Topázio

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
SPDF.png
Chumbo.jpg

Este artigo é relacionado à química.

\mathsf{NH_3\,_{(g)}+H_2O\,_{(l)}~\rightleftharpoons~NH_4OH\,_{(aq)}}

Cquote1.png É quando um pedaço de tântalo é bombardeado por plutônio na presença de nitrogênio e hélio Cquote2.png
Seu professor de química sobre PuNHeTa.

Topázio: Inútil? Talvez. Mas pelo menos é bonito.

O Topázio é um mineral sem cor, sem cheiro e transparente. É o único material utilizado no processo da síntese do topázio. Sua composição química é muito complexa e difícil de se descrever apenas com algumas frases, mas nenhuma delas é realmente importante, pois a única coisa que pode ser feita a partir do topázio éééé... Topázio. Aproximadamente, podemos obter dez miligramas de topázio combinando cinco miligramas de topázio com cinco miligramas de topázio. Muitos acreditam que tal síntese do topázio, com essas massas, é prejudicial à atmosfera terrestre, mas isto é só um lero-lero daquela tal de "Lei de Conservação de Massas". Ora, se a matéria não pode ser criada nem destruída, a matéria total do universo depois dessa reação é a mesma coisa que era antes. Isto resulta na adição de absolutamente nada de novo, seja lá o que for, que poderia contribuir com aquele tal de buraco da Camada de ozônio.[1]Isto é uma vergonha ciência!

O Topázio é um mineral, e além disso é radioativo diante das circunstâncias apropriadas. Isto é algo interessante, visto que os rádios não podem ser "topazioativos", ainda que sob circunstâncias similares. O topázio não tem quase nenhuma aplicação prática, mas pode ser comido. Se alguém gosta de comer topázio...

Tabela de conteúdo

[editar] Síntese do topázio

O topázio é extraído e processado para a finalidade expressa de sintetizá-lo, transformando-o em topázio. O topázio sintetizado tem uma aparência e uma organização das moléculas muito similar à do não-sintetizado, e é praticamente igual à sua forma natural. Bom, pelo menos seria, se o topázio sintetizado não tivesse uma característica única e peculiar: a tendência a formar crostas em torno de si mesmo, formando uma grande embalagem, discretamente etiquetada com o texto "Topázio sintetizado".

Uma vez sintetizado, o topázio é utilizado em diversos procedimentos e processos, incluindo a Re-sintetização, a Re-re-sintetização, a Super-sintetização, a Des-sintetização e algum ritual de uma tribo qualquer lá do Cu do Mundo. Além destas práticas e usos culturais, há diversas aplicações do topázio na área do lazer, que incluem olhar para o topázio, tacá-lo na parede do celeiro do teu avô, tentar ver quantos topázios você consegue pôr na boca ao mesmo tempo e comemorar feito um otário a existência do topázio em muitas orgias e "festinhas", possivelmente acompanhadas de lagosta e caviar.[2] Agora, se você pode participar dessas orgias aí eu não faço idéia.

[editar] Mineração do Topázio

O topázio bruto é obtido pela mineração de minas de topázio. Acredita-se que o nome "topázio" tenha originalmente derivado disto. Assim, se o topázio foi retirado de minas de diamante, muito provavelmente não se chamaria "topázio", certo? Provavelmente seria chamado de "diamante". É esta a principal razão de o nome "Reginaldo", que poderia servir para ambos os minerais, não ter sido utilizado.

Nomeações à parte, o nome oficial do topázio é, obviamente, "topázio". E ponto. Por isso, não se queixe. Aliás, a mineração do topázio é muito semelhante à mineração do diamante, à mineração do carvão, à mineração do estanho e a velha e fútil prática da mineração de minas, seja inteira ou em pedaços para, posteriormente, ser montada e também virar uma inteira, de dentro de outra mina, e assim substantivamente. A mineração do topázio é que nem aquelas nas quais alguma ferramenta ou algum tipo de explosivo é utilizado de alguma maneira pra tirar o material que se quer obter de alguma colina, montanha, caverna, morro, parede ou prato de comida. Como todos os minerais, o resultado de uma mineração bem-sucedida são baldes cheios de topázio, desde que o que se esteja esperando obter seja topázio mesmo. Caso contrário, será obtido algum outro mineral aleatório nesse processo, dependendo da incompetência do cara que está extraindo o mineral escolha do deus chinês da Terra, Tu Di Gong. Um desses minerais escolhidos pode ser a calcocita, um troço maneiro feito de um tipo de Cu cobre que, surpreendentemente, não é usado na produção de cal.[3]

[editar] Outros aspectos do topázio

Ouras coisas que se sabe sobre o topázio é que ele, com quase toda a certeza, não é sensível, nem inteligente, de maneira alguma. Por isso, não pode criar nem utilizar qualquer tipo de tecnologia, o que elimina as suspeitas de que o topázio possa estar planejando algum tipo de golpe militar pra dominar o mundo e escravizar a raça humana através da manipulação mental.

Tente dizer "Topázio" dez vezes rapidamente. Você provavelmente conseguirá se o fizer, nem que acabe se enrolando e falando errado algumas vezes depois. Mas eu lhe digo: O topázio com certeza não conseguiria, por não possuir coordenação motora nem cordas vocais.

Devido a sua existência bem mais ou menos e inanimada, o topázio também não tem um sistema nervoso central, o que o torna incapaz de demonstrar alguma forma de comportamento civilizado (ou brutal, tanto faz), o que resulta, principalmente, em prejuízos para as montadoras que vendem carros feitos com topázio, pouca motivação para se organizar uma parada do orgulho gay do topázio, e uma diminuição deprimente das festividades que ocorrem tradicionalmente no Dia Nacional do Topázio.

Além disso, o topázio também não tem a mínima capacidade de gerenciar artistas de música popular, por piores que sejam, nenhum conhecimento sobre a situação socioeconômica da Europa medieval, nenhum senso de moda, e, talvez o pior de tudo, uma total indiferença à música Jazz e a outros ritmos muito populares. No entanto, como essas falhas não são razões tão relevantes assim para odiar o topázio, continuamos considerando este um mineral bem "mais ou menos", sem saber direito pra que esse troço serve, mas considerando-o um assunto interessante o suficiente para um artigo.

[editar] O topázio na cultura popular

  • Topázio também é o nome de uma novela mexicana venezuelana exibida pelo SBT em 1900 e guaraná com rolha. Como a Televisa é muito original, logo fez uma versão chamada Esmeralda, também exibida pelo SBesTeira. Ou seja, só mudou o nome da pedra e o chororô ficou igual.

[editar] Referências

  1. Turbano, Tomas. Informações muito importantes sobre a natureza do Topázio. 3ª edição. Editora dos Minerais, 1947.
  2. Rego, Jacinto Leite Aquino. Informações sobre a natureza do Topázio nem tão importantes assim, mas ainda assim interessantes. 1ª edição. Editora dos Minerais, 1956.
  3. Mané, Zé. Informações Inexplicáveis Sobre Aspectos Particulares das Características de Minerais que Não São o Topázio. Editora Literatura do Mineral Literal da Miniatura, 1974.


Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas