Tereré

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
60px-Bouncywikilogo.gif
Para os fanáticos religiosos entre nós que escolhem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Tereré.


Cquote1.png Quem toma isso é uma maaaaaaaaaaaaachhhhoo Severino Cquote2.png
consumidor de Tereré
Cquote1.png Depois disso, é bom uma frigelis de melão, minha preferida Cquote2.png
Caninha sobre o necessário após o consumo de Tereré
Cquote1.png Na União soviética, o tereré toma você! Cquote2.png
Reversal russa sobre Tereré
Cquote1.png De onde eu venho eles fumam, aqui até bebem isso? Cquote2.png
Carioca sobre Tereré
Cquote1.png Isso é coisa dos deuses Cquote2.png
grego sobre Tereré
Cquote1.png És belo, és forte, és risonho e líííímpido Cquote2.png
Vanusa sobre Tereré

Tereré, (grafia correta em portunhol e brasileiro) trata-se do chimarrão paraguaio, que é consumido frio, pois seus inventores eram preguiçosos demais para esquentar a água. É consumida como bebida pelos sul-mato-grossenses e fumada pelos paulistas metidos a malacos.

Um ser não identificado tomando tereré. (Tereré??? isso é chimarrão!)
como mafagafos são teoricamente descendentes diretos de Tuiuiukamom o deus supremo do Tereré eles também o tomam em vez de come-lo

Tabela de conteúdo

[editar] História

O Tereré é de origem indígena, pois como não havia cerveja na época, resolveram beber tereré em rodinhas de amigos, coçando o saco e discutindo sobre caça e pesca esportiva. Usavam também como afrodisíacos em rituais de acasalamento. Mas essa técnica vem de muito antes, e, pela história, já era utilizado pelo povo Imbesiulamericano, que depois se repartiu e deu origem ao povo português e ao povo argentino.

Depois de alcançado uma certa popularidade e ao povo começar gostar da coisa, que por sinal é bom pra diabo, o Paraguai roubou o hábito consumista indígena e passou a exportá-lo para o mundo, mas não tiveram muito êxito.

Com o tempo, começou a ser muito consumido por Sul-Mato-Grossenses, Mineiros de Minas Gerais pra ser mais exato, e se espalhou pelo Brasil todo.

No estado de São Paulo é conhecido como PintoRê. Já no estado do Rio de Janeiro foi batizado como "Bala de fúsil"

Paulista consumindo tereré

[editar] 20 mandamentos do Tereré

Segundo a bíblia sul-mato-grossense dos deuses do pantanal quando Tuiuiukamon o supremo deus do Tereré veio a terra ele deixou 20 mandamentos para que todos os viciados tomadores de Tereré seguissem e assim garantissem sua ida a terra da ervinha sagrada.

  • 1. Amaras o tereré sobre todas as coisas.
  • 2. Tomaras com água bem gelada.
  • 3. Não mexas na bomba!
  • 4. Nunca peças para colocar açúcar na água.
  • 5. Não digas que o tereré é anti-higiênico.
  • 6. Não deixes um tereré pela metade.
  • 7. Não te envergonhes do "ronco" no fim do tereré.
  • 8. Não derramaras a sagrada erva.
  • 9. Não "durmas" com a cuia na mão.
  • 10.Não tomaras seu santo líquido em vão.
  • 11.Tomaras Tereré todos os santos dias.
  • 12.Honraras cuia e erva.
  • 13.Não aceitaras que Tereré é bebida Paraguaia
  • 14.Não pecar contra a capacidade da cuia.
  • 15.Não cuspiras na bomba.
  • 16.Não aceitaras que alguém fale: Tereré é maconha.
  • 17.Tereré não é chamarrão
  • 18.Não cobiçaras as ervas alheias.
  • 19.Tomaras sempre o sagrado Tereré bem amargo.
  • 20.respeitaras o sagrado ritual (roda de tereré).

[editar] Erva

A erva é produzida em diversos lugares, principalmente no Paraguai e aqui no Brasil. Trata-se de erva mate comum e não tem qualquer composição toxica comprovada. Ao contrario da erva de chimarrão, que é mais fina por tratar-se praticamente de um chá, a erva de tereré é mais grossa e tem o caráter de ser digestiva. Há vários sabores compostas como limão, menta e boldo, Burrito e Chá Verde, Tradicional, entre outras e quem sabe algum dia sabor perereca!

[editar] Acessórios

Os principais acessórios para o consumo do tereré são: chifre de boi guampa ou a Cuia e a Bomba (canudo metálico com uma especie de bola cheia de orifícios na ponta).

[editar] Guampa

Dependendo de sua classe social, há diferentes guampas: pode ser desde espetaculares cabaças enfeitadas com detalhes prateados até aquela canequinha de alumínio com propaganda política.

[editar] Preparo

Materiais necessários:

John Lennon, bebedor viciado de tereré
  • Erva
  • Bomba (C-4, mas pode usar a própria para tereré)
  • Canequinha de alumínio, guampa ou copo de requeijão
  • Líquido (água do filtro da torneira ou de rio mesmo, refrigerante, whisky, vodka, etc)
  • Gelo (a gosto), mas bom bom mesmo é trincando de gelado!
  • Garrafa térmica ou jarra do 1,99
  • Banheiro - podendo ter duas opções (Diurético ou Caguético)

Modo de preparo:

  • Acrescente a erva à canequinha de alumínio, introduza a bomba e acrescente o líquido escolhido à garrafa térmica, acrescente bastante gelo, acrescente sua bunda na poltrona e ligue no jogo, coloque moderadamente o líquido à canequinha, deixe parado por uns 5 segundos e tome, degustando o sabor da erva.
  • Após de cerca de 10 minutos, corra ao banheiro mais próximo e de uma mijada de 1,5 litros ou libere o tatu se for o caso. Dê descarga, e, após 30 minutos, corra novamente ao banheiro e repita o processo.
  • Lembre-se de dar descarga para não transbordar.



Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas