Tibagi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mazzaropi02.jpg Enxada-2.pngEsti artigu é caipira, sô!!Enxada-1.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!


Tibagi Tibagiense, Tibagiano e outros 327 nomes
[[Arquivo:{{{imagem}}}|150px]]
Bandeira
"pior que tá não fica"
Hino
Local Perto de Telêmaco Borba,longe de Ponta Grossa pra Caralho
Idioma Caipira Alpha
Geografia
Clima Indistinguível
Locais de referência Centro da cidade, e uma vala chamada Cânion Guartelá
Economia Dinheiro,Comércio de lembrancinhas e muita Agricultura
Produtos exportados Soja, e carne de coelho
Política
Governo
Nuvola apps core.png
Democrático.
Atual prefeito
Nuvola apps core.png
Aquele que recebeu boquete no elevador em Brasilia.
Vice-prefeito
Nuvola apps core.png
Ínvisível
Mídia
Cidadãos ilustres
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Guataçara Borba Carneiro
Esporte símbolo {{{esportesimbolo}}}
Santo local Nossa senhora das Farmácias

Cquote1.png Você quis dizer: Cidade Fudida Cquote2.png
Google sobre Tibagi

Tibagi é uma cidade do interior do Paraná com um pouco mais, um pouco menos de 20.000 habitantes. Ela é essencialmente caipira, ou seja, na sua linguagem usa-se palavras como "fumo"(do verbo ir),"vortemo","di"(do verbo dar) e outras caipiragens. O nome da cidade (que deriva do rio do mesmo nome) e que até hoje não se sabe a tradução, que é de origem Jedi.Alguns chutam "grandes águas","grandes cachoeiras" e outros 5442 nomes com conotação com água. Teve destaque com o prefeito que foi para Brasilia receber boquete em um elevador.

A paróquia da cidade, durante uma crise de Anemia.

História[editar]

No ano de 1900 e guaraná com rolha uns Tropeiros passaram pela cidade, formando ali um Bordel posto de trocas. Depois de se emanciparem em 18 de março de 1872, depois pediram para um engenheiro francês desenhar uma cidade, e por pura vagabundagem ele desenhou as ruas como jogo da velha e ainda foi pago por isso. Depois os caipiras e baianos começaram a se amontoar no centro da cidade, que continua a mesma merda até hoje, com prédios velhos e caindo ao pedaços. Em 1939 os MULTIMILIONÁRIOS da Klabin queriam montar sua fábrica de papel na cidade, mas o Estúpido prefeito da época,Guateçara Borba Carneiro rejeitou o projeto, dizendo que a cidade ia se tornar "poluída",e mandou a fábrica para um distrito da cidade, o Monte Alegre,que em 2 meses ajuntou 100 mil operários e se separou de Tibagi deixando a cidade no Limbo total, que perdura até hoje. As pessoas iam de carroça para Castro a 80 km da cidade, porque não tinha asfalto, pra vocês verem o naipe de pobreza. A primeira vez que a caipirada viu asfalto na vida foi só em 1985!.Hoje a cidade está no mesmo limbo de 100 anos atrás (mas pelo menos tem uma rua asfaltada).

O tal dito citada vala o Cânion, que atrai turistas.

Economia[editar]

A cidade vive ás custas do dinheiro governo federal e vive de plantações de batata e mandioca, e alguns vendedores de bugigangas no centro. O carnaval é a única atração festiva da cidade e atrai 2000 turistas idiotas de Telêmaco Borba todo o ano.e também a venda da pamonha e a zona

População[editar]

Composta de:

  • 1000% de sitiantes
  • 721% de caipiras
  • 118% de descendentes de baianos
  • 84% de analfabetos
  • 0,001% de professores
O centro da cidade, totalmente arrebentado, como se pode notar.

Mulheres Tibagianas[editar]

As mulheres de Tibagi são formadas por maioria de germanicas,negras e indigenas

==Homens Tibagianos==

são caboclos e indigenas da tribo dos olomeus.

Pontos Turísticos[editar]

  • Canyon Guartelá: Vala gigantesca cavada pelo rio Iapó que atrai milhões de idiotas turistas que nunca viram mato e pedras na vida.
  • Biblioteca Pública: Biblioteca cheia de livros inúteis, da época de 1900 e virgindade da minha avó.
  • Ladeira da nhá Tota: É uma espécie de parque única no Brasil:uma espécie de ladeira-parque, que privilegia a vista do Mato Rio Tibagi. Esta cheio de maconheiros e bêbados.
  • Salto Santa Rosa: Uma cachoeira de 2,6 metros de altura, que por incrível que pareça atrai turistas. O lugar

também tem uma piscina com um tobogã de 40 centímetros.

  • Centro Histórico: Centro da cidade, cheio de prédios caindo aos pedaços.
  • Chafariz Central: Lugar muito chato, vamos pra próxima
  • Paróquia Nossa Senhora dos Remédios: É a igreja, que tem o mesmo nome da padroeira da cidade que atrai poucos muitos fiéis.
A cidade de que tanto eu enchi o saco de quem tá lendo.

Mercado Gobbo: o pior mercado da cidade, é tudo podre, uma bosta que nem o dono.

Bairros da cidade[editar]

  • Centro: Onde moram os ricos e as pessoas mais velhas da cidade, que chegaram na região bem antes dos tropeiros, na Era Mesozoica,e também vive a maioria dos gays
  • Vila Santa Rita: Bairro nos limites da cidade, e que esta engolindo toda a floresta na beira de um rio, onde mora um monte gente aglomerada.
  • Vila São José: Lugar mais fudido pobre da cidade. Se quiser morar num lugar agitado e cheio de violência seu lugar é ali. É cheio de maconheiro.
  • Multirão do Nequinho: Lugar mais alto da cidade. A única vantagem de morar ali é a vista, porque se for comodidade, fica longe de tudo..se acontecer um terremoto se você morre antes mesmo de chegar a um hospital (que nem é muito longe por sinal).
  • Santa Paula: Igual a Santa Rita, a mesma bosta.
  • Vila Divina Providência: Cheio de mato e maconheiros ladrões pessoas acima e abaixo da lei.
  • 18 de março: Mais maconheiros e uma praça inútil que serve para nada.
  • Alto do Amparo: Lugar onde só moram sitiantes pode-se ver galinhas,cavalos e tratores na unica rua da vila.
  • Caetano Mendes: Onde o judas perdeu as botas e onde os ônibus que fazem trajeto de Curitiba e Reserva param no meio do mato para as pessoas embarcarem e desembarcarem.

Rio Tibagi[editar]

Rio que dá nome a cidade, que é muito limpo antes de chegar em Telêmaco Borba pelo menos, e que muita gente pobre vai nadar nos seu afluentes no fim de semana porque não tem dinheiro.