Universidade Federal de Minas Gerais

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de UFMG)
Ir para: navegação, pesquisa
Pão-de-queijo... hum... bão dimais...
Minas
Uai sô, ocê num intendeu?
Esse artigo é de humor mineiro uai! E foi feito por arguém que tava comeno um queijim... Pra entender, só comeno um pãozim de queijim com um copo de leitche! Ooooô trem baum de mais da conta, sô!


Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Universidade Federal de Minas Gerais.


Nota: o trecho seguinte está "compactado" de modo a despoluir visualmente o contexto da página toda.

Cquote1.png Na União Soviética O bandejão almoça VOCÊ Cquote2.png
Reversal Russa sobre bandejão
Cquote1.png ...bando de badernista! Tudo uns aluno criado a leite com pêra, a ovomaltino, a pão com mortadela! Cquote2.png
Professor Gilmar sobre Alunos da UFMG
Cquote1.png Cuidado ao estacionar, área sujeita inundações Cquote2.png
Placa na avenida principal dando boas vindas as alunos
Cquote1.png Essa galerinha animada, que adora se divertir e aprontar altas confusões, vai botar pra quebrar nessa reitoria do barulho! Cquote2.png
Narrador da Sessão da Tarde sobre faficheiros
Cquote1.png Olha, o que parece de limão, é de groselha e tem gosto de tamarindo! Cquote2.png
Chaves sobre suco do bandejão
Cquote1.png É aonde o filho chora, e a mãe não sabe Cquote2.png
Professor de engenharia sobre Dependencias do ICEX .
Cquote1.png Batata frita!!! Cquote2.png
Aluno a cada um ano sobre Bandejão
Cquote1.png Eu sou o mais inteligente dessa universidade, eu passei no ITA, no MIT e em Berkeley Cquote2.png
Papo de aluno do DCC querendo comer Faficheira
Cquote1.png Quatro Horas!?!?! O senhor é um fanfarrão senhor aspira!!! O senhor tem 10 segundos!!! Cquote2.png
Capitão Nascimento Sobre a prova de vestibular
Cquote1.png Somos parte dessa uninverciudade! Pagamos, como todo mundo! Nos formamos, Valha-Me Chuck Norris Pedimos apenas verbas e direitos! Cquote2.png
Papo de aluna comunista do Coltec querendo furar fila no bebedouro da Reitoria
Cquote1.png Meu curso é tudo de bom porque humanas arrasa, e a UFMG é tudo, TUDO! Cquote2.png
Marina Souto que passou na UFMG
Cquote1.png Você traiu o movimento estudantil, véio! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre DCE da UFMG
Cquote1.png Bota na conta do Papa. Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre taxa da FUMP
Cquote1.png Aqui me sinto em casa Cquote2.png
Hitler sobre ICEX
Cquote1.png Ele queria dá o cu, chupo a minha rola, e queria dá o cu chupo minha rola, chupo a rola mais de uma horaaa, mais de uma hora chupando a rola e depois quiria dá o cu Cquote2.png
Velhinho que comeu e não pagou sobre aluno da letras
Cquote1.png 1, 2, 3, 4, na FAFICH só tem viado! Cquote2.png
Calouro da Engenharia sobre FAFICH
Cquote1.png 4, 3, 2, 1, eles dão pra qualquer um! Cquote2.png
Calouro da FACE sobre FAFICH
Cquote1.png O que? Um prédio rosa onde só tem homem e mulher feia? É o ICEx, Instituto de Carência Extrema por Xoxotas. Depois é na FAFICH que têm gays... Cquote2.png
Calouro da FAFICH sobre o ICEx
Cquote1.png O prédio não é rosa. É SALMON, tá? Cquote2.png
Calouro da Engenharia respondendo ao calouro da FAFICH
Cquote1.png Engenharia, Engenharia, é mulher feia, cachaçada e putaria Cquote2.png
Alunos da Engenharia sobre seu cotidiano
Cquote1.png A vida do engenheiro eu conto pra você: fazer topografia e dar o cu no IGC Cquote2.png
Calouros de Geografia, em resposta aos alunos de Engenharia, durante o trote de 2011
Cquote1.png Olha pra minha cara e veja se eu vou dar 200 mangos pra FUMP. Não! Papai falou que só pagaria isso por hora na PUC. Ele não gosta do Governo! Cquote2.png
Humilde universitário que recebe R$15.000 de mesada do pai
Cquote1.png Rocksane, Rocksane... Cquote2.png
Sting sobre a vice-reitora da UFMG
Cquote1.png Na Federal tem quatro sexos: Homens, mulheres, homens da Belas Artes e mulheres da Engenharia Cquote2.png
Sexólogo, sobre a UFMG
Cquote1.png É O MELHOR LIVRO DO MUNDO!!! Cquote2.png
Absolutamente QUALQUER aluno do IGC sobre a obra didática 'Para Entender a Terra'
Cquote1.png Sóóóóóóóóóóóóóóó...... Cquote2.png
Aluno do IGC logo depois de fazer uma visita ao D.A. do prédio

Após um Show no Mineirinho, Elton John fez uma visita a Faculdade de Direito da UFMG, onde foi recebido pelo dono da universidade.

Universidade Federal de Minas Gerais, mais conhecida como uéfiêmigê no idioma mineres, é a maior universidade pública do estado de Minas Gerais, e a universidade pública mais privatizada do Brasil. A UFMG é o maior bairro da zona urbana de Belo Horizonte, mas que tem a menor densidade demográfica da capital mineira. Fato intrigante é que o único morador da UFMG é conhecido como Veio da Flauta (IN MEMORIAN), professor titular da Escola de Música. Ela conta atualmente com mais de 500 alunos de graduação lato-sensu, 800 alunos de pós-graduação stricto-sensu e 146 alunos de pré-graduação em tecnólogo. Os cursos oferecidos variam desde introspecção industrial até Medicina Agronômica. Atualmente, o reitor, Prof. Ronaldo Tá, deu Pena.., também acumula a função de presidente do DCE e do D. A da Engenharia Elétrica. As estruturas da faculdade são consideradas de primeiro mundo, e na verdade são. O que aconteceu é que o primeiro mundo cedeu estas estruturas, inclusive os aparelhos de laboratório, para que a UFMG os guardasse durante a Segunda Guerra Mundial, e até hoje eles são usados como prova da fidelidade da universidade.

Tabela de conteúdo

[editar] História

Inauguração da UFMG

A UFMG é a mais antiga universidade do estado, tendo sido inaugurada antes do mesmo, e vários personagens importantes da história já passaram por ela, como JK, Véi da flauta (IN MEMORIAN) e D. Pedro I.

Porém, ha dúvidas quanto a real idade da universidade, uma vez que seu primeiro prédio construído foi o prédio do Coltec, em 1422 A.C. O segundo prédio foi o ICeX (e seus departamentos), em mil-novecentos-e-dirigir-de-óculos-de-mergulho, e ainda aguardamos a construção do terceiro prédio.

Todos os presidentes do Brasil prestigiam a UFMG como uma grande universidade pública. O atual ex-presidente, Lula, quase entrou nos institutos de educação da Universidade, mas ficou frustrado quando não conseguiu passar no vestibular e visitou apenas o prédio da reitoria.

A reitora de fato e uma curiosa tartaruga que atende pelo nome de Starling, ou Stálin para os íntimos, ou ainda a "aquela que ensina Hannah Arendt sem nunca ter lido Hannah Arendt". Dizem que nas rugas do (vasto) pescoço dela você pode encontrar ascendentes de todas as raças conhecidas. Ela tem total poder de mando e desmando em cima de todos os estudantes, auxiliada pela competente FUMP. Ela coordena ainda o Projeto República (deveria se chamar na verdade Projeto "Ditadura" ou Projeto "Totalitarismo"). Trata-se de um espaço dedicado ao mandonismo, ao autoritarismo e ao desenvolvimento de pesquisas realizadas sob a lógica do capitalismo (se fôssemos mais capitalistas, talvez tivéssemos grana e pessoal para atualizar isso aqui. O atual reitor da UFMG é Clélio Manga-Larga Campolina, milionário ligado à criação de cavalos que deram origens a marcas como a Ferrari...)

A UFMG era a única faculdade pública cuja matrícula era associada a uma caríssima taxa de matrícula (R$ 195,00, duas vezes ao ano...) que devia ser paga se você quisesse entrar no campus. Caso contrário você seria impiedosamente fuzilado pelos smurfs também conhecidos como guardas patrimoniais. A taxa era cobrada para que os alunos assistidos pela FUMP ficassem isentos de pagar o preço abusivo cobrado para o almoço no bandejão, entre outras vantagens.

Isso até os alunos filhinhos de papai, com apoio dos fascistas da Faculdade de Direito moverem uma ação judicial contra a cobrança, fazendo com que os alunos carentes fossem retirados dos seus dormitórios e instalados uma área ainda mais aconchegante, conhecida como Milharal.

Isso significa que desde que você não cause danos ao patrimônio, você pode fazer o que quiser aos alunos. Entre os alunos existe um que atende pelo nome de Tia Drika (????), de sexo indefinível, que estuda na Faculdade de Letras, onde também se encontra a maior concentração de viados por cm³, só superada pela quantidade de enrustidas no ICEx, dedicado a ciências notoriamente inexatas, como astrologia, engenharia de improdutividade e engenharia de minas (que oferece o curso de plantio de mandiocas, alargamento de buracos e abertura de orifícios).

[editar] Reitoria

A Reitoria é o centro diretor da UFMG. É composta do maior prédio do campus, localizado em sua área central. Projetado por Oscar Niemeyer Quando ainda era um estagiário, o prédio é o grande orgulho arquitetônico da universidade.

Além da obra faraônica de construção, o prédio possui uma imensa área de lazer para a prática do camping e um lago para pesque e pague de tartarugas marinhas ameaçadas. As principais atividades praticadas neste prédio são os bufes para visitantes, reuniões para decisões de greve no auditório principal e, na presença do presidente, churrasco de peixe e cachaça.

