Treinador que é a cara do Seu Madruga

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Um dos personagens mais icônicos do Filme do Pelé, o Treinador que é a cara do Seu Madruga é um técnico de futebol mexicano com cara de chimpanzé reumático que dá conselhos para Pelé, que foram úteis em sua jornada para ser tornar o rei do futebol.

Ele é um artista muito parecido com o Seu Madruga, caso o apelido dele não tenha deixado isso claro.

História[editar]

Treinador que é a cara do Seu Madruga posa para o pôster do título ao lado de sua delegação técnica.

Nasceu em Cancún, porém foi criado no Brasil, onde foi instruído desde pequeno pelo Senhor Waldemar, que estava procurando por padawans para passar seus vastos conhecimentos futebolísticos sobre como tirar equipes do buraco e ainda ser demitido por isso.

Ao receber os conhecimentos do Mestre Waldemar, o Treinador que é a cara do Seu Madruga passou a treinar equipes de várzea do Rio de Janeiro, aquelas bem bosta mesmo, nas quais os jogadores interrompem as partidas quando passa alguma mina de rabo grande. Apesar das dificuldades, o Treinador que é a cara do Seu Madruga conseguia impor-se, fazendo com que os atletas adquirissem uma obediência tática. Sua equipe foi rebaixada 2 vezes em 1 ano, por ser ruim demais, mas pelo menos os jogadores aprenderam a fazer linha burra, que recebeu esse nome por ser feita pelos três zagueiros, Quico, Chaves e Chiquinha.

Após passar por várias equipes cariocas de pouca expressão, como o Bangu, o América e o Flamengo, rodando mais do que o Negueba, o Treinador que é a cara do Seu Madruga voltou para o México, onde esperava adquirir experiência profissional. Passou fome, já que por lá não existe nenhuma equipe profissional, mas o que vale é assumir os riscos.

Depois de algum período desempregado, o Treinador que é a cara do Seu Madruga foi convidado para trabalhar em uma equipe de bairro, que representava a Vila do Chaves, que estava indo competir no Interclasses. Não tendo porra nenhuma pra fazer mesmo, o Treinador que é a cara do Seu Madruga aceitou o trampo, e começou a passar calistenia para seus atletas, servindo com limão e vodka.

Essa junção de treinador e equipe bosta deu certo, e o time foi campeão com um gol cagado de Quico, aos 57 do 2° tempo, em um jogo que foi comprado pelo Seu Barriga (patrocinador da equipe), no qual o juiz montou o esquema "jogar até ganhar".

Atualmente[editar]

Depois do título inédito, o Treinador que é a cara do Seu Madruga aposentou-se, e decidiu curtir a aposentadoria em Acapulco, olhando para o rabo de moças bonitas, moças formosas, moças bem feitas.

Porém, antes de desaparecer completamente do mapa, ele foi convidado por Steven Spielberg para interpretar ele mesmo, na mega produção hollywoodiana intitulada Filme do Pelé, na qual tornou-se um artista reconhecido internacionalmente, não pela sua habilidade em treinar uma equipe, que inexiste, mas pela sua cara de chimpanzé reumático e pela semelhança com Seu Madruga.