Tomsk (óblast)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Omsk Cquote2.png
Google sobre Tomsk (óblast)
Tomsk(em russo, Томck), um óblast situado ao sul Sibéria, logo é gelado pra porra e não tem absolutamente nada para se fazer.

História[editar]

Brasão Tomsk.

Tomsk parece uma cidade medieval saída de contos de fadas e aventuras em prosa. Situado nas planícies do mais meio do nada da Ásia, Tomsk deve sua existência aos cavalos, o símbolo nacional. Sem a versatilidade do transporte equino, Tomsk jamais existiria.

O território vasto e vazio de Tomsk, desde sempre foi Rússia, e para sempre vai ser Rússia. Esquecido pelo resto do país, Tomsk na verdade até parece uma região autônoma. Moscou está nem aí para o que o povo dessa região fazem, não interessa o quanto de capim eles colhem, ou quanto cavalgaram.

O símbolo nacional se deve aos cavalos apreciados na região, em Tomsk matar um cavalo é igual a matar uma vaca na Índia ou humanos no Brasil

Etnia[editar]

Formado por mongóis em geral, todos os habitantes de Tomsk possuem como irmão um cavalo que os acompanham pelo resto de sua vida. Os tomskianos fedem então permanentemente a esterco, está na carga genética já.

Geografia[editar]

Situado nas planícies do sul siberiano, Tomsk se localiza no centro matemático da Federação Russa, ou seja, é o ponto no mundo mais longe do mar. A maior parte do território é inacessível, pois é formada por uma densa floresta taiga, todos que se aventuram por estas bandas estão fadados.

Transporte[editar]

Apesar do advento da tecnologia, Tomsk ainda não pode ser agraciada por transportes como aviões ou carros, por causa da imenssa dificuldade na construção e manutenção desses transportes. Por ser uma região miserável, não daria lucro mesmo, então Tomsk ainda deve sua locomoção aos cavalos.