[editar] Movimento Estudantil

Ex-membro da diretoria do DCE UFMG e candidato a vereador

O movimento estudantil na UFMG é distribuído da seguinte forma:

  • Esquerda de Articulação (PT, PCdoB, Reitoria, Governo Federal, FMI)
  • Esquerda de Desarticulação (PSTU, PCR, MEPR, PSOL, PCO, PCC, HAMAS, Alunos da FAFICH etc..)
  • Anarquistas (Alunos do IGC)
  • Alunos do Direito e da FACE (DEM, PR, PSDB)
  • Bolsistas caxias e puxadores-de-saco de professor
  • Comunidade que vai fumar maconha atrás da FALE (espaço conhecido por Milharal, pela sua debulhação constante)
  • Atouistas (Seguidores do Atouismo, comumente chamados de "Atoas" do Coltec)
  • Centristas vinculados ao Second Life ou os alienados sem vida tendendo ao infinito (Engenharia e ICEx)


Dada a complexidade das ondas ideológicas, estes movimentos vivem brigando entre si, mas no fundo só querem arrumar alguma coisa pra fazer na universidade. Um dos diferenciais entre um bom militante e um ruim é que o bom sempre consegue alguém pra fazer trabalho por ele. O ruim é jubilado por representar um risco pra ordem cósmica regida pela Reitoria. Resumindo a ópera: o movimento estudantil da UFMG está paralítico e aparelhado, ou seja, dificilmente vai se movimentar.

[editar] Praça de Serviços (Pão,circo e água)

Praça de Serviços

(Também conhecida como: Praça Central, Praça Vermelha, Praça Julho César - Óbvia homenagem a seu idealizador -, Praça comunista, Praça dos Serviçais, Praça Vermelha de Sangue e Coliseu Comunistas x Leões e/ou Gladiadores.)

(Também conhecida II: maior ponto de pegação do Campus, só superado pelo banheiro do 1º andar do ICB, ou qualquer banheiro [teoricamente] masculino do ICEx; sua arquitetura arrojada e labiríntica circuliraliforme permite aos homens [assim ditos por questões unanimemente fisiológicas] circularem como frangos em padaria e se exibirem uns para os outros, apertando as próprias ´malas´ ate arranjarem alguém pra ´garrá´(em bom biches: fazer) em algum dos banheiros ou na matinha... após máfia da reitora-tartaruga-caminhão-29-rodas-recalcadas, os smurfs tem ficado lá o tempo todo o que, não necessariamente impede sua frequencia e badalação natural, mas apenas amplia o cardápio para os que gostam de ´homens´ fardados. PRINCIPAIS FREQUENTADORES: tarados da belas-artes, travas da letras, armoriantes do ICEx, hippies do IGC, e bisssssinhas [com 5 ´ésses`!] da bio, quem prefere saradões, recomenda-se o vestiário do CEU ou o banheiro da Educação Física.)

Localizada na área central da UFMG, a praça de serviços reúne serviços de utilidade pública, como Posto de Gasolina, Aluguel de Cavalos, Salva-Vidas, Restaurante Sectorial II Express, Agência de Viagens e onde funcionava um circo.

O circo já foi o grande palco para os eventos culturais da universidade. Diversas bandas mal-sucedidas, artistas exóticos sem emprego e alunos em treinamento apresentam seus números para as dezenas de espectadores que reúnem no circo no horário do almoço. É comum aos sábados a reunião de gladiadores, promovida pelos graduandos de Educação Física. O resultado é sempre um espetáculo de sangue e vísceras. Os alunos de intercâmbio de Hogwarts também já apresentaram alguns truques no picadeiro.

Foto do show de acrobacias realizado com um Celta nos arredores da Praça de Serviços.

A praça de serviços também aloca diversos tipos de feiras, que podem se resumir a livros, doces e as barraquinhas da feira da Afonso Pena.

A praça de Serviços também é conhecida carinhosamente pelo nome de Alessandrão, devido à originalidade de uma aluna, que estacionou o carro com as rodas para cima. (Na verdade foi a alguns metros dali, entre o ICEx e o PCA)

Um fato de verdade irretorqüível seria o da cor da então chamada Praça Vermelha, pois originalmente, esta foi feita bege, afinal era conhecida como Protótipo do Coliseu. Por ter sido palco de intermináveis sangrias, carnificinas, emboscadas, manifestos e erradicações de comunistas (isso aliado a um belo orçamento para faxina), o sangue se entranhou tanto que tingiu as paredes de vermelho.

[editar] Departamentos

São o refugio das horríveis salas de aula. Os buracos e a falta de reforma são necessários para acomodar as antas que cursam algum curso mal cursado e ficam com o cu na mão a vida toda. Todos desejam chegar um dia ao, como disse nosso companheiro prendado, palacete arquitetônico da REItoria. De burros a galinhas, nossos departamentos são currais de "gente que faz"; só merda mesmo. Briga política e de ego são comuns e quem sobra é o estudante, vitimado, quase sempre, pela falta de recursos. Alguns alunos que, se matam pra conseguir uma Iniciação Ciêntífica, recebem míseros R$ 360,00 para dizerem que fazem ciência e preencher o currículo Lattes, mas, na verdade, fazem uma porra de um trabalho de medidas e anotações que não requerem nenhum esforço intelectual para que algum professor economize tempo e se dê bem em cima disso. No final das contas, só vai servir, no máximo, pra seleção de mestrado. Coisa, aliás, bastante influênciada pelo seu relacionamento com os professores do departamento que você quiser ir (Entenda-se por relacionamento, babação de ovo.)

