Terra de Francisco José

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Motel 5 cavalos.jpg #Bolsomito2018

Aí, mermão, este artigo aqui, ó, é brasileiro, tá ligado? Só fala de futebol, come feijoada, exporta diplomatas e prostitutas, puxa o saco de políticos e de picaretas em geral, paga imposto pra caralho e põe a culpa no governo pela ausência do Prêmio Nobel.


A Terra de Francisco José é a única colônia russa realmente quente.

Pré-História[editar]

Um nativo da terra

Durante o século XVIII, a expansão russa criou várias colônias ao redor do mundo (felizmente, todas perdidas). A única colônia desse período que conseguiu ficar nas mãos dos russos foi a Terra de Francisco José. Fundada em 1700 e escambau do judas, até hoje ninguém sabe como os russos chegaram lá, num lugar no sertão brasileiro. A teoria mais aceita é de que um náufrago brasileiro, chamado Francisco José, teria naufragado (sério?) perto de Vladivostok. Resgatado pela população local, ele foi levado pelo Balé Bolshoi em turnê, como atração circense. O imperador russo, Sergei, o Poderoso(ui!), interessado em saber mais sobre o estrangeiro, convocou Francisco José para a corte imperial do reino. Interessado com as histórias que "Chico Zé" contava de sua terra natal, o sertão brasileiro, rapidamente enviou uma expedição para o local.

Fundação[editar]

Enviada a expedição, a esquadra enfrentou inúmeras provações. primeiro, como o local ficava no interio, eles teriam que aportar em algum lugar, o que realmente aconteceu. Em 1º de Abril, a expedição chegou no Porto dos Tubarões, e aí se iniciaria a expedição por terra. O problema depois foi a matança dos expedicionários, que vieram preparados para um frio mortal, e encontraram um calor dos infernos (já que Francisco não sabia falar russo muito bem). Quando os aventureiros restantes chegaram em uma terra que satisfizesse o imperador, fundaram lá uma colônia, batizada de Franziskovsk Jozevic, em homenagem ao explorador brasileiro.

Atualmente[editar]

Passados mais de duzentos da fundação da colônia, ela continua firme, apesar da população ter se acostumado com a pouca água, se adaptaram muito bem ao calor. Também é a área sertaneja onde há mais analfabetos por metro quadrado(na verdade, toda a população sabe ler e escrever, mas apenas russo, e o IBGE não leva isso em consideração.