USB

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
USB logo.png In Trump We Tru$t!

Este artigo é gringo! Não tente usar armas químicas de destruição em massa ou jogar aviões contra ele, Tio Sam agradece.

Um cabo USB disfarçado para ficar fofo.

USB é a abreviatura de Universal Serial Bus (Ônibus sério Universal) ou em português como Porta Universal para o inferno cabos e conectores para outros mundos. Esse padrão de conexão foi desenvolvida por um bando de empresas desocupadas que em uma alternativa para os trocentos cabos que compõem um PC, por exemplo, acabam apenas por usar o USB e outros trambolhos coloridinhos.

Ele foi lançado mundialmente em 1996 e desde então tem dominado o mundo, sempre quebrando e morrendo de forma torta o que nos faz pensar da veracidade de sua qualidade nada duvidosa, porém é impossível saber se ele é de boa qualidade já que o USB virou um monopólio maligno onde não deixa outros cabos se conectarem ao mercado.

História[editar]

Se o seu cabo USB não acabar assim...
...ele vai acabar assim.

Visando o futuro e a simplicidade da tecnologia nos próximos anos, a falida da Copaq, a dissimulada da DEC, a retrograda da IBM, a desgraçada da Intel, a corrupta NEC, a desconhecida da Nortel e a parasita da Microsoft, trabalharam juntas para tornar a vida das pessoas mais fácil (ou não), de maneira que dispositivos externos pudessem se conectar à bunda do computador sem complicações. Na questão que poderia ser muito bem resolvida com lubrificante, acabou por ser reinventada a cabeça dos cabos, para o tamanho padrão de japonês, o micro.

Esse desenvolvimento todo desencadeou num grande equivoco, pois o pen drive não existia, nem mesmo as caixas de som, o que mais queriam colocar num computador além dos acessórios que vinham junto do aparelho?

Foi apenas em 1994 que uma versão beta do USB foi lançada, ao que tudo indica ela era invisível porque até na Wikipédia essa versão não aparece. Todavia, como tudo que envolve a Microsoft também levanta suspeitas a respeito de uma suposta dominação mundial em todos os setores da economia, segundo Bill Gates tudo é a base de negócios, então se você encontrar algum vírus no seu PC, não se assuste, são apenas negócios.

Proteja o seu USB dos virús.

Em 1996, o padrão USB foi lançado com sucesso e como não poderia faltar, outras 4 empresas se entrometeram no barraco para por fogo no circo e ganhar um pedaço dos lucros, claro. E elas são: Polishop, Organizações Tabajara, Anatel e UOL, além do governo brasileiro (por que não).

Até 2020, o USB teve 4 gerações, sendo todas iguais com o formato quadrado demodê clássico, exceto a quarta que tem um formato oblongo horroroso, bem como numa versão secundária mini. De um modo geral o USB substituiu todas as portas seriais e paralelas, aqueles cabos antigaços que tinham dentes e buracos. Porém ainda não fazem deles indestrutíveis, visto que sua versão de plástico ainda é vendida por 1,99 e duram igual aos fones de fios, só uma semana.

Various-usb-cable-ports-with-funny-cartoon-character-face-isolated-on-white-background.jpg