formulação[editar]

HEIM????

Como assim?

Ou seu puto, não entendeu ainda que minha perna tá dormente? Espera sentado com sua bunda na cadeira do seu computador aí que quando eu quiser eu escrevo!

Pra piorar, um inconveniente acaba de me chamar pra conversar na porra do Facebook. Espera aí um pouco até eu conseguir dar um fora nele... puta dor de ouvido do carai!




Bom, a formulação... formulação de que mesmo? Peraí, vou ali jantar e volto já pra concluir esse artigo. Vou deixar essa seção pra trás, tá uma merda dura e fedorenta mesmo...

Prever[editar]

Isto é apenas uma previsão. As modificações ainda não foram salvas!

Alguém sabe onde encontro uma gatinha chamado Panqueca?[editar]

Dá pra me explicar que imagem é essa aqui? Aliás, o que essa imagem tá fazendo aqui nesse artigo? O desenhista dessa merda nem no Paint sabe mexer, nossa!

Estou procurando pra dar de volta pra uma "amiga" minha, com fins exclusivamente amistosos, sem nenhum interesse além do de agradar a minha amiga e fazê-la sorrir de novo e também dar uma cheiradinha na gatinha dela. Quem tiver mais informações ligue para (011) 1406 e peça já seu Ambervision!

Um poeminha pra ilustrar esse artigo[editar]

Um elefante incomoda muita gente
Logo adiante vejo estrelas brilhando
Tá, tá, tá, tá, tá, Seu Madruga!
Raios e trovõooooooooes na cabeça do Doutor Abobrinha
A perereca da vizinha subiu na minha gaiola, xô perereca!
Jesusmariajosé, chama o síndico!
OooooooooooooooooooOOOOOOOOOoooooooooOOOOOOOOOOAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!
Humanidade sem ter o que fazer inventando merda pra escrever
Nada, nada, não-ser, nada, nada, que nada
Nem vi!
Y = X

E não, esse poema não é uma despoesia. Nem é um acróstico. Parem de enxergar coisas que não existem! Vocês estão doidões, é?

Isso não é um artigo[editar]

E Isso não é uma versão em inglês do artigo citado no título dessa seção.

E isso não é um cachimbo. É um cachimbo da paz.

Estou de volta pra escrever o resto da teoria e...[editar]

Peraí, mas que porra é essa?

Quem escreveu esse artigo assim?

Será que fui eu?

Não, com certeza isso foi obra do meu dedo. Esse meu dedo é um amigo imaginário muito traiçoeiro. E não, ele não quer virar proctologista, tá! SEUS PERVERTIDO!

Pra finalizar...[editar]

...ih, esqueci. Deixa assim mesmo.

Na verdade, eu nem te amo, mas vc tá uma puta duma gostosa!