Teresópolis

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mico azul.JPG


O Mico Azul passou por aqui em 1903!!!

Mazzaropi02.jpg Enxada-2.pngEsti artigu é caipira, sô!!Enxada-1.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!

Hill Top Winter.gif Este artigo é GELAAAAAADO!

Mamutes vigiam o artigo, então vá pra casa, coloque um casaco e beba um chocolate-quente. Cuidado com o Yeti e não lute contra Sub-Zero!


Teresópolis "Tédio"
"Cidade Morta"
800px-Teresopolis-Prefeitura.jpg
Bandeira
"Igrejas, igrejas para todo lado"
"Há pouca rua nesta pastelaria chinesa"
Hino "Teresópolis, terra de merda"
Local onde tem tragédia
Idioma Carioquês
Geografia
Clima Calor, chuva e enchente no verão, frio e neblina no resto do ano
Locais de Referencia Comary e CBF (única coisa que presta na cidade)
Economia Falida
Produtos Exportados Nenhum
Política
Governo
Nuvola apps core.png
Cabralático
Atual Prefeito
Nuvola apps core.png
Mr. Merda Arlei
Vice-Prefeito
Nuvola apps core.png
um inútil que ninguém se importa
Mídia
Cidadãos Ilustres
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Esporte Símbolo Futsal no Pedrão
Santo Local Teresa

Cquote1.png HAHAHAHAHA OTÁRIOS! Cquote2.png
Nova Friburgo (cidade rival) sobre Teresópolis
Cquote1.png Muda de nome, porque todo mundo me confunde nessa porra! Cquote2.png
Petrópolis (cidade vizinha - porque dizer que é rival, é sacanagem com Petrópolis) sobre Teresópolis
Cquote1.png É pau, é pedra, é o fim do caminho! Cquote2.png
Tom Jobim, o Profeta de Sumidouro sobre a Tragédia da Região Serrana do Rio
Cquote1.png Isto non ecziste! Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Teresópolis
Cquote1.png São hora e quinze! Cquote2.png
Teresópolitano sobre fazendo "Teresopolitanisse"
Cquote1.png Você quis dizer: Roça Cquote2.png
Google sobre Teresópolis
Cquote1.png Você quis dizer: Terra amaldiçoada Cquote2.png
Google sobre Teresópolis
Cquote1.png Você quis dizer: lugar onde o vento faz a curva! Cquote2.png
Google sobre Teresópolis
Cquote1.png Você quis dizer: lugar onde Judas perdeu as Botas Cquote2.png
Google sobre Teresópolis
Cquote1.png Você quis dizer: lugar onde Judas perdeu as meias Cquote2.png
Google sobre Teresópolis
Cquote1.png Você quis dizer: lugar onde Judas perdeu as palmilhas Cquote2.png
Google sobre Teresópolis
Cquote1.png Você quis dizer: lugar onde Judas foi roubado. Cquote2.png
Google sobre Teresópolis
Cquote1.png Viva o monopólio Cquote2.png
Jacques, Viação Dedo de Deus sobre Teresópolis
Cquote1.png Ei, essa fala é minha.. Cquote2.png
Reitor da UNIFESO sobre Jacques
Cquote1.png Persona3 Minato Evoker.png Cquote2.png
Minato Arisato sobre Teresópolis

Que merda é essa?[editar]

Teresópolis (mais conhecida como 'Terê' pelos infelizes habitantes locais) é uma roça cidadezinha, metida a metrópole, localizada no estado do Rio de Janeiro, na Região Serrana, ao lado de Petrópolis e Nova Friburgo. A cidade é cercada por montanhas e favelas.

História[editar]

A maravilhosa arquitetura de Teresópolis (ops, mas a foto é de Nova Friburgo, que nos chamou de otários)

Tem seu nome em homenagem a Imperatriz Dona Teresa Cristina, um travesti que o Imperador D. Pedro II catou e resolveu dar amor e um lar. Teresa Cristina era o seu nome de guerra, e vivia nas esquinas da vida trajando um vestido longo e segurando um guarda-chuva. Com muito amor, D. Pedro (o Imperador pederasta) resolveu colocar o nome da cidade em sua homenagem, mesmo sabendo que Teresão nunca tinha pisado ali.

Bairros[editar]

Outras denominações comum para a bela Teresópolis, são os termos 'Favelópolis", "Tediosópolis" ou "Terêtédio" devido ao número incalculável de favelas bairros nojentos que ali existem. Vale lembrar que qualquer lugar que você ande pela cidade é encontrado um bairro humilde. Teresópolis é a cidade proporcionalmente mais favelizada do estado. Inclusive a mais agitada também.

Podemos citar: Quinta Lebrão, Fonte de boca de fumo Santa, Meudon, Jardim Meudon (que é a mesma porra do Meudon, só que com mais bandidos cheiradores de cocaína), Rosário, Perpétuo, Morro do Tiro, Beira Linha, Vale da Revolta, Pimentel, Barroso, Paineiras, São Pedro... A lista é gigante, ou seja, o que tem de favelado e preto bandido nessa porra de cidade é coisa de louco.

Pontos turísticos[editar]

Teresão
  • Parque Nacional da Serra dos Órgãos
  • CBF
  • Estátua de Teresão com guarda-chuva
  • CBF
  • Feirinha do Alto
  • Peraí, eu já falei da CBF?

Comércio[editar]

A economia da cidade... Pera aí? que economia? existe isso? Toda a economia desta cidade está dominada por chines como: lanchonetes (conhecida e apelidada pelos otários moradores de Mc'China), Pastelaria da China, Lanchonete do Chinês, Loja de Bijuteria das Chinesas, demais coisas de chinês... Também tem a Feirinha do Alto e Mercado Popular (que tem mais chinês que brasileiro) localizado ao lado da Rodoviária (e com nome do turco que trabalhava no lojinha no Natal até as 23h45). A cidade não possui nenhuma empresa de grande porte que seja decente. As poucas empresas que tentam se destacar atualmente, são lembradas por mortes acidentes no trabalho.

Além do fato de existirem de 4 a 12 Igrejas Universal, evangelica, presbeteriana por metro quadrado, uns 200 hoteis e 300 restaurantes em uma cidade que não tem nem tamanho pra tanta coisa. Depois das chuvas de Janeiro de 2011, a cidade morreu, o pouco turismo que havia, desapareceu, ou seja Tere virou cidade para velho se aposentar e morar.

Clima[editar]

Dia típico de Teresópolis

Teresópolis possui um clima ótimo para quem quer ficar a semana inteira dentro de casa debaixo de cobertas. Isso é, pra quem tem casa e cobertas: Teresópolis também possui um alto índice de moradores de ruas, que chegam adoeçerem de frio... Porém, é bem pior em Friburgo, onde eles morrem congelados devido ao coração bão dos prefeitos e dos metidos a ricos moradores de lá. Ademais, tem 411 dias de chuva por ano e se destaca por apresentar uma única estação por todo o ano.

Transportes[editar]

transporte bem comum em teresópolis

Um dos pontos positivos da cidade é o incrível sistema de transporte público, que conta com a invejável qualidade da Viação Dedo de Deus e sua passagem custando míseros R$ 3,30. Com sua qualidade magnânima, sem ar condicionado, sem rádio, com bancos velhos, sujos impecáveis e cheirosos, permite que os passageiros peguem AIDS e HERPES GENITAL sentando nos bancos façam uma feliz viagem. Leva e traz com nível de 1º mundo os moradores da cidade e da roça ao trabalho e a qualquer outra atividade que se queira fazer em Teresópolis.

Foi lançado há pouco tempo o "ônibus a R$ 1,00" o que transporta favelados pessoas boazinhas amontoadas até os dentes à uma galáxia distante, numa longa viagem de 3km por dia que faz com que estes ônibus sejam vistos a cada 10.900 anos. Porém, esses ônibus se tornaram mais raros do que um dia de paz no colégio Paulo Freire.

População[editar]

Jovem teresopolitano

A população teresopolitana é composta por cerca de 70% idosos, 15% por bandidos, 10% de Gays/Emos/Playboys e todos eles são favelados. A principal diversão da juventude local é ficar sem fazer nada pelas praças do Centro; na galeria que chamam de Shopping; no próprio Shopping, onde costumam a entrar para se olharem no espelho e tirarem fotos; e na boca de fumo Praça Olímpica, onde acontecem brigas sem nenhum motivo e propósito. É visível o gosto da população local por cordões de prata, penteados com gel, bonés virados e celulares que reproduzem música, claro, sem os fones. Geralmente carregam um destes utensílios:

  • uma Bíblia;
  • uma trouxinha de maconha;
  • um celular tocando músicas sertanejas ou de bandas de opção sexual duvidosa;

Teresópolis também é caracterizada pelos bandidos, muitas vezes menores de idade, vindos de bairros como Quinta Lebrão, Fonte Santa e Rosário, que nada mais nada menos, são os homens que trabalham honestamente roubando os outros, assaltando os lugares, pessoas e tudo que tiver algum bem que ela ainda não tem, ou que sirva pra trocar por droga ou dinheiro. Também há grande concentração de meretrizes (a grande maioria com idade média de 16 a 23 aninhos) ao redor da cidade para receber nossos retardados turistas,que vem para a cidade para morrer de frio curtir nas férias.

Diversão e Lazer[editar]

Os caras de Teresópolis se julgam os maiores pegadores

Esse tópico não deverá ser de grande importância, já que não há absolutamente nada para fazer na pacata cidade. A partir das 20h não se encontra mais uma alma viva pelas ruas da cidade, já que os 7 ônibus da Viação Dedo de Deus que circulam na cidade se reduzem a apenas 2 a partir desse horário.

