Turma da Mônica

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Não vandalize, senão você vai pro cantinho da disciplina! Atenção pirralhada Criançada!

Se você é fã de Turma da Mônica, o problema é seu! Não adianta bagunçar o artigo, pois a Super Nanny está de olho! E se ainda mesmo assim você aprontar, ela vai lhe colocar para chorar no cantinho da disciplina!
Não gostou do artigo? Problema seu! Se vandalizar, vai ser banido na hora!
Wikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Turma da Mônica.
Magali e Mônica declaram-se les... vocês já sabem.
Os quadrinhos da Mônica criado pelo Maurício de Souza para serem lidas pelo público infantil

Cquote1.png BwAwAwa!!! Cquote2.png
Mafagafo sobre Maurício de Sousa
Cquote1.png iEu lEiUuUU todux Us diiaSS! Cquote2.png
Emo puxando saco da Globo Editora em busca de rótulos sobre a Turma da Monica
Cquote1.pngVocê quis dizer: Turma FaraônicaCquote2.png
Google sobre Turma da Mônica
Cquote1.png Esse economiza mesmo. Cquote2.png
Sanepar sobre Cascão
Cquote1.png Já comi!! Cquote2.png
Magali sobre melância
Cquote1.png Enfio tudo na boca! Cquote2.png
Magali sobre comida e outras coisas
Cquote1.png Vou Cancelar todos os Episódios da Mônica no STJD. Cquote2.png
Luiz Zwiter sobre Turma da Mônica
Cquote1.png Minha banda predileta... Cquote2.png
Carla Perez sobre Turma da Mônica
Cquote1.png Eles são Tr00s! Cquote2.png
Shagrath sobre Tr00ma da Mônica
Cquote1.png Turma da Mônica, apresentem-se para a próxima missão! Cquote2.png
X-Men para Turma da Mônica
Cquote1.png Haha... Cocaína. Cquote2.png
Maurício de Souza sobre A causa da criação da Turma da Mônica
Cquote1.png Gostosa, tesuda e plostituta! Cquote2.png
Cebolinha com 18 anos sobre Mônica com 18 anos
Cquote1.png Amo vocês! Cquote2.png
Mario e Luigi sobre Turma da Mônica
Cquote1.png Quero me casar com você, Cebolinha Cquote2.png
Ana Hickmann sobre Cebolinha
Cquote1.png Ainda vou correr contra o Cascão; prestes a chover!! Cquote2.png
Sonic desafiando Cascão para uma corrida.
Cquote1.png Pede Pla Saí Zelo Sete! Cquote2.png
Cebolinha tentando imitar o Capitão Nascimento e avisando para o Cascão sair da chuva

Turma da Mônica, é uma famosa série de gibis com desenhos que foram desenvolvidos por Maurício com o interesse de abrir espaço para a aprendisajem.

Até hoje há uma árdua batalha por parte dos descíclopes e dos mafagafos que tentam de todas as maneiras banir este desenho infame das rodas, sem muito sucesso.

Times. Nada de engraçado, o autor não teve imaginação quando colocou esta imagem aqui

Tabela de conteúdo

História

Olavo de Carvalho a procura de informações que possam comprovar suas teorias sobre o Comunismo.

Há várias teorias quanto ao surgimento dessa arma de destruição em massa sendo que a mais famosa delas diz que as histórias da Turma da Mônica teriam sido inicialmente boladas e chupadas por Adolfinho a partir de gibis vagabundos.

Alguns desses gibis seriam de catecismo, outros seriam de conteúdo gótico e outros ainda pertencentes a grande ordem da Igreja Católica, sendo por isso mesmo uma suposta iniciação para o já famoso procedimento do Cheiramento de Gatinhos.

Este fato ainda não foi confirmado, uma vez que ainda está sendo discutido por boçais intelectuais chupadores de piroca como Olavo de Carvalho se seria mesmo esta a origem da obra, afirmando que Adolfinho teria roubado essa obra do arquivo Stalinista e que estava em desenvolvimento desde 1920 e que na verdade seria uma forma de propagar o comunismo pelo mundo.

Esta suspeita, apesar de ser aparentemente absurda, tem certo fundamento, uma vez que durante algum tempo Adolfinho e Stalin fizeram troca-troca de informações e ainda discutiam quanto a questão da partilha das nações a serem conquistadas com a Segunda Guerra Mundial, além do fato de que os próprios personagens tinham afinidade com a ideia comunista, como no caso da Mônica que usa vestido VERMELHO, do Cebolinha que troca R (right ou direita) por L (left ou esquerda) e do Cascão, que não gostaria de tomar banho para dar sua contribuição ao movimento de preservação ecológica.