Curiosamente, todos os departamentos são subsidiários do Instituto de Ciências Exatas (ICEx), tendo assim nomes como:

  • Departamento de química do ICEx (Onde TODOS os alunos do ICEx e da escola de engenharia vão fazer suas necessidades mais consistentes. No banheiro masculino do segundo andar está escrito: Você está cagando, qual é seu curso? A lista já preenche todos os outros banheiros do prédio.Também está escrito no suporte de papel higiênico: "Cagar é uma arte, estilo barroco". Citação que é acompanhada de várias outras não menos dignas de nota. Vale muito a pena ir lá cagar e dar uma conferida)
  • Departamento de mecânica do ICEx
  • Departamento de combustíveis do ICEX
  • Departamento Integrado de Diarréia do ICEx (Começa no BANDEx (vulgo bandejão) e termina em algum banheiro do Departamento de Química)
  • Departamento de assassinato de comunistas do ICEx (também conhecida como Praça de Serviços)
  • Departamento de Arborismo do ICEx (também conhecido como mato)
  • Departamento de contenção do ICEx (também conhecida como UFMG)

O ICEx é conhecido por ter o maior índice de enlouquecimento de alunos do mundo conhecido pela reitoria da UFMG (que, na verdade, só conhece o ICEx). Para nossos leitores terem uma ideia, os professores do ICEx aplicam provas ao mesmo tempo que jogam WoW, pois mesmo que toda turma se junte para fazer a prova, só tiram no máximo 8. Em 100.


Para se ter uma ideia, existe auxílio psicológico para os alunos de Mestrado e Doutorado do ICEx que, segundo as palavras de uma funcionária, "está dando ótimos resultados", ou seja, cerca de 1 em cada 1000 conseguem vestir a camisa de força sozinho, fazer malabarismos no sinal da Antônio Carlos, ganhar uma grana e deixar a vida de miséria da Ciência.

[editar] Bandejão

Interior do Bandejão

O Bandejão, popularmente conhecido por Restaurante Sectorial II, é onde os mais ilustres membros da universidade realizam suas refeições. Ivo Pitanguy, enquanto mero discente, já dizia que "o bandejão é só para os 100% humildes". O próprio rei do Brasil, Édson Arantes do Nascimento, se declarou cliente vitalício do estabelecimento em 1933: "Que garbo!". O restaurante manteve a mesma qualidade desde então, e, é claro, os mesmos alimentos requentados requintados e reciclados uma vez provados pelo rei.

Os pratos do bandejão são conhecidos pelo seu balanceamento nutricional e capacidade de forçar a dieta para milhões de consumidores. Estima-se que diariamente 2 milhões de pessoas passam pelo bandejão, uma marca que supera o Pizza Hut e o Restaurante Popular da China, perdendo apenas para o Bob's e o McDonald's.

Filho do finado restaurante sectorial I, que alimentou por muitos anos os estudantes com alimentos complementados (sopas com prego para evitar anemia, chá de boldo para evitar dor de barriga etc.), o restaurante mantinha uma vigorosa rivalidade com o salão Ocre, seu irmão que já fora uma vez humilde, mas sua disposição geográfica superior fez com que ele se julgasse superior aos demais restaurantes. Percebia-se claramente uma guerra sangrenta entre os clientes do Bandejão e dos elististas do salão Ocre, sendo que os segundos sempre perdiam as batalhas por serem mal-alimentados e portanto não terem condições de lutar. Após anos de batalhas, a massa movida pelo arroz em bloco do bandejão conseguir vencer os nobres do Ocre e, em um agressivo projeto de aquisição, o Ocre hoje é mais um membro dos Restaurantes Bandejão, conhecido carinhosamente como o "de cima".

Os mâitres do restaurante foram treinados na França, pelo marido daquela atriz que sumiu da Globo. Já os cozinheiros, enquanto órfãos, foram acolhidos pela Fundação Kiddo e enviados para os mais diversos países, para treinamento, para que pudessem obter suas receitas sagradas. Nunca são vistos no bandejão, encontrando-se em calabouços onde aglomeram inúmeros produtos quimícos, muitos deles colhidos com muito amor no milharal. Sabe-se que os elfos e os pandas auxiliam no preparo dos deliciosos pratos. O resultado é uma dieta multinacional:

Com um cardápio maravilhoso, pequenas filas ocorrem de vez em quando
  • Salada Diferente
  • Repolho Búlgaro
  • Pseudo Lombo (com gordurinhas de salame)
  • Acelga Amarga
  • Fígado Desafio
  • Pernas de pinscher assadas
  • Pirão-Cola
  • Steak de Calangos oriundos dos muros da FAFICH
  • Mistake de Frango
  • Feijão Ausente
  • Arroz Estuporante
  • Soja a La Fineggans
  • Cenoura Vicky
  • Vinagrete Eterno
  • Escondidinho de Feijão
  • Boi ralado a bolonhesa
  • Pepino
  • Batata flácida
  • Vinagre colorido batido com cebola, com sabor manjericão! (novidade)

Opções para comedores de mato vegetarianos

  • Bife de beringela ao molho de quiabo.
  • Cubos de pimentão com cebola.
  • Bife verde de milho verde
  • Bife de soja sinistra
  • Bolinhos de soja com ovo de calango
  • Bolinhos de trigo com traços de soja
  • Chuchuzinho com vagenzinha

Obs: Todas as opções de prato contém cebola, pimentão e glúten. Além disso, o bandejão conta com uma variedade de sucos nutritivos e deliciosos, entre eles:

  • Suco de Laranja
  • Suco de Amarelo
  • Suco de Verde (Resíduo radioativo oriundo do CDTN)
  • Suco de Verde Claro (Abacaxi com Hortelã, também conhecido como suco de pasta dental)
  • Suco de Vermelho
  • Suco Pasta de Dente
  • Suco bala Chita de maça verde
  • Suco de cor indefinida
  • Suco de Manga Ó terrivel

Para completar o cardápio, o bandejão oferece as seguintes sobremesas:

  • Goiabada anteontem
  • Doce de minduim com Aspergillus
  • Doce de abóbora adormecida
  • Gelatinas de suco de alaranjado, de amarelo, de verde, de vermelho e de cor indefinida.
  • Frutas (A menos que você seja um Jedi ou tenha passado com A em Fundamentos de Mecânica, não pegue a laranja. A laranja descreve um movimento rotacional em torno de seu próprio eixo que gera um sistema binário entre ela e o seu precioso prato de comida, o que resulta em um provável movimento retilíneo acelerado do seu alimento com direção perpendicular ao chão e sentido para o chão)

O Bandejão fornece seus pratos à bagatela de R$ 4,15 para alunos sem carteirinha da FUMP. Levando-se em conta que este preço incluia o couvert do grande Véi da Flauta (in memorian), além dos quitutes servidos, o preço é irrisório. Este assunto porém foi tema de uma polêmica em Abril de 2007 quando o Restaurante Sectorial II sofreu ataques terroristas executados por grupos de extermínio islâmicos Liderados pelo terrorista sunita Wardil, que reclamavam o controle sobre o estoque de suco do Bandejão. Munidos de canecas e armados com seus cadernos explosivos, eles fizeram os funcionários de reféns por quase uma semana enquanto esvaziavam os cofres da FUMP comendo de graça. Entretanto, a represália veio dos Paladinos da Reitoria (DCE - Gestão Mutirão) e a canetada por parte do reitor conseguiu enclausurar a bandalheira em seu próprio cativeiro. Em uma série de eventos absurdos envolvendo marchas, vinhadas, processos, intimações, agressões verbais e cachorro-quente de graça em assembleias de pauta duvidosa a justiça prevaleceu e os estudantes foram derrotados pela sua própria apatia.

[editar] NOVO CARDÁPIO BANDEJÃO 2011

Aproveite por tempo ilimitado a nova especiária servida no Bandejão UFMG.




Verme ao molho agri-doce:


[editar] FUMP

Beneficiada da Fump

A FUMP,Fundação Unilateral das Minorias Pelegas, ou Fundação Universitária para os Miseráveis e Pobres, é o órgão que presta servições de assistência social aos estudantes e funcionários da UFMG. A FUMP foi criada pelo primeiro reitor da UFMG, Prof. Mendes Pimentel, que, num surto de megalomania e esquizofrenia (pensava que era Getúlio Vargas), a criou e autointitulou "Pai dos Pobres". A partir daí, ela já foi dos estudantes, da ditadura, de comunistas e hoje é regida por Heloísa Stalin.

Os serviços oferecidos pela FUMP variam desde distribuição de carteirinhas que atestam miséria até edição de jornais para falar bem de si mesma (já que ninguém faz isso) e (des)informar os alunos do que ela devia estar fazendo. Geralmente, os chamados Filhos da FUMP podem ser vistos em carros esportivos importados e seus laptops.

A Fump também financia, pra aqueles a quem ela considera pobres, metade do valor desses laptops, com processador de 8,72 núcleos e 30 giga de memória hamster, em até 9176568 meses e paga os outros 50% com o dinheiro que os alunos da zelite burguesa capitalista são obrigados a entregar no início de cada semestre para sustentar os bebedores de cerveja pobres.

Este é um projeto de suma importância pois agora os 600 moradores da luxuosa República das Moradias Fumpianas Universitárias (que está quase sendo reconhecida pela comunidade internacional como um país independente) podem passar o dia jogando Dota no lugar de enlouquecerem pela falta de sexo.

Outro grande serviço da FUMP é o repasse do fundo de contribuições de bolsas para os DCEs, DAs, CAs, CUs, PQPs, *s da vida. Esse repasse é que mantém os estudantes sempre unidos com a FUMP, normalmente pulando catracas, invadindo reitorias, viajando para Brasília e divulgando notas sobre a importância da assistência estudantil. A FUMP ressalta que sua prestação de contas é transparente e o sucateamento e privatização da universidade pública é coisa de comunista!

Ultimamente, alguns cursos entraram com um recurso invalidando a taxa da FUMP. Os alunos que aderem a essa atitude, terminam seu curso em 2070 e alguns são encontrados no milharal embalados em jornais (da FUMP). Ao lado dos avisos ensinando os procedimentos para não pagar a taxa,encontram-se as fotos dos alunos desaparecidos. A FUMP nega qualquer envolvimento com o acontecido, alegando que o dinheiro é empregado no conserto dos dentes (buracos) dos estudantes e não em vestimentas modernas(jornais)de alunos.

Obs.: Atualmente, a taxa da FUMP não é mais obrigatória, fato observado pelos maravilhosos cartazes espalhados, principalmente, pelo bandejão, alegando uma miséria de finanças obtidas e para buscar o apelo da sociedade. Desde a mudança, dezenas de filhos da FUMP se mataram quando não conseguiram obter a troca de seus laptops por modelos com CORE i7 (que nem foram lançados ainda, mas que seriam encomendados à Intel especialmente para o programa do Computador Para Todos).

