Touta Matsuda

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
250px-Wario WWare.gif Este artigo é sobre um personagem secundário!

Quase ninguém sabe da existência deste zé ruela que só serve pra encher linguiça na trama e provavelmente está morto. Se bobear, nem no Google tá!

Clique aqui para ver gente que só fãs alienados conhecem.

Matsuda


Cquote1.png Matsuda, isso não é brincadeira de criança! Cquote2.png
Soichiro Yagami sobre Matsuda
Cquote1.png Leve isso mais a sério! Cquote2.png
Shuichi Aizawa sobre Matsuda
Cquote1.png Matsuda é um pouco lerdo Cquote2.png
Light Yagami sobre Matsuda
Cquote1.png Não é em mim que você tem que atirar SEU FILHO DA PUTA!! Cquote2.png
Light Yagami após levar tiro na mão sobre Matsuda
Cquote1.png Você pode me trazer mais café, por favor? Cquote2.png
L sobre Matsuda
Cquote1.png Matsuda, seu idiota. Cquote2.png
L sobre Matsuda
Cquote1.png Eu vim para a polícia porque sempre gostei daqueles crachás que eles têm para assustar as pessoas. Cquote2.png
Matsuda
Cquote1.png Matsuda, vai-me buscar mais um café. Cquote2.png
L sobre Matsuda
Cquote1.png Matsuda? Aquele idiota? Cquote2.png
Ryuk sobre Matsuda

Matsuda, também conhecido como mãos de ouro, é um figurante personagem secundário (porém foda) do anime Death Note. Apesar de ser um personagem secundário, Matsuda foi o único personagem de Death Note que ganhou um episódio com seu nome só pra ele.

L pervertido, dando umas mordidas em Matsuda

Vida e Carreira[editar]

Touta Matsuda nasceu no Japão em um ano que não me ocorre agora mas isso também não é importante. Desde pequenino que queria ser polícia (daqueles que tem armas e coisas de metal a dizer FBI ou CIA) e quem o incentivava mais era o seu amigo imaginário, mais conhecido por Frank (sim, ele sempre adorou Frank Sinatra).

O seu grande talento foi descoberto quando estava na cantina da escola e um colega seu foi altamente injustiçado por ter menos arroz que o outro. Matsuda levantando-se heroicamente da cadeira, levou o caso ao concelho executivo da escola e saiu derrotado. Assim todos descobriram o seu talento para ser lerdo.

Como não conseguiu notas de jeito na faculdade, foi trabalhar para o McDonalds, onde Soichiro Yagami o contratou, por ter perdido uma aposta. Desde então Matsuda tem sido uma ajuda indispensável na policia japonesa (servindo o café a L sempre a horas e tratando de estragar os planos), deixando Frank muito orgulhoso.

Papel em Death Note[editar]

Matsuda tem o incrível cargo de empresário da Misa, é um da equipe noob de investigação de L, durante todo o anime Matsuda se destaca preparando deliciosos chás e cafés para L, falando o que não deve e agindo como uma criança de 7 anos.

Em algumas cenas, fica claro que Matsuda é apaixonado pela Misa, ele é aquele tipo de cara que fala/faz aquela merda quando não deve, e depois todos ficam apenas olhando com a cara séria para a cara dele.

Por ter uma personalidade tão ímpar no anime, foi o único que ganhou um episódio com seu nome. Neste episódio, Matsuda faz a merda de ser descoberto durante uma investigação secreta na qual ele nem deveria estar. Com os policiais querendo matá-lo, Matsuda liga para L e o pede para salvá-lo. Matsuda foi novamente um fardo, e faz com que L gaste sua bela intelectualidade por um dia para salvá-lo.

Quase no final da série, Matsuda tenta comer a irmãzinha do Raito - e, antes que você pense merda, ela não é mais aquela pirralhinha pentelha que quase vê o Ryuk no começo, mas cresceu e virou uma Hentai Girl. Só que o pai do Raito dá mais um esporro no Matsuda e diz que a filha dele não vai dar para policial, ela vai se tornar modelo e dar para empresário rico.

Mãos de Ouro[editar]

Matsuda mãos de ouro, acertando em cheio a mão de Kira

Matsuda ganhou este apelido já no fim do anime, quando ele ainda ainda não tinha feito nada de útil, além de servir café para o L. No último episódio, Raito, descoberto por ser Kira, pega um pedaço de papel do death note e tenta escrever o nome dos policiais da sala. Neste momento, Matsuda, a 7 kilômetros de distância de Raito, saca velozmente sua pistola e dá um tiro certeiro na mão que segurava a caneta do assassino.