De qualquer forma, foi confirmado que estes gibis, em especial por conta de seu conteúdo, deveriam se chamar inicialmente Turma demoníaca, até para efeitos de apologia diabólica, mas infelizmente por conta de Adolfinho não saber escrever nada em português sem miguxar, o nome acabou virando Turma de Mônica, que serviria de base para o nome atual.

Durante muito tempo, este desenho ficou escondido na República das Bananas, sendo que de lá ele teria sido remetido para o Acre, onde ficou até os tempos da Conspiração Wiki, quando o desenho foi roubado por Paulo Maluf, que achou a "obra" uma merda tão grande a ponto de entregá-la a um pedinte de esmolas chamado Maurício de Sousa, que viu ali a oportunidade de sair do limbo.

A partir dai, começou a história que todos conhecem.

Desenhos

Floquinho, também conhecido pelo nome de Quincas Borba, o cachorro verde lisérgico da Turma da Mônica, repare no gato tirando sarro dele após ver o seu bilau piqueno.

Os desenhos feitos nos esboços de Adolfinho teriam sido inspirados nas Abóboras da festa de Halloween, sendo que este padrão teria sido usado para os principais personagens da trama, em especial a Mônica, cujos cabelos lembram em muito a casca da abóbora moranga.

Nestes esboços já existiam vários personagens, como Bidu, Piteco, Franjinha, Cascão, Cebolinha e Magali.

O trabalho principal de Mauricio seria apenas de desenvolver as histórias e assumir a autoria do trabalho, uma vez que Adolfinho já tinha se matado de desgosto pela esculhambação que Paulo Maluf fez ele passar por conta da qualidade de seus desenhos.

No entanto, como a imaginação do Maurício sempre foi muito menor do que a do grande mestre emo Adolfinho, os personagens e a história ficaram muito aquém do potencial, só se mantendo da base original o Efeito Lisérgico, que faz com que a cada quadrinho a cena mude de cor, fazendo também com que os animais apareçam nas cores Verde Clorofila e Azul Celeste.

Apesar disso, a revista conseguiu se propagar pelo Brasil dos anos 80 como uma praga entre as crianças.

Preceitos

A partir daí, Maurício, convencido da força das ideias de Adolfinho, resolveu que era hora de manipular os tolos, mostrando que pela cultura emo, é o "homem" (sic) que gosta de apanhar, enquanto que o maior prazer das mulheres seria bater nos homens, contráriando os ditos do Nelson Rodrigues, um grande mestre de malandragens.

Além disso, Maurício resolveu que para o maior sucesso de sua poderosa arma de destruição em massa, seria melhor que as histórinhas fossem tolas, repetitivas e imbecis, bem como que os personagens nunca poderiam crescer e nem envelhecer.

O fato é que todos esses ajustes deram resultado, uma vez que se formou uma enorme geração de idiotas que conseguem ser mais fanáticos do que os fãs do RBD, apesar da voz da Mônica ser bem mais estridente.

O sucesso foi tanto a ponto de se manter até hoje, apesar de o movimento dos mangás ter se fortalecido nos anos 90, mas não ter conseguido o feito de suplantar o gibi, em especial porque o gibi é uma espécie de mangá que se lê ao contrário.

Isto fez o desespero de vários otakus que queriam, de todas as formas, garantir um espaço importante em sua entrada na disputa pela dominação mundial.

Merchandising

Jotalhão em merchandising de famosa marca de extrato de tomate
Atrocidade cometida por Maurício em nome do merchandising.
Miojo Turma da Monica novo sabor: maconha, o melhor!

Para aproveitar a fama de seus personagens, Maurício resolveu seguir os conselhos da turma da Rede Globo e do Polishop, passando a fazer merchandising com os personagens que ele tinha adotado.

Os produtos para os quais a turma foi obrigada forçada a propagandear incluiam desde Extrato de Tomate e petiscos, passando por bonecos e chegando ao famoso Parque da Mônica, que foi transformado no mais venal de todos os cenários de atuação da turma.

Lá seria uma espécie de Disney brazuca onde os idiotas usam abóboras de Halloween e fingem cantar com a voz infantilóide dos personagens da tal turma, que foi escravizada para todo o sempre pelo mestre Maurício.

Entretanto, o pior estava por vir, uma vez que Mauricio adotou o plano maléfico de infantilizar ainda mais os seus personagens principais, transformando-os em garotos propaganda para fraldas de bebê, como podemos ver na foto.Se eles dominarem o mundo...culpe algum viado(você).