[editar] Mata da UFMG

A Mata da UFMG é uma das maiores zonas a céu quase aberto do mundo, ocupando grande parte do campus universitário. É também a única zona inter-espécies do planeta, aceitando animais de vários filos e gêneros. Não se sabe, contudo, se a floresta veio da zona ou a zona veio da floresta. Teorias especulam que o esperma proveniente das comidas lá, tanto dos homens, dos micos e de todas as espécies animais forneceram frutose ao solo, deixando a área altamente fértil. Outra grande fonte de nutrientes é o sangue depositado na terra em virtude dos rituais black emo que acontecem na região.

Porém desde o incio das obras de ampliação do Campus a Mata da UFMG vem sendo posta em perigo pelos Queimadores de Mato, uma facção dissidente que se concentra nas imedições da Matinha da Fafich sendo composta em sua maioria por alunos do IGC (Instituto de Gólo e Cânhamo).

Eles costumavam se reunir em rituais macabros em sua antiga moradia conhecida como "O Barracão" (Barrakhauuhn), porém foram expulsos de seu habitat devido às obras e acabaram se refugiando em um território místico e sagrado chamado "A Croca" (Kroh-Kah), no entanto foram mais uma vez expurgados de seu santuário pelas maléficas máquinas babilônicas que destruíram o último refugio dessa fantástica cultura.

Hoje os mato-queimadores (também conhecidos como brefadores) ocupam as clareiras na matinha realizando sacrifícios vegetáceos em memória de seus ancestrais. Nas imediações também há o Milharal, que remete ao clássico filme Noir de um sueco bicha que não lembro o nome, chamado A Colheita Maldita.

Além de cânhamo e mensagens comunistas subversivas não se planta mais nada no milharal. A maioria dos frequentadores desse local são neo-hippies comunistas da Fafich que vivem em comunhão com os Brenfadores.

A fauna e flora da floresta é extremamente diversificada, contendo animais de grande porte como coalas, ornitorrincos e elefantes. Exemplares de plantas como as carnaúbas e os chumpanzés também são frequentes embora os emos estejam exterminando-os em seus rituais fofos e melodrámaticos envolvendo fogo e pasta de dente.

Além disso, é frequente o desovamento de corpos e assassinatos na exuberante mata a céu quase aberto. Estudantes que frequentemente vao estudar os elefantes em seu hábitat natural-urbano nunca mais são vistos, ou simplismente são vistos trepando com outros estudantes bem no centro da gigantesca mata de 4milhoes de m².Lendas de que o exercito utiliza a mesma mata para testes totalmente sigilosos(sim,alem de tapar buracos em estradas) e que depois de 10horas você pode ser baleado ate a morte, rondam os estudantes. Apesar disso,os socialistas da FAFICH e homossexuais do ICEx, afirmam que tudo isso é blasfêmia, e que na verdade existe algo como a "área 51"encrustrada no âmago da super-floresta, e que la testes estão sendo feitos com o chupa-cabra e com Heloisa Stálin.

[editar] Lagoa Artificial

Imagem:Lagoa da ufmg.jpg
Lagoa artificial, um oferecimento de São Pedro

Depois de períodos quentes na região de Belo Horizonte, a UFMG oferece aos alunos e visitantes uma lagoa artificial. Para aqueles que não se importam com a cor da água, é possível nadar, ou até mesmo usar os pedalinhos de marcas variadas como, por exemplo, Gol, Fox e Pálio.

[editar] Vestimenta

  • Odontologia: vestir de branco é lei, desde a sola do sapato até o OB (além de certo ar esnobe estampado em cada rosto).
  • ICEx: roupas que mamãe (ainda) compra pro filhão campeão.
  • FACE: homens - ternos, calçados e demais acessórios italiano. Não esquecer da mochila de rodinha. Mulheres - variam entre o casual chic às calças pantalonas e salto alto, já que a aparencia física é o mais importante no curso.
  • FAFICH/FALE/Belas: varia entre roupas artesanais hippies, vans, all star, ou coisas que relembrem 420. Mulheres sempre de saia e homens sempre barbados.
  • Engenharias e Medicina: ostentar é a palavra chave: sempre com a camisa do curso, camisa das atléticas, camisa de praia universitaria, cruzeiro universitario, jogos unidos, etc, mostrando que são alcoolatras inveterados.
  • Farmácia e nutrição: camisa do curso mostrando que estão disponiveis para machos, ja que o curso só tem mulheres.
  • Direito: curso mais hegemonico de todos na vestimenta: passando por visu revulucionario barbudo, playboy de chalezinho, universitario sem grana, camisa do curso (pagação), estilosas com olhar blasé, etc.

[editar] Outros Fatos

A Universidade oferece vários serviços à comunidade. O Hospital Veterinário, de tão bom, atende também as pessoas que por ali passam na rua, com ou sem problemas. O departamento de odontologia, ligado à Escola de Belas Artes, promove ranca dos dentes toda terça feira, para pessoas que querem viver como na época do avô do presidente Lula, Tiradentes Inácio da Silva.

Há, na UFMG, vários projetos premiados, entre eles o Joaquinzão, que pretende dar a volta na Pampulha inteira com apenas remo, sem o barco, e o projeto Vale do Jequitinhonhonhonhotiquitinhonha, lar do famoso Gil Brother, o Away de Teófilo Otoni.

