Terraços de Arroz de Honghe Hani

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Terraços de Arroz de Honghe Hani é uma pitoresca região em Yunnan, na Conchinchina, destacada pela maneira arcaica com que camponeses cultivam milhares de hectares de arroz, recusando-se a ceder à tecnologia avançada de agricultura em larga escala de ponta, que é considerada capitalista demais.

História[editar]

Camponeses de Honghe Hani procurando um dente de alho perdido entre seu arroz.

A China possui uma população putaqueparivalmente imensa, e nem todos se alimentam de fotossíntese como os mais evoluídos de Xangai tem a capacidade, sendo portanto inviável alimentar tantos trabalhadores do proletariado chinês com marmitas completas, então resta a opção de nutri-los com toneladas de puro arroz com pedacinhos irrisórios de cenoura e outras coisas semi-comestíveis, o yakimeshi. Devido a essa necessidade social alimentícia crucial, a China se tornou o país do mundo com a mais avançada tecnologia de agricultura arrozeária, conseguindo plantar arroz no solo mais infértil possível e na montanha mais escarpada que houver.

O resultado foram regiões como a de Honghe Hani, cuja natuireza nativa foi completamente devastada para a produção de um cereal pouquíssimo nutritivo, o arroz.

Embora o arrozal tenha perdido importância com a industrialização e globalização, o local poderia ser um ótimo destino turístico por sua paisagem que parece uma obra de arte, mas infelizmente as meninas solteiras encontram por lá um ambiente muito hostil, visto que por ser um arrozal possui muito arrozeiros, garotos chinesinhos chatos que ficam dando em cima de gurias com muito papo tosco e babação e não param de ficar acompanhando e em volta de uma mina mesmo que ela deixe bem claro que não quer nada com ele.

Estrutura[editar]

Os arrozais de Honghe Hani são formado por degraus nas montanhas, e cada degrau é um charco cheio de arroz multicoloridos, a maioria brancos, mas tem alguns vermelhos, outros verdes e uns mais raros amarelados.