Territórios do Noroeste

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Cannaba.jpg UNCLEFUCKER!!

Este artigo contém humor canadense, eh? Seu autor é um lenhador que vive em uma floresta de pinheiros. Se você vandalizar, a Polícia Montada e o Toronto Maple Leafs irão atrás de você!
A bandeira do Territórios do Noreste, simbolizando o Sasquatch que lá se esconde.

Cquote1.png Eu que deveria ser chamado de Território do Noroeste, não você Cquote2.png
Yukon sobre Territórios do Noroeste
Cquote1.png Discordo, na verdade deveria ser Ontário Cquote2.png
Carla Perez sobre quem deveria se chamar Territórios do Noroeste
Cquote1.png Ainda bem que me separei de você, agora posso ficar na merda sozinho Cquote2.png
Nunavut sobre Territórios do Noroeste
Cquote1.png Não tem nada que preste Cquote2.png
Você sobre Territórios do Noroeste
Cquote1.png Tirando os diamantes Cquote2.png
Eu sobre Territórios do Noroeste

Os Territórios do Noroeste, na verdade, não são territórios, mas sim apenas um território. Eles também não ficam no noroeste, pois na prática quem fica nesse canto é o Yukon. Mesmo assim, os Territórios do Noroeste se chamam Territórios do Noroeste (???). No fundo, é mais uma típica região canadense, com muita taiga, ursos, neve e mais nada de interessante. É considerado junto com Yukon o território menos inútil do Canadá.

História[editar]

Esse sim que fica no noroeste, não os Territórios do Noroeste (?).

A história dos Territórios do Norte Noroeste tem início com a chegada de uma multinacional brintânica ao Canadá, a Companhia da Baía de Hudson. Essa empresa era especialista na confecção de casacos de pele bregas, mas que estavam na moda naquela época. Vai entender esse negócio de moda... Continuando, o governo britânico, não achando nada de útil que pudesse ser explorado por aquelas bandas, deixou a companhia dominar o território.

Por muito tempo essa empresa dominou a região onde hoje fica atualmente os Territórios do Noroeste. Era uma espécie de McDonalds ou Coca-Cola da época, com a diferença que não usava mensagens subliminares nas suas propagandas, pois a mesma ainda não havia sido desenvolvida. Em 1800 e lá vai bolinha, a companhia vendeu o território ao Canadá. Essa venda foi muito mais lucrativa do que a extração de peles e a venda de casacos escrotos, atividades da companhia.

Apesar de ter comprado o território, o governo canadense nem se importava com os territórios. Ele só havia comprado a região para ultrapassar os Estados Unidos em área, e assim ganhar de alguma coisa dos ianques. No início, os Territórios do Noroeste ocupavam quase todo o norte do Canadá, o Alasca e parte do Acre. Mas depois as regiões foram se separando e formando outras províncias e territórios.

Recentemente, os inuítes, depois de formarem um grupo terrorista com o objetivo de se tornarem independentes, se separaram dos Territórios do Noroeste. Assim criaram Nunavut. Para os Territórios do Noroeste, foi um bom negócio, afinal eles não precisariam nunca mais sustentar os esquimós. Para os esquimós também foi bom, pois agora eles podem se revelar praticar seus rituais estranhos sem prestar contas a ninguém.

Geografia[editar]

A floresta monótona que cobre quase todo o território.

Grande parte dos Territórios do Noroeste é coberta por taiga. São milhares e milhares de quilômetros cobertos por uma floresta entediante, pois na taiga todas as árvores são extremamente idênticas. No norte, onde há a tundra, é frio pra cacete. Apenas ursos polares se arriscam a ficar por lá durante o inverno. O resto é formado por lagos, icebergs e um grande vazio.

Demografia[editar]

A população se divide em dois grupos: De um lado os europeus e canadenses, do outro os povos nativos, formados por esquimós e outros índios. Estes normalmente lutam entre si, e raramente não estão na porrada um com o outro. Algo afinal, afinal tudo é a mesma porra coisa.

Economia[editar]

Mina de diamante dos Territórios do Noroeste. Ela concorre com o Estado de Carajás pelo título de cú do mundo.

A única coisa que realmente dá dinheiro é a exploração de diamantes em minas em formato de cú do mundo. Porém, os diamantes canadenses não conseguem superar a concorrência africana. Isso porque os diamantes de sangue africanos saem muito mais baratos. Incrivelmente, os Territórios do Noroeste possuem o maior PIB do Canadá. Mas não se engane, eles não são ricos. É que provavelmente os responsáveis pelo cálculo do PIB erraram na matemática.


v d e h
TERRITÓRIOS DO NOROESTE