Tiumen (óblast)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Finland-Flag.jpg

SUOMEN SIVU! Estte ärttigö é suomolainen!

Ele joga hökkei, frekkuentta saunas, chuppa salmiakki, usa o mesmo jino dos esttönjanos, louva Heävy Mettal e dettestta huusos! Näo vandaliize, ou te faremos se suycidäär!


Bandeira da Islandia (1918 e 1944).png Este artigo é GELAAAAAADO!

Mamutes vigiam o artigo, então vá pra casa, coloque um casaco e beba um chocolate-quente. Cuidado com o Yeti e não lute contra Sub-Zero!

Cquote1.png Você quis dizer: Também? Cquote2.png
Google sobre Tiumen (óblast)

Tiumen(em russo, Tиyмeн) é o Óblast russo fronteiriço à Finlândia, ou seja, é frio pra cacete e sem senso de humor.

História[editar]

O óblast de Tiumen circulado

A atual região do Óblast de Tiumen, durante eras foi uma região finlandesa, criada e liderada pelo lendário Svan Olaph Tiumen. Por ser uma terra muito fria, viver lá sempre foi muito difícil. Quando Tiumen (o homen) chegou naquelas bandas, encontrou apenas uma terra desolada, gelo, frio e um cheiro de morte. Após muita insistência, talvez uma das maiores insistências da história, conseguiu transformar aquele estepe de gelo em uma região altamente desenvolvida. Aquilo deixou o império russo muito assustado, pois a Finlândia podia usar aquela área estratégica para atacar São Petersburgo. Ivan, o Terrível acabou invadindo Tiumen para fazer número em sua coleção de territórios conquistados.

A 1ª Guerra de Tiumen[editar]

A invasão russa foi seguida por uma declaração de guerra da Finlândia, que atacou São Petersburgo, iniciativa que almejava a muito tempo. A Rússia, despeitada, invadiu a Finlândia e destruiu centenas de vilarejos e fábricas da Nokia, o que quase causou a falência da Finlândia (o país levou décadas para se recuperar). Enquanto isso, a Rússia escravisou a população de Tiumen, matou Svan e depois se retirou para dentro dos limites russos, para comemorar com a básica rodada grátis de vodka. Enquanto isso, a Finlândia já preparava o contra-ataque.

A 2ª Guerra de Tiumen[editar]

Como teve a primeira, é óbvio que teve a segunda, os finlandeses se deram bem. Atacando de surpresa, o exército finlandês surpreendeu (jura?) o desavisado exército russo, e chegou a estar a apenas 5 km de Moscou (nova capital). Durante o tempo de marcha da Finlândia até Moscou, o exército russo se recuperou, e, em vez de perseguir os finlandeses, invadiu a Finlândia e destruiu qualquer coisa que encontrou pelo caminho, como não havia nada na Finlândia, essa tática falhou. A Finlândia não desistiu, manteve o caminho para Moscou. Contudo, eles não esperavam pelos Cossacos, que combateram valentemente, e conseguiram derrotar definitivamente a Finlândia. Assim se assinou um tratado de paz e Tiumen se tornou um glorioso estado russo.

Atualmente[editar]

Agora Óblast Tiumen, a colonização foi desnecessária, visto que já possuia uma população anterior mais acostumada com a região. O problema é que a população era quase que totalmente composta de descendentes de finlandeses (os outros habitantes eram soldados russos que ficaram por lá), e podia ocorrer um problema parecido com o da Chechênia. Para evitar esse tipo de problema, o império fez toda uma campanha para convencer os finlandeses de que ser russo era divertido e uma antipropagando mostrando como os finlandeses são infelizes. Cansado de guerras, o povo Tiumen acababou aceitando. Hoje em dia, o Óblast de Tiumen é um dos mais pacíficos e quietos de toda a Rússia, e a Nokia planeja instalar uma fábrica lá.