Guaraná Remédio da Turma da Mônica

Latinhas com design demoníaco.
Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Remédio da Turma da Mônica.

Em 1996 já estava fazendo um enorme sucesso com suas revistas de mulher pelada Revistinhas de desenho da Turma da Mônica, e Mauricio de Sousa sempre lançou suas revistinhas pela Editora Globo, liderada pelo Demônio Roberto Marinho, que sempre teve seu espírito de dominar o mundo atráves de produtos quimícos, CDs, produtos de beleza, novelas... Numa reunião em uma casa de prostituição, Roberto obrigou que Mauricio cedesse seus amiguinhos e assim foi inventado o Remédio da Turma da Mônica

Como naquela época as crianças e o mundo inteiro eram mais inocentes, todo mundo tinha um produto do Batman, Pernalonga, Mickey, Scooby-doo, Chaves, Penélope Charmosa, Os Simpsons, e apesar de ser em revista, a Mônica fazia um tremendo sucesso, e quando foi lançado nas birosquinhas de esquinas, todo mundo queria comprar, até adulto comprava e com o tempo ficaram dependente do Guaraná Remédio da Turma da Mônica.

Veja só esse depoimento de um ex-viciado no Remédio da Turma da Mônica.

Cquote1.png Eu era dependente de Grapette do Cascão e hoje sou da equivalente Fanta Uva. Não foi o hoax que dizia que ela causava câncer de reto que me faz parar de consumí-la. Cquote2.png
Usuário de um Blog sobre Remédio da Turma da Mônica

Personagens

Criados em 1900 Guaraná com Rolha os personagem tem jeitinho brasileiro,uns roubam,traficam,se prostituiem,mas nada que seja motivo pra ser preso... Mas se você apagar,alguma coisa de artigo pegará prisão perpetua junto com a Hebe

Núcleo Principal

Stop crap.png AVISO DE MONTE DE BOSTA!
Esta página é um monte de bosta. O autor reconhece isso.

O Núcleo principal da turma da Mônica é formado por personagens infantilóides que a exemplo do grandioso Peter Pan, se esqueceram de que já era hora de crescer.

Os personagens ditos adultos deste desenho em geral pouco aparecem na história, sendo em grande maioria deixados só como apoio.

Marcam presença em destaque os personagens Mônica, que se tornou o maior destaque da turma e o Cebolinha, que foi o primeiro dos personagens a virar título de gibi.

Também se destacam os personagens Cascão, o sujinho do bairro e Magali, que é famosa por comer sempre muito e NUNCA engordar.

Temos também neste núcleo personagens que ocasionalmente fazem figuração, como Marina, uma moleca que se faz de pintora, Franjinha, o garoto cientista e o seu cachorrinho Bidu, que além de ser destaque em quadros próprios, ainda é garoto propaganda do Clube da Xuxa.

Nucleos Paralelos

Chico Bento

Chico, minutos antes de abusar de seu passarinho

Chico Bento é o garoto da roça torcedô do Fruminense, só qui secretamente. A mãe dela deu essi nomi pruque uma noite antis do parto, tinha cherado pacotinhos apelidando-os di Rosinha. Eli é um ladrãozinhu de drogas alucinógenas guaibas do Gordinho do Pó Nhô Lau. Também sabe lê e drumi. Tem um primo chamado Zé Lele, torcedô do Londrina e burro feito uma porta véia e manca. Devi di sê ginéticu.

É Chico qui faz a prantação di macôia pa Mônica i sua turmia, e cobra uma quantia gigante de sexo dinheiro pra pagá as semente das macôia e as coisa inútir qui sua namorada Rosinha compra sem pará.

(Cheira)Tina

(Cheira)Tina ao perceber que esqueceu as camisinhas para ela e a puta estagiária.

Tina é mais puta de toda a história, sempre consegue programas no banheiro da escola, finge ser nerd pra impressionar as outras putinhas da escola, mas na verdade é uma putinha relaxada que só consegue nota máxima porque usa seu desgastado para conquistar os professores.

Obs: Tina não aparece em muitas histórias porque, como sempre esquece da camisinha, fica frequentemente grávida. Existe uma teoria que ela é tua mãe.

Penadinho

Penadinho, o emo de cemitério que serviu de inspiração para os neo-góticos por meio do gibi da Turma da Mônica

Penadinho é um emo, que em teoria seria uma versão papagaiada do personagem Gasparzinho e que foi transplantada para os gibis da Turma da Mônica.

A diferença principal seria que ao contrário de sua inspiração Yankee, ele vive em um cemitério, convivendo com outros personagens monstruosos, como uma cabeça de caveira (que tem o nome de Cranicola), um vampiro (que tem o nome de Zé Vampir) e um lobisomem, do qual todos se esquecem do nome.

Dizem que ele vem desde os anos 80 influenciando o movimento emo propagado por Mara Maravilha e Adolfinho.

Horácio

Horácio é o mais emo de todos os personagens da turma da Mônica, sendo que por isso mesmo é um dos personagens de menor fala na história.

Há suspeitas de que ele seria a encarnação de Penadinho quando vivo, sendo que este ser teria vivido há mais de 65 milhões de anos, junto dos dinossauros.

Maurício de Sousa, o criador da turma da Mônica, teria dito nas páginas amarelas da Revista Veja que este personagem seria o alterego emo dele, coisa que ainda não foi confirmada.

Piteco

Piteco com seu poderoso cacete estilo Capitão Caverna

Piteco é um dos personagens mais esquisitos dos desenhos da turma da Mônica e aparentemente foi copiado inspirado nos desenhos pedregulhosos da turma dos Flintstones.

A inspiração é tamanha que até mesmo as roupas e os dinossauros são semelhantes a da versão do desenhote yankee, a ponto de o mesmo usar um cacete parecido com o do Capitão Caverna.

Em torno dele, é desenhado um cabelo bem parecido ao da Mônica, talvez com o interesse de tentar dar alguma originalidade a trama.

Apesar de os dinossauros de lá também fazerem figuração no desenho do Horácio, os dois grupos não se comunicam entre si, o que por si só já seria bizarro.

Papa-Capim

Capitão, bota este na conta do Papa-Capim.

Papa-Capim, apesar de ser um nome que lembra em muito aos bovinos, na realidade é o nome de um moleque indigena que por conta do sistema de cotas foi parar nos desenhos da Turma da Mônica.

Ele ilustra um moleque indigena que vive em sua tribo sem a menor comunicação com o mundo a civilização, parecendo que foi abandonado em um programa ao estilo do Big Brother Brasil.

Para não se dizer que é um sem ninguém, sempre está em contato com outros "iguais" a ele.

Segundo informações descíclopes, foi descoberto que este personagem tem o seu próprio Manual de Caça e que ele estaria querendo virar uma espécie de novo Capitão Nascimento.

Como pode se imaginar, este quadrinho em geral é o quadro do programa de índio.

Turma da Mata

Apesar de este nome se aplicar plenamente ao núcleo indigena do Papa-Capim, ele é aplicado a outro núcleo, formado por animais como Jotalhão, o elefante verde do extrato de tomate.

Para variar um pouco, o rei da tal mata é um leão todo esquisitão, chamado Rei Leonino e para se completar o tal elenco se tem uma formiga chamada Rita Najura (ou Ri, tá na jura!), um coelho Caolho, um tal Luís Caxero (sem I), além de uma tartaruga com o nome de Tarugo e uma raposa com o "original" nome de Raposão.

Turma do Astronauta

O grande astronauta da turma da Mônica segurando a belíssima bandeira do inferno.

Enquanto a Wikipédia discute se é correto chamar a Turma do Astronauta de turma, nós decidimos colocar para idiotas como você decidirem se isto não é uma turma ao menos maior do que a Turma do Bermudão que a nossa paródia quis vender como existente.

Nesta turma estaria o Astronauta, que é a cara do Gugu Liberato, uma tal Ritinha, que teria sido abandonada pelo cara por uma viagem espacial, um computador que o ajudaria nas viagens, e os pais dele, uns tais de Dona Natalina e Seu Astrogildo.

Dizem que a tal Dona Natalina seria a cara da Tia da Magali, coisa que não foi confirmada ainda pelos descíclopes.

Versão Inglesa

Tradução da Wikipédia anglófona da Turma da Mônica.

Para ilustrar o risco ao que as nossas crianças estão expostas, a versão inglesa da Wikipédia, em um dos seus raros momentos de lucidez, descobriu o nome original dos personagens criados por Adolfinho.

Por meio de uma pesquisa aparentemente consistente, eles teriam confirmado o que os descíclopes já sabiam, afirmando que o famoso bairro do Limoeiro não teria sido inspirado no Bairro do Limão da Capital paulista e sim no bairro de Linguiça Cambuí, conhecido lugarejo Campineiro que fabrica linguiças do formato de pênis.

Segundo a wikipédia inglesa, o desenho se chamaria Monica's Gang (A Gangue da Mônica) e os nomes dos personagens seriam os seguintes:

  • Mônica - Monica (nem teria porque ser diferente)
  • Cebolinha - Jimmy Five (homenagem a um rapper emaconhado)
  • Cascão - Smudge (um borrão, segundo os ingleses)
  • Magali - Maggy (propaganda subliminar do caldo Maggi, famoso no antigo programa do Gugu como o caldo da galinha Azul)
  • Bidu - Blu (referência a cor do cachorro traduzida para o miguxês)
  • Titi - Bucky (Bucky lembra a Buck e Buck lembra a f...)
  • Humberto - Hummer (qualquer semelhança a Homer Simpson não é mera coincidência)
  • Aninha - Isabel (vai ter um nome assim mais nada a ver...)
  • Jeremias - Jeremiah (vai ver, por lá S é H, não é... Xiii!)
  • Do Contra - Nick Nope (nope seria anagrama de OPEN ou Aberto?)

Se você quiser rir um pouco mais dos wikipedistas da terra da rainha, clique aqui e caia na risada!

Cenário

Os cenários do desenho da turma da Mônica variam conforme os personagens, que são divididos em várias subturmas.

Em geral, os personagens principais tem uma casinha daquelas bem vagabundas para morar, sendo sempre aquela simplicidade na qual se vê quase sempre só uma sala, uma cozinha, um quarto e um banheiro vagabundo, o que talvez explique os motivos de o Cascão não querer tomar banho.

Há afirmações de que a explicação para elas serem tão iguais entre si seria o fato delas terem sido construidas pela Cohab.

Além disso, temos como grande cenário a Rua (que é tão mal-pavimentada que só se vê grama pra tudo quanto é lado), que é cenário exclusivo para os personagens da famosa Turma da Rua, que seriam os tradicionais coadjuvantes do desenho da Turma da Mônica e cujas cores sempre mudam (em especial no céu, que ora é azul, ora é rosa, ora é amarlo-claro), de forma bem semelhante às do Artigo Lisérgico, sendo completamente desaconselhável que crianças o vejam sob pena de ficarem paranóicas.

Entretanto, outras turmas tem a sorte de ter um cenário próprio, como o caso da turma do Penadinho, que tem como cenário um cemitério, que apesar de não ser lá grandes coisa, pelo menos tira um pouco o desenho da mesmice.

Bairro do Limoeiro

O Bairro do Limoeiro, também conhecido como Bairro do Limão, é um bairro fictício de São Paulo onde supostamente, há grama por todos os lados, lindas árvores nenhum prédio ou ladrão/trombadinha que ficou muito famoso graças aos desenhos da Turma da Mônica.

Uma grande curiosidade é que ele muda sua aparência a cada quadro de história.

Bairro do Limoeiro, em sua última aparição


Regiões

O bairro é dividido em 4 regiões:

Rua de Cima

A Rua de Cima é um local muito remoto, onde não há figuras ilustres presentes, exceto a Creusa da Esquina. É citada de vez em quando por membros da Rua. É formada por uma estrada asfaltada, com belas casas de tijolos. É a parte mais nobre do bairro e apresenta uma turma imensa de meninas, conhecidas como: As meninas da Rua de cima De resto, não possui nada de interessante. Os meninos são playboyzinhos e riquinhos.

Não há hierarquia, pois é uma anarquia.

Rua Tupi

A rua Tupi é um local muito vasto e belo, habitado por personagens da Turma da Mônica.

É controlada atualmente pela Mônica e o grande objetivo do Cebolinha é ser o Dono Dela.

O interessante é que essa rua não tem estradas, devido a Revolução das Marmotas de 1964. Lá crianças brincam felizes e a Mônica lidera absoluta. Planos infalíveis e tudo foram usados para tirá-la do poder, mas nada adiantou.

Logo depois que foi restaurada, o Lord Vader tentou invadí-la, mandando seu exército de Troopers e usando sua força, mas todos foram destronados pelo coelhinho da Mônica. Os Orgs de Saruman e os guerreiros de Sauron também cairam.

Lord Vader aproveitou e criou uma vandinha ali perto e para a Mônica sim pegar ele mudou seu nome para Chad Vader mas acabou tomando no cu novamente (vai no youtube que você acha a série)

Rua de Baixo

A Rua de Baixo é um local obscuro, as casas não são tão bonitas, a estrada é de barro e o acesso é muito difícil.