Há um repasse mensal de dinheiro do governo público federal, estadual, municipal e estadual. Ao todo, a Universidade recebe por mês cerca de Oito milhões de ienes suecas, equivalente a quase 2 reais. Sendo as verbas públicas que financiam esta instituição, os alunos se acham no direito de desperdiçar os materiais, e os professores vivem no bem-bom sem se preocuparem em dar aulas.

Perfis dos alunos dos prédios da UFMG:

  • IGC: Maconheiros; alcoólatras; comunistas; também é o mais conhecido antro de pseudoestudos geográficos da UFMG; proliferam professores de filosofia lecionando algo que deveria se assemelhar a "Geografia". Além disso, conta com um grande número de tatus (geólogos) em busca do Guano Perdido nas cavernas do mundo. E um povinho esquisito, chamados de turismó... turis o quê?
  • ECI: Balzaquianas, gays, nerds e maconheiros
  • FALE: Mulheres; gays; ratos de biblioteca; e personagens fugitivos de velhas lendas e historias infantis; estudantes de Fonoaudiologia.
  • ICEx:Loucos de óculos e camisa-pólo; nerds; mulheres feias; brothers; estudantes de Fonoaudiologia; jogadores de Dungeons and Dragons.
  • FAE: Vovós que já criaram os netos, bisnetos, tataranetos e fazem um curso superior.
  • Fafich: Gays, Bichas,Viados,Hippies,fofoqueiros, Kant,marxistas; estudantes de Fonoaudiologia.
  • ICB: Mulheres feitas em série (que não lhe darão a menor atenção se você não tiver carro e rendimento mínimo de R$ 1.500,00 mensais líquidos, ou simplismente, acadêmicos de medicina),maconheiros,eco-chatos;gostosas;gays;tesudas;homossexuais;hippies;gostosas;transexuais;gatos;cachorros;gostosas demais; estudantes de Fonoaudiologia.
  • Farmácia: Mulheres casadas, gazelitos e traficantes de anfetaminas e TCH em pílula.
  • Veterinária: Mulheres solteiras, casadas e animais.
  • Odontologia: Mulheres que vão querer enfiar algo no seu canal; estudantes de Fonoaudiologia.
  • Educação Física: Pessoas malhadas e com roupa de ginástica (atenção para as mulheres sem calcinha com a calça de lycra que vai pela xavasca adentro),mulheres musculosas, mulheres jogadoras de futebol,mulher-macho,homossexuais bombados e lésbicas bombadas; estudantes de Fonoaudiologia.
  • Belas Artes: Neuróticos; tarados(as); gays, boêmios, moderninhos, gays...
  • Música: Pseudo-eruditos e artistas malsucedidos.
  • Engenharia: Os únicos mais complexados de todo o campus Pampulha porque não pegam mulher. Só pegam números imaginários. Os únicos que vão ganhar algum dinheiro quando saírem da faculdade e administrar empresas no lugar dos formados na FACE, além de se casarem com alguma professorinha formada na Letras ou alguma patricinha da FACE. Os alunos da E.E. são os responsáveis pela propagação do Sertanojo Universitário. Conhecida como NÁRNIA, a Escola de Engenharia abriga o maior número de homossexuais armariados do mundo. Existem apenas três nomes próprios na E.E., a saber, o "Zé", o "Fí" e o "Véi", estes nomes são usados pelo alunato no intuito de parecerem mais másculos, fruto da paranoia criada ao descobrirem que nutrem desejos pelos colegas de curso.
  • Arquitetura: Mulheres, mulheres, viados e mulheres.
  • DQ: Em suma pessoas fadadas a sofrerem por no mínimo 4 anos com professores que não querem dar aulas e aromas vindo dos laboratórios dos mais diferentes (fedidos pra cacete). Além de srem assombrados pela presença de professores imortais dentre eles os temíveis MAD da orgânica e A Mau. . . . . . . (envenenado por cianeto)
  • Direito: Reacionários, legalistas e futuros funcionários públicos..
  • FACE: Fascistas...
  • Escola de Enfermagem: Gays, mulheres gostosas, playboys, mulheres, mulheres, mulheres, mulheres, mulheres, mulheres, mulheres, mulheres perfeitas feitas em série e prontas para introduzir uma sonda em seu buraco, mulheres, mulheres, homossexuais.
  • Faculdade de Medicina - UFMG: Gays, playboys, mulheres metidas, hipócritas e filhos da puta - eles passaram com mais de 130, como se fosse difícil hoje em dia, com colégios caríssimos e às vezes 10 anos de cursinho. Isso tudo pra realizar exames de próstata, limpeza retal, cirurgias de fimose, entre outros. 80% dos recursos do governo federal para UFMG são destinados à Medicina e estudantes de Fonoaudiologia.

[editar] Prédios

  • ICEx: O prédio se parece muito com um hospício, iniciando pela arquitetura e terminando por aqueles que o frequentam que, em alguns casos, se vestem com camisas-de-força. Os alunos nunca sabem em que sala as aulas irão ocorrer, mesmo que exista uma placa na entrada dando tal informação. É neste prédio que as mulheres feias se sentem no paraíso, pois qualquer coisa que passe é motivo de festa para os marmanjos Nerds viciados em Ragnarok.

É possível ver por este prédio os alunos de Engenharia perambulando com suas carteirinhas de cor verde azulado, ou azul esverdeado penduradas na mochila. Isto é para garantir que tais marmanjos ao se perderem poderão ser reencontrados por suas mães, pois na carteira existe o telefone, nome e o sexo do ser. Aos desavisados, vulgos inrrustidos (sem ofensas), existe nesse lugar, conhecido também por Grande Armário de Nárnia, os banheirões (muitas localizados a poucos metros - ICB-) nos andares de cima, onde se pode ter acesso aos dark rooms. Com muita sorte, as mocinhas desse mesmo grupo, podem se esbarrar com um certo comunista que tentou assassinar Trotsky.

  • ICB: Vulgo "labirinto do minotauro",uma vez que foi projetado e construído pelos alunos de arquitetura e engenharia da antiga geração(1354A.C),possui cerca de trezentos e quarenta e dois mapas espalhados por sua estrutura, sendo sua utilidade nula já que os alunos são vistos berrando e chorando procurando suas salas. Contém as mulheres de todos os cursos de biológicas. Infelizmente, os três mil duzentos e setenta e quatro corredores e blocos do edifício o impedem de encontra-las. Além disso, a maioria das escadas do ICB não levam ao primeiro andar (embora descam até eles). O atual chefe é o diretor Minos.

Reza a lenda que calouros são encontrados nessas escadas desidratados e balbuciando palavras sem nexo, normalmente relacionadas às palestras inúteis que tiveram antes de se perderem, 38 anos antes. Existe também, o saudoso e belo DA da bio, onde as pessoas se reúnem para atividades importantes e imprescindíveis a um bom desempenho escolar como fumar maconha e ouvir músicas psicodélicas e debater assuntos inúteis.

Algumas atividades interativas ocorrem nesse local como o truco e o maravilhoso Boceta(o) da Bio, um momento que todos os estudantes do ICB se reúnem para transar e usar drogas, sem serem acuados pela lei <-Vulga,Jedis azuis. Álem disso,cada andar do ICB tem seu cheiro caracteristico e, em sua maioria, sao deliciosos e harmonicos assim como o cheiro da bosta ou da cloaca de uma galinha. Sendo as catacras do ICB as únicas a necessitarem de crachás (e agora da FACE, que após anos de portas abertas aos mendigos do centro resolveu fechá-las para maconheiros da FAFICH), é frequente o enraivecimento dos alunos que espancam os funcionarios, pulam e cospem nas catracas e urinam em seus crachás. Nunca converse sobre algo que não seja biológico com os alunos do ICB porque a chance da resposta ser Acido Pirúvico ou ATP é alta. Não chute um gato ou um cachorro morimbundo que habitam o ICB (o numéro deles é maior que o de alunos) a não ser que você esteja preparado a enfrentar eco-chatos armados com pilões e tubos de ensaio.

Outro fato interessante do ICB, é o amor dos integrantes dos Diretórias Acadêmicos (DAs) do mesmo, já que os alunos passam grande parte da vida nos mesmos, nunca assistindo as aulas, e sempre repetindo matérias, para que nunca possam sair do ICB. Esses alunos, conhecidos como "Dinossauros" ou simplesmente "Maconheiros à toa",sempre fazem uma maravilhosa viagem ao Caraça, vulgo "Terra dos padres e lobos" com os calouros de biologia. Lá eles ensinam a maravilhosa filosofia de vida dos "dinossauros",mostrando a melhor maneira de ser pobre e de pilar um beck.Além disso, a lguns dos "Maconheiros à toa" juram que ja tiveram experiencias de quase morte, quando cavernas que exploravam 20 minutos antes eram explodidas por mineiradoras. É bem mais provavel que eles não estivessem em uma caverna, e sim no sotão de casa brincando de explorador, e tudo foi uma alucinação causada pelo LSD.

== Ver também==

  1. Instituto de Ciências Biológicas (ICB)
  2. FACE
  3. FALE
  4. TV UFMG
  5. DCE
  6. UNE


Bandeira do Brasil
v d e h
Universidades federais do Brasil

Acre: UFAC · UNIBLAH · UFTSMURF | Alagoas: UFAL | Amapá: UNIFAP | Amazonas: UFAM | Bahia: UFBA · UFRB | Ceará: UFC | Distrito Federal: UnB | Espírito Santo: UFES | Goiás: UFG | Maranhão: UFMA | Mato Grosso: UFMT | Mato Grosso do Sul: UFGD · UFB · UFMS · UFPAN | Minas Gerais: UNIFAL · UNIFEI · UFJF · UFLA · UFMG · UFOP · UFSJ · UFU · UFV · UFTM · UFVJM | Pará: UFPA · UFRA · UFOPA | Paraíba: UFPB · UFCG | Paraná: UFPR · UTFPR | Pernambuco: UFPE · UNIVASF · UFRPE | Piauí: UFPI | Rio de Janeiro: UNIRIO · UFRJ · UFF · UFRRJ · IME | Rio Grande do Norte: UFRN · UFERSA | Rio Grande do Sul: · UFCSPA ·UFRGS · FURG · UNIPAMPA · UFPel · UFSM | Rondônia: UNIR | Roraima: UFRR | Santa Catarina: UFSC | São Paulo: UFSCar · UNIFESP · UFABC · ITA | Sergipe: UFS | Tocantins: UFT

v d e h
Universidades, Faculdades e Instituições de Escravização em geral
















Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas