Tver (óblast)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
St Basils Cathedral-500px.jpg РУССКАЯ ВОДКА

Estin artigovski é russki!

Ele não gosta muito de georgianos.

Smirnoff.gif
Cquote1.png Você quis dizer: TV? Cquote2.png
Google sobre Tver (óblast)

Cquote1.png Tver e não te querer... Cquote2.png
Skank sobre Tver

Tver(em russo, Tвеp), o óblast russo conhecido pela defesa incondicional da religiosidade russa.

História[editar]

A inquisição russa tveriana, pronta para invadir e catequizar algumas tribos mongóis.

Durante a expansão e criação do Império Russo sob a liderança do general malígno e massacrador dos povos eslavos-mongoloides, Ivan, o Terrível decidiu organizar um enclave onde se situaria o Quartel General da Igreja Ortodoxa Russa que inventara para alienar o povo e conseguir com mais facilidade no futuro com sucesso conquistar o mundo. Como a maioria desses povos que foram conquistados pelos russos acreditavam em deuses do sol e da grama, ou simplesmente eram ateus ou agnósticos, os jesuítas-ortodoxos-russos (como eram conhecidos) conseguiam converter esses povos apenas trocando lenha e vodka.

O problema eram as regiões habitadas por árabes, judeus, escandinavos, chechenos (esses são ortodoxos russos, mas são indesejáveis de qualquer maneira) e cristãos não-ortodoxos. Por causa desse povo difícil de converter, criou-se a Inquisição Russa. Que sob moldes de guerrilha russa e persuasão gelada, converteram/expulsaram todos os infiéis e indesejáveis em todo o extenso território russo.

Para fazer política, a Inquisição Russa, que comanda o governo tveriano, poupou algumas vertentes religiosas não ortodoxas-russas e em contrato estabeleceu estados para onde os nórdicos, judeus e árabes poderiam ir.