É um reinado, onde a gangue dominadora do local é a Turma da Rua de Baixo, que tem como rei, o Tonhão - as vezes conhecido com Tião ou Pedrão -, um moleque gordo, fortão, careca e as vezes desdentado, com coroa e tudo. Ele tem controle absoluto da Rua de Baixo e faz o que bem entender, muitas vezes entra em conflito com os meninos da Rua, mas cede por causa do seu líder.

Hierarquia
  • Mônica
  • Turma da Rua de Baixo
  • Resto
Campinho

É um campo ao ar livre onde fica o limoeiro. É utilizado várias vezes em jogos futebolísticos ou de qualquer outro esporte entre as ruas. Ali não temos placa de "não pise na grama". É onde fica a maioria das casas.

História

O bairro do Tamarindeiro

Na Era Moderna, a família Imperial veio ao interior de São Paulo, plantaram um tamarindeiro e deixaram 3 nobres na região: O Duque Castro; o Marquês José e o Conde Sérgio.

Eles foram encarregado da construção de 3 ruas que circundassem o tamarindeiro. Cada um construiu uma: o Duque fundou a Rua de Cima (Ao norte do Limoeiro); o Marquês a Rua(Ao Leste), e o Conde a Rua de Baixo(Ao sul). Sabendo-se que ao oeste já havia uma rua de acesso.

Os nobres passaram a viver ali e fundaram o Bairro do Tamarindeiro. Ele foi povoado pacificamente por muito tempo.

Entretanto os ataques realizados pelos militares destruiram o tamarindeiro que caracterizava o local. O bairro começou a passar por várias crises, que deram origem à Revolução das Marmotas de 1964 e à Fuga das Noivas.

típico dia no bairro do limoeiro.
Revolução das Marmotas de 1964

No tamarindeiro, havia uma população de marmotas no local. Ao ser destruído, acabou com o habitat delas. De início, invadiram o campinho atacando todas as crianças dos locais. Conforme o tempo foi passando elas começaram a se unir com as marmotas de uma floresta próxima e planejaram um ataque e arrancaram o atual duque da Rua de Cima.

No dia 5 de novembro de 1964 mais de 100 mil marmotas invadiram o ducado e começaram a se dirigir a casa do duque. Elas destroçaram todos os guardas e expulsaram o duque do bairro, tomando o poder.

No dia 13 de novembro, o atual Conde e o atual Marquês se reunira, no campinho para tentar bolar algo para vencer as marmotas. O condado e o marquesado se juntam e formam o Reino das duas ruas, com a liderança do Marquês.

Dia 21 de novembro a população da rua de baixo realiza uma emboscada nas marmotas e consegue prendê-las no calabouço do mini-castelo construído em 5 dias. enforcaram ela pregaram ela no chão queimaram ela e deram até choque nela então vendem a marmota num caminhão - tanque e a marmota chora chora e grita que sua voz vai até a garganta e chama sua mãe e seu pai aí eles chegam e vendem eles também levam a próxima na casa da dona lili nos dois arrancam a cabeça mas não arrancam por isso dão injeção e botam pelo mar e nadam qundo veio um tubarão devoraram eles o corpo de les fica escorrendo sangue e sangrando eles morrem mas os marinheiros costuram o corpo deles e levam de volta para o mar quando começam a nadar vem . um baiacú mexam no baiacú e o espinho fica prendido neles ao ver uma barracuda atacando um gonfinho o pai da marmota acaba com a barracuda e o gonfinho veja a sua gonfinha e a barracuda indo pra sua caverna chorando então a marmota vira espiríto e vejam um ruído muito grosso na casa da dona lili que este ruído vem até o mar é da marmota o ruído era francamente assim ó búáááááá estão ouvindo então a marmota ataca dona lili

O reino das duas ruas

Após a revolução das marmotas, a Rua de Cima é liberada e os seus habitantes se juntam e decidem formar uma anarquia. As outras duas ruas resolveram ampliar o reino e manter a união.

No dia 1º de Dezembro de 1964 o reino foi oficializado a nível nacional, como um reinado autônomo. Foram criadas constituições, planejamentos políticos, educacionais, de saúde e econômicos.


Fuga das Noivas

A fundação do Reino das duas ruas chamou atenção dos militares e alguns vieram morar no Bairro do Tamarindeiro. Ao chegar cada um resolveu se hospedar no castelo e obrigar as mulheres solteiras da cidade a casar com eles em uma cerimônia única.

