Turismo em São Tomé e Príncipe

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Turismo em São Tomé e Príncipe é considerado um dos mais prósperos da África, o que não é muita vantagem dado a má fama de relatos de guerra civil, canibalismo e pobreza extrema a que estamos acostumados a ver sobre a África continental, enquanto São Tomé e Príncipe pode facilmente ser confundido com uma paradisíaca ilha do Caribe, ao ponto até de aparecer no jogo Assassin's Creed IV: Black Flag que se passa no Caribe. É muito conhecido pelas belas paisagens, sol escaldante, peixes frescos, mas nenhum príncipe ou são tomé.

Turismo urbano[editar]

Monumento às rolas na Linha do Equador.

O arquipélago de São Tomé e Príncipe conta com apenas uma cidade, a capital São Tomé, que tal qual o santo é preciso ir ver pra acreditar que exista alguma atração de bom. Basicamente a única opção de lazer é sentar-se num dos quiosques de beira de praia e beber um rum azedo.

Ao sul há o Ilhéu das Rolas, cujo nome sugestivo pode espantar, mas devemos recordar que embora seja africano São Tomé e Príncipe nunca foi colonizado pelas tribos motumbas, mas apenas pelos portugueses, que impressionados com a envergadura do povo zulu, decidiram criar essa homenagem aos homens que passariam a escravizar, tornando uma visita ao ilhéu algo obrigatório para o turista homossexual.

Turismo natural[editar]

São Tomé e Príncipe possui a maior quantidade de praias desertas por habitante do mundo, mais até que o Rio Grande do Sul, talvez porque nem turistas e nem população nativa saiba como chegar nelas direito. A Praia Jalé ao sul é usada para a reprodução de sapo-boi, sendo uma ótima opção para o turista ir pernoitar a madrugada sem energia elétrica no frio para ser acordado 3 da manhã para ir assistir os ovos de girinos brotarem das areias e irem para o mar.

Outros pontos de interesse são a Boca de Inferno (um buraco sem fundo, considerado pelos sã-tomenses como o cu do país) ou a Cascata São Nicolãu que é uma cachoeira muito meia-boca localizada no interior da ilha que os sã-tomenses na falta de cachoeiras acham que aquilo é algo de mais..

Gastronomia[editar]

A culinário sã-tomense baseia-se primordialmente na mistura harmoniosa entre jaca, coco e peixe para a formação de seus principais pratos. Embora a Buchada de Peixe com Fígado de Peixe seja um acompanhamento clássico na refeição do sã-tomense médio.

Outro prato reconhecidamente sã-tomense é o Calulu que une os sabores da garoupa defumada refogada em beringela ao molho de jaca e pimenta-da-guiné.

Flag-map São Tomé e Príncipe.png
São Tomé e Príncipe
HistóriaPolítica
Subdivisões
GeografiaEconomia
CulturaTurismo