A 'night bombante' teresopolitana fica por conta da boate 'Class', 'Fest', 'Inferninho', 'Fundo de quintal' ou outro nome qualquer (já que a casa tem a tradição de mudar de nome cerca de 5 vezes por mês), um ambiente pouco maior que o banheiro de empregada dos frequentadores do local. Lá você ouve a música que tocou a 4 meses atrás no Rio de Janeiro e 5 meses em São Paulo. Além de ter a oportunidade de assistir shows e ouvir Dj's fantasmas. Já que virou costume anunciar Dj's e artistas que nunca aparecem.

Sua comanda é muito bem administrada pelos garçons que rabiscam nela qualquer coisa. Isso costuma acarretar para os infelizes que frequentam o local, desentendimentos com o cara baixinho que fica no caixa. O baixinho até que dá um desconto, releva e acata ao ditado "o cliente tem sempre a razão" por conhecer seus empregados. Mas se algum infeliz azarento for pagar a conta e encontrar o gordo que tentou ser apresentador da tv local; É fria. Ele vai te cobrar o que você não consumiu e mais 15% pro garçom. Garçom este que discutiu com você na mesa e te serviu muito mal. Coitados, não os culpo, afinal são 3 garçons pra servir 2 andares de casa e um monte de bêbado. Bom atendimento é meio que impossível em tal condição de trabalho.

Frequentadores da casa de shows "La Bamba"

Quem possui um veículo motorizado na cidade pode optar os shows 'alto nível' da enorme boate 'La Bamba', antigo curral. Localizada na estrada Teresópolis-Friburgo, sempre trazendo pseudo-artistas como: 'Os Havaianos', 'Leandro e as Abusadas', 'Os Ousados', entre outros amplamente conhecidos em cidades como Magé, Guapimirim, São Gonçalo e Itaboraí. Tradicionais exportadoras de produtos de qualidade para Teresópolis, como doentes graves, funks 'de primeira', trombadinhas baixadenses, amantes para maridos, moradores de rua, entre outros.

Não podemos esquecer da imensa galeria chamada "Teresópolis Shopping Center", tradicional ponto de encontro de grupos de adolescentes esquisitos da cidade, de cada 10 frequentadores do Shopping, 9 são gays, lésbicas, emos ou algo do tipo.

Reza a lenda que eles se reúnem no local porque se fizessem isso em via pública seriam espancados pelos outros tipos de grupos característicos do local, originários principalmente de áreas de risco interditadas pela Defesa Civil Municipal.

Carnaval[editar]

O tradicional carnaval de Teresópolis é conhecido como 'o melhor da região serrana', e conta com 10 incríveis escolas de samba: Bambas da Serra / Rainha do Alto / Leões da Tijuca / Unidos da Barra / Unidos do Rosário / Imperatriz do Perpétuo / Unidos de Santa Cecília / Cala Boca / Roseira Imperial / e Gaviões da Colina. Seus ensaios movimentam a 'comunidade' até altas horas ao som inigualável das baterias que contam com algo entre 4 e 8 ritmistas de raro cunho musical. O trabalho de confecção das fantasias e dos carros alegóricos começa quase todos os anos pontualmente 2 semanas antes do Carnaval, garantindo, assim, a ótima qualidade do desfile que será posto na avenida, no centro da cidade.

Outra característica importante do carnaval teresopolitano é quantidade de bêbados, viados e mulheres feias por metro quadrado, qualidade que coloca Teresópolis entre as cidades mais belas do estado durante a semana de folia.

Os inteligentérrimos fazem o carnaval na denominada "reta", que é uma enorme rua que atravessa toda a micro-cidade, sendo assim os Fuscas 64 ficam amontoados, já que essa é a única rua com 2 faixas em Micrópolis e como é a única rua (mesmo com os acéfalos da Secretaria de Obras colocando o asfalto sobre os paralelepípedos, sem o cascalho entre outros (até eu sei disso!) de verdade neste Fim de Mundo, as outras "ruas" ficam completamente engarrafadas, e o problema é quando um carro enguiça, o que não é novidade nesta coisa.

Política[editar]

Uma das úteis aquisições da prefeitura

Arlei é o prefeito de Teresópolis. Dono de uma loja de caminhões roubados já entrou na prefeitura mostrando a que veio: comprou toda uma nova frota de veículos de sua loja para melhor atender a população. E exibiu seu feito em frente a prefeitura.

OrdiMário é o ex-prefeito de Teresópolis. Ficava a semana em seu luxuoso condomínio de gente como ele, afim de se poupar de reclamações populares e entrevistas, mas principalmente, de qualquer trabalho. Manteve parte da população, pobre e afetada pelo 12 de janeiro, continua desabrigada, morando de favor em barracas de camping ou em galpões. Esvaziou os cofres da prefeitura com seu bolso e com a colocação de luzes verdes na Avenida principal. Comprou, com dinheiro público, 3 prédios pra si e colocou silicone nas nádegas. Nunca se importou com o aumento abusivo da passagem de ônibus requerida por seu marido Jacks da viação, uma vez que Teresópolis tem o transporte mais caro do país em relação à sua dimensão. Foi caçado, mas fugiu pra Bahia e vive feliz para sempre com seu traseiro turbinado, seu travesti e sua filha monstra.