Dia 19 de Dezembro de 1964, no dia da cerimônia, as noivas foram ao calabouço e libertaram as marmotas. Após isso elas destruiram o castelo, mataram os militares e o rei, arrasaram com a Rua de Baixo e fugiram com as noivas.

Dia 20 de novembro as noivas, escondidas plantaram um limoeiro no local do ex-tamarindeiro e começaram a cavar túneis com as marmotas em torno do limoeiro. Acredita-se até hoje que eles planejam uma conspiração e atacar o bairro novamente.

O Bairro do Limoeiro

Com o fim do rei e da Rua de Baixo, o Reino das Duas Ruas foi declarado extinto pela Rua.

A população da Rua de Baixo queria mantê-lo e elegeu um rei, mas sem tanta influência. Já os habitantes da Rua, elegeram um dono, formando um donado.

No dia 1º de Janeiro de 1965, os habitantes das 3 ruas resolveram se juntar novamente como bairro. Devido ao limoeiro plantado no local do tamarindeiro. O bairro passou a se chamar Bairro do limoeiro e mantém assim até hoje.

Esporte

Os esportes praticados no bairro são:

Campeonato de Futebol do Bairro

É um campeonato de futebol realizado mais de 4 milhões de vezes sem data definida entre o Time do Tonhão (Time da Rua de Baixo), o Limoeiro Futebol Clube (Time da Rua) e o time dos mauricinhos da Rua de Cima.

Campeonato de Volêi das meninas do Bairro

É um campeonato de vôlei realizado entre as meninas da Rua e as meninas da Rua de Cima. Foi realizado menos de 10 vezes e não tem data definida.

Partidas de Bafo dos meninos do Bairro

Uma brincadeira realizada diariamente por todos meninos do Bairro ( até o Manezinho e o Jeremias, personagens super secundários, participam, mas quase nunca têm falas ) que gera intrigas entre eles, pois o vencedor sempre ganha roubando através das táticas de colar chiclete mascado na mão ou alguma outra maneira inovadora.

Vila Abobrinha

O Cascão só pode ser gay para não saber o que é isso ou é inocência.

É a vila campestre que serve como cenário para as histórias do Chico Bento e foi criada em homenagem póstuma por parte de Maurício de Sousa ao seu mestre Adolfinho.

O nome desta vila, como não poderia deixar de ser diferente, foi de lembrança ao fato de os personagens da turma terem sido inicialmente desenhados com base na abóbora de Halloween.

Lá ficam vários pontos de turismo sexual interessantes, tais como:

  • Chácara dos Bento - Lá é onde mora o Chico Bento e onde os pais dele dão um jeito danado de tentar manter o filho na linha, longe das marras e das farras, mas sem muito sucesso.
  • Chácara do Nhô Lau - É onde fica a raríssima Goiabeira que dá fruto o ano todo, pois como todo mundo sabe, goiaba dá em março para poder permitir a florada em outubro... Esta goiabeira é protegida por Nhô Lau como patrimônio histórico da humanidade, e nem poderia ser diferente.
  • Escola da Professora Marocas - É onde os garotos, apesar de serem da roça, estudam... Dizem inclusive que os únicos a estudar na Turma da Mônica são os roceiros, bem ao contrário do mundo real, onde o pessoal da roça tende a ser o primeiro a deixar a escola.
  • Vilarejo - É onde ficam os armazens e a igreja da "cidade"... Quase nunca aparece, só servindo de figuração quando das quermesses.

Cemitério

É o ambiente onde fica a turma do Penadinho e que em geral serve apenas para ilustrar as histórias que envolvem a morte de pessoas, como a questão da reencarnação, da teoria que os bebês são trazidos pela cegonha e outras coisas do folclore, que só falta a incluir, de forma plagiária, as histórias do Saci Pererê.

É uma área que incrivelmente tem um campinho de futebol, apesar de ser um cemitério, o que o torna uma coisa ainda mais sinistra que o Cemitério real, que é constantemente frequentado por góticos e emos em geral.

Mata

É o ambiente usado pela tal Turma da Mata e pela turma indigena do Papa-Capim, sendo sempre usada como base para temas de ecolochatice ecológica.

É um lugar onde em geral tem rios e uma enorme densidade de árvores e de mato em geral, sendo por isso mesmo um lugar perfeito para se perder.

Floresta Pré-Histórica

É uma área usada para os desenhos da tal Turma do Piteco e também pelos desenhos da turma do Horácio e serve em geral para ilustrar o tempo dos dinossauros e dos homens das cavernas que insistem em acessar o Microsoft Orkut e utilizar a Wikipédia como base de informação.

