The International

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

O The International, também chamado de TI é um campeonato semi profissional de times do jogo Dota 2, que é o principal campeonato do jogo é realizado uma vez por ano, onde é financiada pela empresa Valve e abriga 16 times nos campeonatos.

O campeonato em si, já que não pode ser conhecido pela falta de habilidade da maioria dos jogadores desse evento, nem pela viadagem do jogo (já que isso é exclusivo do LoL mesmo), além do estilo bárbaro de jogo com média de 50 mortes por jogo ao contrário dos jogos estratégicos e sonolentos do LoL, o The International ao pedido do chefinho da Valve, Gabe Newell, fez que a competição fosse famosa mais pela premiação de mais de 8000 mil (WTF?) dólares juntados das carteiras das as inúmeras promoções de jogos da Steam, contando com dinheiro dos idiotas espectadores dos eventos.

O motivo dessa competição ter um prêmio maior que as outras, apesar de terem mais jogadores seria uma recompensa para quem realmente conseguisse jogar o Dota 2, já que é um jogo que precisa de mais estratégia do que o rival League of Legends e os jogos de tiros, já que no League of Legends possuem campeões que nem precisa de cérebro nem de habilidade para jogar. como uma manifestação para tentar combater.

O campeonato também é conhecido pela bipolaridade das atuações das equipes, não sabendo se um jogo do campeonato poderá ser mais rápido que uma ejaculação precoce ou demorar mais que um jogo de futebol. Se você achava estranho o prêmio das Intel Extreme Masters ser um prato esquisito, os troféus das duas LCS do LoL serem em formato de vibrador para satisfazer os jogadores, o mero troféu do The International não é nada mais que um escudo que diz ser banhado com ouro e vibranium, segundo o CEO da Valve, Gabe Newell.

Surgimento e regulamentos[editar]

Um ginásio do The International com grande público em dia de jogos.

O The International surgiu em 2011 assim como o League of Legends World Championship, porém ao contrário da competição rival, onde começou em um porão qualquer na Europa com um prêmio de 1 milhão de dólares zimbabuanos, o Dota para rivalizar, colocou em uma arena de primeira classe também na Europa (isso até se mudar para os EUA) para sediar os eventos com o prêmio de mais de 10 milhões de dólares zimbabueanos, e em cada competição aumenta ainda mais a premiação.

A competição surgiu com 16 equipes que se classificavam em vários campeonatos quase irrelevantes para o cenário de Dota 2 e para satisfazer os torcedores do Dota 2, a competição começou com o modelo "quatro grupos de quatro" (ui!) antes mesmo do rival, porém depois da fase de grupos, continuou-se o mesmo critério esdrúxulo que possui até hoje, uma fase eliminatória feita em dois grupos, o grupo maior para as equipes melhores colocadas, e o grupo menor, feita para as piores equipes e eliminatórias de morte súbita.

A competição segue no grupo maior até sair o vencedor delas, e com isso acontecem os jogos da fase do grupo menor, onde acontecem as piores equipes do campeonato, depois juntando as eliminadas do grupo maior e enfim sair o vencedor dos perdedores. Na grande final, envolvendo mais de 8000 barras de ouro que valem mais do que dinheiro, o vencedor dos vencedores e o vencedor dos perdedores se enfrentam em uma final de melhor de cinco, onde o perdedor chora, porém chora com bastante dinheiro e vencedor sai com uma porrada de dinheiro, podendo até decretar falência da equipe no jogo ou geral (já que os títulos do TI são restringidos atualmente 1 vez por equipe) e uma plaquinha inútil do Guinness World Records de equipe maior premiada, já que o recorde vai parar nas mãos da vencedora do próximo ano mesmo.

Para que o Dota 2 não seja confundindo com o League of Legends em viadagem, a fase de grupos mudou nas competições mais atuais e resolveram tirar o quatro grupos de quatro, que era exclusivo do lolzinho e colocar dois grupos de oito, com mais jogos.

Popularidade[editar]

Pelo fato da ruindade das equipes brasileiras no jogo, além do sucesso (não atual) das equipes tanto no League of Legends quanto no Counter-Strike, isso fez que a maioria dos brasileiros ficasse cagando e andando para essa competição, assim como os coreanos, que apenas se importam com LoL, Overwatch e Starcraft.

Já que os brasileiros não curtam muito a competição de Dota, a competição é adorada pelos americanos (já que conseguem ganhar algo dos asiáticos), pelos chineses (que estão fartos da freguesia nos outros jogos de e-sports) e também pelos europeus, onde atualmente são as melhores regiões do jogo, além da região da CIS, que atualmente é uma região museu, porém respeitada pelos doteiros.

Lista de vencedores[editar]

Ano Campeão Vice
2011 Flag of Ukraine.png Não Vence Bandeira da República Popular da China.png ERROU
2012 Bandeira da República Popular da China.png Morreu na Praia Flag of Ukraine.png Não Vence
2013 Bandeira da Suecia.png Divórcio Flag of Ukraine.png Não Vence
2014 Bandeira da República Popular da China.png Noobs Bandeira da República Popular da China.png Vice Gaming
2015 Bandeira dos EUA.png Burros do Mal Bandeira da República Popular da China.png CU Gaming
2016 Bandeira da República Popular da China.png Winx Gaming Bandeira dos EUA.png Professor Chaos
2017 Eu!naz1.gif Time Liquidado Bandeira da República Popular da China.png Noobs
2018 Eu!naz1.gif OK Bandeira da República Popular da China.png PQP.LSD
2019 Eu!naz1.gif OK Eu!naz1.gif Time Liquidado

Vencedores por título[editar]

Ver também[editar]