Trovoada

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Juk' vs. Elpizo.gif Este artigo é elétrico!

Ele manja da arte de colocar sal em polvo cru e vai dar choque no seu sistema. Se você vandalizar, vai receber um Choque do Trovão!

Twister cópia.jpg Este artigo pertence à atmosfera!

Se você poluir este artigo, vai morrer sufocado pelo efeito estufa, então tome cuidado com vacas voadoras, fuja do Sharknado e não lute contra Temari!

60px-Bouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Trovoada.
Uma bala perdida Um raio perdido acertando algum azarado.

Cquote1.png Eu tenho medo Cquote2.png
Regina Duarte, guria retardada, Sua Tia e você sobre Trovoada
Cquote1.png Meu maior rival Cquote2.png
Pára-raios sobre Trovoada
Cquote1.png MHAHAHAHAHAHAHA!! Cquote2.png
Trovoada sobre seu computador, sua Tv, seu Polystation...

A Trovoada é um fenômeno que acontece quando alguns relâmpagos que vivem no céu vão visitar a Terra para conhecer melhor nosso planeta. Geralmente trovoadas ocorrem um pouco antes do início do Apocalipse, já que o ceu fica insuportável para os relâmpagos, causando uma migração em massa em direção ao chão. As trovoadas possuem uma importância importantíssima para reduzir a superpopulação mundial e danificar aparelhos elétricos como o computador, incentivando crianças a praticarem esportes.

História[editar]

Um ser brincando com trovões. Esse esporte é muito perigoso devido ao risco de acertar alguém inocente e causar uma trovoada.

As trovoadas surgiram no mesmo período em que os deuses inventaram uma nova brincadeira para os dias ociosos. Essa brincadeira era uma luta usando choques elétricos como arma. Durante as batalhas, alguns participantes com pontaria péssima acidentalmente lançavam raios em direção à Terra.

A alta quantidade de cargas elétricas eletricamente carregadas penetrava (não pense em outras coisas) na atmosfera, eletrizando o ar. O ar eletrizado aumentava a potência dos relâmpagos, o tornando ainda mais fodástico (essa palavra existe?) do que antes.

Uma trovoada prestes a atingir a tela do seu computador se você não sair desse artigo a tempo.

Na época a Terra era habitada exclusivamente por dinossauros. Era. Poucos seres sobreviveram às trovoadas, pois eles se adaptaram ao meio ambiente e inventaram os para-raios. Acredita-se que os disparos perdidos causadores de trovoadas tenham servido de inspiração para o surgimento de outro fenômeno, conhecido como bala-perdida, muito comum no Rio de Janeiro e em outras cidades.

Depois dos vários acidentes e da extinção dos dinossauros, os deuses assinaram um acordo com os habitantes dos planetas, proibindo as brincadeiras com relâmpagos. Mesmo assim, muitos seres ainda praticam o esporte, desconhecendo essa lei e os perigos. Por isso que até hoje existem trovoadas.

Fases[editar]

Um (capeta) provocando uma trovoada usando poderes malignos (repare que o raio sai primeiramente da mão dele.

O fenômeno pode ser dividido em 3 partes. Essa divisão foi feita por cientistas vagabundos que não tinham o que fazer, exceto estudar coisas inúteis que não servem para nada na vida. Quer dizer, essas pesquisas são a base para a criação das matérias escolares, responsáveis pela tortura tanto de jovens como de crimonosos e/ou estudantes criminosos. As 3 fases são:

Aquecimento[editar]

Não teria graça se a trovoada chegasse chegando diretamente. Tem que haver um tipo de aquecimento. Essa fase é como se fosse a velocidade 1 da Dança do Créu. Acontece quando os raios que compoem a trovoada estão penetrando vagarosamente na atmosfera. Quando ocorre esse fenômeno, o choque entre a eletricidade e o ar libera energia equivalente a 42 bombas atômicas como a de Hiroshima. Porém, a explosão acontece no espaço, não sendo sentida por nós.

Armazenamento de energia[editar]

Na metade do caminho, a energia liberada, em contato com a rediação solar intensa, forma nuvens gigantes. Nessas nuvens, a potência das cargas elétricas se intensificam. Quando você ver esse tipo de nuvem, pode se preparar. Dessa fase até as descargas, se passam aproximadamente 1 minuto. Não é tempo o suficiente para se proteger da trovoada, mas pelo menos nesse intervalo dá para fazer um lanchinho rápido (ou não, dependendo se tiver comida na geladeira).

Trovoada!!!!![editar]

É assim que se evita possíveis problemas durante uma trovoada.

Depois de tanta enrolação, finalmente chegou o momento da trovoada acontecer. Nessa fase, os relâmpagos chegam e fazem o que tem que ser feito. Resumindo: Eletrizam tudo o que há pela frente, dando uma viagem só de ida ao outro mundo. Quando não matam, a energia da descarga dá super-poderes ao afetado, que agora pode voar, soltar raios laser por qualquer orifício do corpo, etc.

O que fazer caso ocorra alguma trovoada[editar]

  • Reze: Esse é o melhor método para evitar alguma morte ou dano materal. Rezar é a coisa mais eficiente possível nessas horas. Peça a Deus para que ele te proteja e proteja também a sua família, menos a sogra.

Cquote1.png Com fé, tudo é possível Cquote2.png
Garoto que achou que conseguia voar, pulou de um barranco e está neste momento internado num hospital sobre ter fé e rezar

  • Venda sua alma ao Diabo: É o oposto de rezar. Venda sua alma ao carinha que mora lá em baixo em troca de proteção. É o método menos aconselhável por motivos óbvios. Utilizado por seguidores do satanismo e metaleiros.
  • Evite ficar perto de aparelhos elétricos: As descargas, quando chegam ao planeta, primeiramente vão visitar seus parentes, que são os outros tipos de eletricidade (sabe como é, encontro familiar). E se você estiver perto, os relâmpagos lhe darão um prêmio: Uma viagem para conhecer seu tataravô.
  • Reze (de novo): Essa foi só para deixar claro que a melhor forma é rezar.
  • Não xingue: Pelo amor de Deus, Nunca xiingue uma trovoada!! Isso a deixa extremamente furiosa, e os especialistas garantem que isso não é bom.
  • Tenha um para-raios decente: Essa é a medida mais óbvia. Mas burros sempre a esquecem, pois são burros.
v d e h
Fenômenos da Natureza
Ou pelo menos deveriam ser!!
Enchente06.jpg
Furacao-2.JPG

Ronaldo Fenômeno - Tony Tornado - Anticiclone - Efeito Estufa - Erupções - Enchente - Tsunami - Ciclone - Furacão - Maremoto - Pororoca - Inundação - Raio - Tua Mãe soltando peido Trovoada - Avalanche - Chuva - Tua Mãe pulando corda Terremoto - Aquecimento Global - Resfriamento Global - Incêndio - Neve - Nevasca - Tempestade - Brumas de Marte - Catástrofe natural - Chuva de animais - Chuva de pênis