Este é um dos lugares mais chatos possíveis, uma vez que não permite sequer uma piada decente, sendo apenas uma mera paródia do ambiente criado para os Flintstones.

Parque da Mônica

Logo propagandistico do infame parque da Mônica

É o cenário mais recente das aventuras da Turma da Mônica e se baseia em um parque semelhante ao da Disney no qual aconteceriam coisas inimagináveis que não caberiam em um gibi.

A verdade é que este foi o merchandising mais rasteiro da história dos desenhos da turma da Mônica, sendo comparável a tiradas de cronistas chatos como Galvão Bueno e Jorge Kajuru, bem como os típicos atendimentos telefônicos do Operador de Telemarketing.

Além disso, o grande mestre Mauricio foi capaz da grande atrocidade de fazer com que os seus pimpolhos dessem tudo de si pelo projeto, no intento de garantir uns caraminguás com essa história.

O incrível é que o Parque da Mônica existe na vida real e é um lugar onde nerds e gurias retardadas vão para brincar com adultos idiotas fantasiados de personagens da Turma da Mônica, bem como para assistir shows de armas de destruição em massa, como por exemplo Dado Dolabella, Felipe Dylon, Wanessa Camargo, Gyselle e como não poderia deixar de ser... RBD!

Turma da Mônica Jovem

Taí uma cena que você achou que nunca ia ver
Agora as histórias estão mais reveladoras.

Pegando carona na moda das versões futuras/alternativas (Dragon Ball Z, Naruto: Shippūden) o autor da Turma da Mônica resolveu criar um "mangá" (hã? mangá brasileiro? sério?) com versões aborrecentes dos personagens principais para ganhar mais grana conquistar um público maior e não ir à falência.

Cquote1.png Uebaaa! Hentai da Mônica! Cquote2.png
Otaku punheteiro sobre Turma da Mônica Jovem

Cquote1.png Porra, perverteram a obra de Maurício de Sousa Cquote2.png
Purista sobre Turma da Mônica Jovem

Cquote1.png Porra,maior merda ¬¬ e tambem,mangá brasileiro? O_Õ' porra vai se ferra,acha que pode escreve um mangá so pra não ir a falencia ¬¬' seu FDP Cquote2.png
Otaku sobre Turma da Mônica Jovem e Mauricio de Sousa

Galeria da baixaria

Ver também

Ligações externas


v d e h
Sim, Turma da Mônica tem a ver com quadrinhos! Ou você achou que quadrinho é só Marvel, DC e mangá?
Olha aqui outros personagens/títulos de quadrinhos:
Charlielucy.jpg
Snoopy2.jpg

100 Bullets300 de EspartaAeon FluxAlienAsterixA Era MetalzóicaA História do OesteAkimAuthorityBarb WireBarbarellaCalvin e HaroldoChiclete com BananaCombo RangersCorto MalteseCripta do TerrorDarknessDennis, o PimentinhaDiabolikDampyrDilbertDruunaDylan DogFantasma, OFlash GordonFantomasGarfieldGroo, o ErranteHagar, o HorrívelHack/SlashHard-BoiledHellboyHoly AvengerIznogoudJason vs. LeatherfaceJim das SelvasJuiz DreddKen ParkerLady DeathLucky LukeLuluzinha (Luluzinha Teen e Sua Turma)MADMafaldaMágico VentoMalvadosMartin MystèreMandrakeMáskara, OMenino AmareloMenino Maluquinho, OMinduimMirzaMortadelo e SalaminhoNick RaiderNathan NeverOvermanPapailoboPiratas do TietêPopeyePredadorRê BordosaReco-reco, Bolão e AzeitonaRecruta ZeroRoninRyotirasSavage DragonScott PilgrimShiSin CitySnoopySolomon KaneSpawnSombra, OSobrinhos do CapitãoStar WarsTank GirlTartarugas NinjaTarzanTexTintimTenente BlueberryThe Walking DeadTurma da Mônica (Turma da Mônica Jovem)Turma do ArrepioTurokUsagi YojimboValentinaVampirellaVeltaWitchbladeWizard MagazineWizmaniaXIIIYoungbloodZagorZoé e Zezé

http://s3.amazonaws.com/data.tumblr.com/tumblr_lp8g1gokEL1qbnzf6o1_1280.jpg?AWSAccessKeyId=AKIAJ6IHWSU3BX3X7X3Q&Expires=1320234884&Signature=bs0RcpWZJNmEE%2FVpcu0d6kbpjOE%3D

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas